Karl Marx é sempre referido como o filósofo e revolucionário socialista alemão responsável pela criação dos mandamentos essenciais do comunismo, que até hoje são motivo de polêmica e intrigas mundiais.

Mas quem era o homem por trás da ideologia? Como foi a sua vida íntima? Neste artigo, vamos apresentar fatos e curiosidades da vida de um dos pensadores mais influentes de todos os tempos. 

1. Marx cresceu em uma família de classe média 

Quem foi Karl Marx

Uma das filosofias mais marcantes na história da vida de Marx é a crítica ao capitalismo e à propriedade privada. No entanto, essa visão só foi possível porque, quando jovem, ele viveu o outro lado da história. 

Karl Marx nasceu em 1818 na cidade de Tréveris na época em que o território que conhecemos hoje como Alemanha era uma união de vários confederados e reinos. Foi criado com mais oito irmãos. 

Seus pais eram Heinrich Marx, um advogado bem sucedido e Henriette Pressburg, dona de casa de origem holandesa que nasceu na família Phillips, que hoje conhecemos por causa do império eletrônico. Judeus, tiveram que se converter ao cristianismo por causa da repressão religiosa da época (fato que mais tarde refletiu na ideologia do filho, que em uma de suas mais famosas frases disse: "A religião é o ópio do povo". 

A educação de Marx foi privilegiada por causa do dinheiro dos pais, e ele formou-se aos dezessete anos no Liceu Friedrich Wilhelm. 

2. Karl Marx era um adolescente rebelde que desafiou a autoridade dos pais 

Quem foi Karl Marx

Quando o jovem Marx formou-se no ensino médio, seu pai esperava e incentivava que o filho logo ingressasse na faculdade de direito. E foi o que ele fez: ainda com dezessete anos, ingressou na Universidade de Bonn rumo à advocacia. 

Frequentador assíduo de festas, bebedeiras, grupos de poesia e fraternidades arruaceiras, em um ano o pai resolveu transferir o filho para a Universidade de Berlim, esperando que entrasse no rumo. O tiro saiu pela culatra: foi lá que Marx enveredou de vez para o caminho da filosofia, abandonando o direito. E as aulas com o filósofo alemão Georg Wilhelm Friedrich Hegel garantiram a passagem sem volta de Marx para ideologias esquerdistas e a vida política. 

3. Marx conseguiu o título de doutor em filosofia, mas foi impedido de seguir a carreira acadêmica 

Quem foi Karl Marx

Enquanto ainda estudava filosofia na Universidade de Berlim, Marx perdeu o pai, o que lhe deixou em maus lençóis em termos financeiros. Ainda assim, o filósofo conseguiu o seu título de doutor em 1841, aos 23 anos de idade. Mas isso não valeu de nada: sua posição liberal e abertamente contra a elite ditatorial prussiana acabou com o sonho de dar aulas como professor universitário. 

A saída que encontrou, então, foi trabalhar como jornalista. Como redator-chefe da Gazeta de Renana, Marx escrevia sobre seus ideais de democracia e socialismo. A liberdade durou pouco: apenas um ano depois e o jornal foi censurado pelo governo, fechando em 1943. 

4. O casamento de Karl Marx e Jenny von Westphalen teve muitas tragédias 

Quem foi Karl Marx

Ainda quando era jovem, a família de Karl Marx era vizinha amiga da família do barão Ludwig von Westphalen. O aristocrata chegou a adotar Marx como discípulo, ensinando filosofia e literatura. Nesse meio tempo, Karl se apaixonou por sua filha, Jenny. Namoraram e noivaram em segredo, pois as famílias não concordavam com a relação. 

Jenny era quatro anos mais velha de Marx, e estava também perdidamente apaixonada. O casamento, no entanto, sofreu vários golpes: dos sete filhos que tiveram, quatro morreram na infância devido a problemas de saúde e a condição precária que vivia a família. Ambos sustentavam-se de heranças, vindas das famílias e de Engels, que tornou-se o amigo mais próximo, tutor e salvador de Marx. 

Para completar, Marx ainda traiu a esposa em 1851 com a governanta da família, Helene Demuth. A traição gerou um filho bastardo que foi adotado por Engels. 

5. A mudança para Paris e a guinada comunista de Karl Marx 

Quem foi Karl Marx

Sabemos que em 1843 Karl Marx encontrava-se desempregado, pois o jornal em que trabalhava foi fechado pela censura prussiana. O filósofo então casou-se com Jenny e se mudou para Paris, na França, para trabalhar em um jornal chamado Anais Franco-Alemães, também em prol da democracia.

Tudo aconteceu em Paris: Marx conheceu Engels, intensificou sua militância política e, em contato com organização de trabalhadores, intelectuais e sociedades socialistas, percebe que a revolução não poderia ser feita apenas no campo das ideias, como dizia seu professor Hegel, mas sim através da revolução prática da classe trabalhadora. Era o começo do que se traduziria em Manifesto Comunista (1848), uma de suas obras mais importantes. 

6. Cinco anos de migrações: as expulsões políticas de Karl Marx e a família 

Quem foi Karl Marx

As posições políticas que Marx como o fato de acreditar que o capitalismo era um sistema fadado ao fracasso, acreditar no fim da propriedade privada e denunciar a exploração do trabalhador pela indústria causaram inúmeros problemas para sua família. 

Em 1845 foi expulso da França a pedido do governo prussiano. Mudou-se para Bruxelas, na Bélgica, de onde foi expulso também em 1848, mesmo ano que lançou com Engels o Manifesto Comunista. Foi com a família para Colônia, na Alemanha, onde também durou pouco pois fazia um jornalismo extremamente crítico ao governo, o Nova Gazeta Renana. Mais uma vez expulso, tentou fixar residência na França, foi impedido pelo governo e só conseguiu assentar em 1849 em Londres, com a ajuda financeira de amigos e uma "vaquinha" promovida por Ferdinand Lassalle. 

7. Os anos de trabalho (e atraso) de Marx e O Capital 

Quem foi Karl Marx

Estabelecido com a família em Londres, vivendo de doações de seu amigo Engels, trabalhos jornalísticos eventuais como correspondente para o jornal americano New York Tribune, e de penhoras de bens da família de Jenny, Marx passou a se dedicar à escrita de O Capital, sua mais importante obra, que resume toda a sua crítica ao sistema capitalista. Ela demorou mais de quinze anos para ser finalizada. 

O primeiro volume saiu em 1867, desenvolvendo conceitos e teoria econômicas até hoje aplicadas na sociedade, como a alavancagem exagerada dos bancos, a livre concorrência, a mais-valia, a luta de classes, e o socialismo científico. Ele passava noites em claro trabalhando e o hábito de fumar e beber acompanhou-o durante todos os anos, causando uma grave inflamação na garganta e problemas respiratórios que o levaram à morte. 

8. Os últimos anos de Karl Marx 

Quem foi Karl Marx

Em Londres, Marx fundou a "Associação Internacional dos Trabalhadores", depois conhecida como "Primeira Internacional", viu acontecer a guerra franco-prussiana que levou ao poder por algumas semanas em 1871 o Comuna de Paris, primeiro governo operário da história. 

Em dezembro de 1881, Jenny morre em decorrência de um câncer no fígado e deixa Marx ainda mais debilitado, já com sérios problemas pulmonares e ainda abalado pela perda da parceira. Em março de 1883, o amigo Engels em uma visita acaba por encontrar Marx morto em casa, com apenas sessenta e quatro anos de idade. 

Quer saber mais sobre ele? Não deixe de ler a sua biografia completa

Achamos que você também pode se interessar por: