Ruy Mesquita

Jornalista brasileiro

Biografia de Ruy Mesquita

Ruy Mesquita (1925-2013) foi um jornalista brasileiro, comandou o Jornal O Estado de São Paulo desde 1996. Era a terceira geração de tradicional família de jornalistas.

Ruy Mesquita (1925-2013) nasceu em São Paulo, no dia 16 de abril de 1925. Neto de Júlio de Mesquita, jornalista que em 1891 fundou o jornal O Estado de São Paulo, filho do Júlio de Mesquita Filho que entre 1927 e 1969 consolidou o império e irmão de Júlio que até a sua morte em 1996 lutou pela preservação do jornal.

Rui Mesquita ingressou na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), mas transferiu-se para a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Iniciou sua carreira de jornalista como repórter, em 1948, em seguida, foi redator e depois, durante trinta anos, foi o responsável pela editoria internacional do Estadão. Foi também diretor do Jornal da Tarde, extinto em 2012.

O jornal o Estadão foi durante muito tempo considerado conservador, mas Ruy Mesquita o definia como uma publicação de ideias liberais e democratas. Ao lado do pai, apoiou o golpe de 1964, convencido de que o estado de direito estava ameaçado pela ofensiva de esquerda. Ruy Mesquita juntou-se aos conspiradores que articulavam o golpe militar, mas com o decreto do Ato Institucional nº 5, que proclamou a ditadura e precipitou a ruptura com o templo do liberalismo clássico, o grupo rompeu com o regime.

Durante os anos de Ditadura Militar, entre 1964 e 1985, o Estadão foi alvo da censura prévia. Em 1968 o jornal teve algumas edições apreendidas. Desafiando o regime, Ruy, junto com a família decidiu publicar poesias, entre elas, Os Lusíadas, de Camões, e receitas de bolos e doces no lugar dos textos censurados.

No dia 18 de agosto de 1996, após a morte do irmão Júlio de Mesquita Neto, o Dr. Ruy, como era chamado, a terceira geração de uma das mais tradicionais famílias de jornalistas do Brasil, ocupou o cargo de diretor e passou a ser responsável pela seção de opinião do Estadão. Em entrevista, afirmou “Nada de fundamental vai mudar, pois nossa linha e nossos princípios permanecem os mesmos”.

Ruy Mesquita faleceu em São Paulo, no dia 21 de maio de 2013.

Veja também as biografias de:
  • Reinaldo Azevedo (1961) é um jornalista brasileiro. Colunista político e escr...
  • Carlos Castello Branco (1920-1993) foi um jornalista e escritor brasileiro, f...
  • Rubem Braga , (1913-1990) foi um escritor e jornalista brasileiro. Tornou-se f...
  • Millôr Fernandes (1923-2012) foi um desenhista, humorista, tradutor, escritor...
  • Pedro Bial (1958) é jornalista, escritor apresentador brasileiro. Ficou basta...
  • William Bonner (1963) é um jornalista e apresentador brasileiro. É o editor-...
  • Leandro Narloch (1978) é um escritor e jornalista brasileiro, autor do livro...
  • Cid Moreira (1927) é um jornalista, locutor e apresentador brasileiro, que fi...
  • Caio Fernando Abreu (1948-1996) foi um escritor, jornalista e dramaturgo bras...
  • Evaristo da Veiga (1799-1837) foi jornalista e político brasileiro. Autor da...

Última atualização: 29/01/2016