Sábato Magaldi

Crítico de teatro brasileiro
Por Dilva Frazão

Biografia de Sábato Magaldi

Sábato Magaldi (1927-2016) foi um crítico de teatro, professor, ensaísta e historiador brasileiro, considerado um dos mais importantes críticos de toda a história do teatro nacional.

Sábato Antônio Magaldi nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais, no dia 9 de maio de 1927. Formou-se em Direito pela Universidade de Minas Gerais, em 1949, mas logo desistiu da carreira.

As primeiras críticas de Sábato Magaldi apareceram em 1950 no Diário Carioca.

Formação e carreira

Entre 1952 e 1953 foi estudar na França, onde obteve o certificado de Estética pela Sorbonne.

De volta ao Brasil, no ano seguinte, começou a escrever críticas para o jornal O Estado de São Paulo.

Passou a lecionar História do Teatro na recém-inaugurada Escola de Arte Dramática da USP. Lá, formou, entre outros atores conhecidos, Ney Latorraca, Juca de Oliveira e Glória Menezes.

Em 1956 tornou-se titular da coluna de teatro do Suplemento Literário do jornal O Estado de São Paulo.

Em 1962, Sábato Magaldi publicou “Panorama do Teatro Brasileiro”, que se tornou um de seus livros mais emblemáticos.

Recebeu a Medalha de Ouro da Associação Paulista de Críticos Teatrais como Personalidade Teatral de 1962. Nesse mesmo ano, criou a disciplina de “História do Teatro Brasileiro”.

Recebeu o Prêmio Jabuti de Teatro da Câmara Brasileira do Livro, em 1963 e 1965. Em 1966 assumiu a função de crítico teatral do Jornal da Tarde.

Em 1970, Sábato Magaldi passou a lecionar na Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA).

Em 1972, doutorou-se na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, com a tese sobre o “Teatro de Oswald de Andrade”.

Em 1975 foi nomeado o primeiro Secretário Municipal de Cultura de São Paulo, permanecendo no cargo até 1979.

Em 1983 fez livre-docência na ECA, defendendo a tese “Nelson Rodrigues: Dramaturgia e Encenações”.

Sábato Magaldi foi o primeiro crítico de teatro do extinto Jornal da Tarde, do Grupo Estado, no qual atuou até 1988, quando decidiu se aposentar.

Como professor associado do Instituto de Estudos Portugueses e Brasileiros lecionou na Universidade da Sorbonne Nouvelle, em Paris, entre 1985 e 1987, e na Universidade de Provence, em Aix-em- Provence, entre 1989 e 1991.

Proferiu conferência e deu cursos em diversas cidades brasileiras, como também no Chile, na França, na Itália, na Alemanha, em Portugal e na Áustria.

Especialista na obra de Nelson Rodrigues, de quem era amigo pessoal, organizou e prefaciou a publicação “Teatro Completo de Nelson Rodrigues”, em quatro volumes, a obra foi publicada em 1989.

Em 1994, Sábato Magaldi foi eleito para a cadeira n.º 24 da Academia Brasileira de Letras.

Em um curta metragem dirigido por sua filha Lea van Steen, Magaldi resumiu o que é ser um crítico de teatro:

“O crítico tem que ter preparo teórico. Tem que conhecer bastante dramaturgia, mas ter noção do que seja desempenho, uma boa cenografia, uma indumentária adequada. Eu achei que tinha e passei a fazer críticas. Não sei se bem, mas com honestidade, muita franqueza e muita vontade de acertar. Pelo menos isso eu posso dizer que é verdade”.

Sábato Magaldi faleceu de infecção generalizada ao tratar de problemas pulmonares, em São Paulo, no dia 14 de julho de 2016.

Entre suas publicações destacam-se:

  • Iniciação ao Teatro (1995)
  • O Texto no Teatro (1989)
  • Moderna Dramaturgia Brasileira (1998)
  • Cem Anos de Teatro em São Paulo (2000)
  • Depois do Espetáculo (2003)
  • Teatro da Ruptura: Oswald de Andrade e Teatro da Obsessão: Nelson Rodrigues (2004).
Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.
Veja também as biografias de:
  • Barbara Heliodora (1923-2015) foi crítica de teatro, professora e a maior esp...
  • José Guilherme Merquior (1941-1991) foi um crítico, escritor, pensador, polem...
  • Antonio Candido (1918-2017) foi um sociólogo, crítico literário, ensaísta e p...
  • Afrânio Coutinho (1911-2000) foi um professor, ensaísta e crítico literário b...
  • Álvaro Lins (1912-1970) foi crítico literário, jornalista, professor, escrito...
  • Roger Ebert (1942-2013) foi um crítico de cinema norte-americano. Foi o prime...
  • Paulo Gustavo Amaral Monteiro de Barros (1978-2021) foi um ator, humorista e...
  • Monteiro Lobato (1882-1948) foi escritor e editor brasileiro. "O Sítio do Pic...
  • Romero Britto (1963) é um famoso pintor brasileiro. Radicado em Miami, nos EU...
  • Vinicius de Moraes (1913-1980) foi um poeta e um dos maiores compositores da...