Fernando Lugo

Político paraguaio

Biografia de Fernando Lugo

Fernando Lugo (1951) é um político paraguaio. Ex-presidente do país, tendo sofrido processo de impeachment em 2012. Exerceu o mandato de presidente entre 15 de agosto de 2008 até 22 de junho de 2012. É também um ex-bispo católico, aposentado do cargo em 2004.

Fernando Lugo (1951) nasceu em San Pedro del Paraná, no dia 30 de maio de 1951. Filho de Guilhermo Lugo e Maximiana Méndez Fleitas, teve parte de sua família vitimada de perseguição política durante a ditadura do presidente Alfredo Stroessner.

Em 1970, entrou para o seminário dos Missionários do Verbo Divino, e estudou ciência da religião na Universidad Católica Nuestra Señora de la Assunción, onde se licenciou em Ciências da Religião.

Em 1977 tornou-se sacerdote e trabalhou como missionário, na diocese de Bolivar, atuando na linha da Teologia da Libertação, corrente religiosa esquerdista na América Latina. Em 1983, foi para Roma, onde estudou Espiritualidade e Sociologia, na Pontifícia Universidade Gregoriana. Em 1994, de volta ao Paraguai, é nomeado bispo da diocese de San Pedro, pelo para João Paulo II.

Desligou-se gradativamente dos cargos eclesiásticos e começou a participar de movimentos políticos que enfrentavam o governo estabelecido, junto aos partidos de oposição e aos sindicatos. Foi suspenso pelo Papa Bento XVI, e proibido de exercer atividades ligadas à Igreja Católica. Foi aposentado com o título de "Bispo Emérito".

Em 2007, candidatou-se às eleições paraguaias pelo Partido Democrata Cristão do Paraguai, a fim de combater Blanca Ovelar, do Partido Colorado. A bandeira de sua campanha foi a luta contra as desigualdades sociais e a promessa de reforma agrária ampla.

Lugo ganhou as eleições, mas seu governo foi conturbado. Enfrentou problemas sobre a paternidade de uma suposta filha nascida enquanto bispo. Além disso, foi suspeito de ligação com grupos armados de esquerda e de apoiar vários conflitos agrários.

Em 2012, por decisão do senado, Fernando Lugo foi destituído do poder, embora os partidos de esquerda latino-americanos tenham considerado o impeachment um golpe de estado, o parlamento paraguaio alegou que Lugo não seguiu os preceitos constitucionais.
O vice-presidente Federico Franco assumiu o cargo no mesmo dia, 22 de junho de 2012.

Fernando Armindo Lugo de Méndez foi o primeiro presidente a ser destituído do cargo, na história do Paraguai.

Veja também as biografias de:
  • Francisco Solano López (1827-1870) foi presidente vitalício do Paraguai, de 1...
  • Nelson Mandela (1918-2013) foi presidente da Africa do Sul. Foi líder do movi...
  • Plínio Salgado (1895-1975) foi um político, escritor e jornalista brasileiro...
  • Adolf Hitler (1889-1945) foi um político alemão. Líder do Partido Nacional- S...
  • Jair Bolsonaro (1955) é capitão da reserva do Exército e presidente eleito do...
  • Benito Mussolini (1883-1945) foi um político italiano. Foi líder do Partido F...
  • Deodoro da Fonseca (Marechal) (1827-1892) foi um político e militar brasileir...
  • Tancredo Neves (1910-1985) foi político brasileiro. Eleito presidente do Bras...
  • Rui Barbosa (1849-1923) foi um político, diplomata, advogado e jurista brasil...
  • Lênin (1870-1924), foi um político revolucionário russo, principal líder da R...

Última atualização: 26/05/2014

Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.