Renato Aragão

Humorista e cineasta brasileiro

Biografia de Renato Aragão

Renato Aragão (1935) é um humorista, ator e cineasta brasileiro. Entrou para a história da televisão interpretando o personagem “Didi Mocó”, no programa humorístico “Os Trapalhões”.

Renato Aragão (1935), nome artístico de Antônio Renato Aragão, nasceu em Sobral, no Ceará, no dia 13 de janeiro de 1935. Filho do escritor Paulo Ximenes Aragão e de Dinorá Lins cresceu em uma família de classe média. Grande admirador do comediante Oscarito, chegou a assistir seus filmes inúmeras vezes e encontrou sua vocação na carreira artística. Em 1960 fez sua primeira aparição na TV Ceará, no programa Vídeo Alegre, quando o personagem (Didi Mocó Sonrisal Colesterol Novalgino Mufumbo), ou simplesmente “Didi”, surgiu, após concluir que seu prenome não combinava com o humorismo.

Em 1961 formou-se em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará. Em 1964 “Didi” foi para o Rio de Janeiro estudar direção de programas, mas logo começou a trabalhar no humorístico intitulado “A E I O URCA” da TV Tupi. Em 1966 foi contratado pela TV Excelcior, de São Paulo, onde atuou no programa “Adoráveis Trapalhões”, que reunia além de Didi, Wanderley Cardoso, Ivon Cury e Ted Boy Marino.

Em 1974, Renato Aragão voltou para a TV Tupi, onde se formou o grupo que iria fazer sucesso durante longos anos, com Renato Aragão (Didi), Manfried Sant’Anna (Dedé), Antônio Carlos (Mussum) e Mauro Faccio (Zacarias). Em 1977 o programa foi levado para a TV Globo, onde ficou no ar até 1995, quando reinavam absolutos entre a criançada.

Por um período breve, em 1983, Dedé, Mussum e Zacarias separaram-se de Didi, que ficou sozinho no programa. A partir de 1986, Renato Aragão passou a apresentar, ao vivo, “Criança Esperança”, programa anual da TV Globo. Em 1991 Renato Aragão foi nomeado o embaixador da UNICEF no Brasil. Em 1990 Zacarias morreu e em 1994, com a morte de Mussum o programa os Trapalhões chegou ao fim. Em 1998 Renato Aragão voltou com a “Turma do Didi” e depois de dez anos passou a dividir a tela com o antigo parceiro Dedé, no programa dominical “Aventuras do Didi”.

Proprietário da Renato Aragão Produções Artísticas, além de programas para a TV e shows, o comediante produziu, dirigiu e atuou em 47 filmes, entre eles, “Adorável Trapalhão” (1966), “Ali Babá e os Quarenta Ladrões” (1972), “Os Saltimbancos Trapalhões” (1981), “Os Trapalhões e o Rei do Futebol”, com Pelé, (1986), “A Princesa Xuxa e os Trapalhões” (1989) e “O Noviço Rebelde” (1997).

Renato Aragão está casado com Lilian Taranto, bem mais nova que ele, com quem tem uma filha chamada Lívian Aragão, nascida em 1999, que já dividiu a tela do cinema em diversos filmes e da TV na série “Acampamento de Férias”, que foi ao ar entre 2009 a 2012, com três edições por ano.

Em março de 2014, Renato Aragão sofreu um infarto agudo do miocárdio logo após a festa de aniversário de 15 anos de sua filha Lívian. Hoje, segue com uma dieta regrada, faz esteira e hidroginástica, afirmou o comediante.

Biografias Relacionadas

Última atualização: 15/08/2016