Os melhores jogadores de futebol do mundo são premiados anualmente há mais de vinte anos pela FIFA. O Brasil é líder de campeões que se destacaram nesse prêmio, seguido por Portugal e pela França. 

Mas todo mundo gosta de saber como os melhores jogadores do mundo chegaram lá. No artigo abaixo, selecionamos os jogadores brasileiros que já estiveram entre os melhores do mundo da FIFA para contar como começaram. 

Neymar (1992) 

jogadores de futebol brasileiros

Neymar da Silva Santos Júnior nasceu em Mogi das Cruzes, São Paulo, em uma família humilde formada pelos pais e mais uma irmã. O pai acreditava no talento do filho e desde muito pequeno o incentivou a jogar futebol, colocando-o em escolas preparatórias.

Com seis anos de idade o garoto já jogava futebol na categoria de base da Portuguesa Santista e quando tinha onze anos foi transferido para a base Santos Futebol Clube, chegando com dezesseis anos ao elenco principal e sendo já coroado como sendo a maior revelação do campeonato paulista. 

A partir daí a carreira do menino da vila só deslanchou: ganhou diversos prêmios como artilheiro, conseguiu um contrato milionário com o time europeu do Barcelona, e foi campeão da Liga dos Campeões da UEFA. Neymar atua como atacante na seleção brasileira desde os dezenove anos de idade, e em 2017 ficou em 3º lugar entre os melhores jogadores do mundo pela FIFA.  

Quer saber mais sobre a trajetória do craque? Acesse a sua biografia completa

Ronaldo (1976) 

asdasd

Ronaldo Luís Nazário de Lima, também conhecido como Ronaldo Fenômeno nasceu no bairro de Bento Ribeiro, no Rio de Janeiro, terceiro filho de dois funcionários de uma companhia telefônica, a Telerj. 

Também teve uma infância humilde e, para extravasar a energia, começou a jogar futsal em pequenos clubes no começo da adolescência. Aos catorze, tentou entrar para a base do Flamengo, mas o time se recusava a pagar seu transporte para os treinos e, como não tinha dinheiro para tal, optou por um clube que ficava próximo de casa, o São Cristóvão. 

Foi o ex-jogador Jairzinho, campeão mundial de 70, que o viu jogar no São Cristóvão e comprou seu passe por dez mil dólares. Revendeu-o para o Cruzeiro, onde o garoto profissionalizou-se. Com dezesseis anos Ronald já jogava pela Seleção Brasileira Sub-17. 

Ronaldo passou por vários times internacionais, incluindo o Barcelona, Inter de Milão e Milan, e foi consagrado três vezes o melhor jogador do mundo (1996, 1997 e 2002), a melhor marca já alcançada por um brasileiro na FIFA. 

Rivaldo (1972) 

asdasda

Rivaldo Vítor Borba Ferreira nasceu no Recife, em Pernambuco, e tem mais três irmãos. O pai trabalhava como porteiro da sede do time do Santa Cruz, onde o menino treinava na pré-adolescência. Rivaldo já contou em entrevista que quando tinha 14 anos nunca tomava café da manhã e andava 40 quilômetros por dia para ir treinar no clube, pois nem ele e nem a família tinham dinheiro. 

Com dezenove anos, atuava como profissional pelo clube, com um salário de 170 reais. Depois de ser destaque em campeonatos regionais, conseguiu contrato com grandes clubes como o Corinthians e depois o Palmeiras, último pelo qual passou antes de fazer uma carreira brilhante da Europa. Com vinte e um anos entrou para a Seleção Brasileira. 

Possui vários títulos regionais, internacionais, todos os que foram possíveis pela seleção brasileira e em 1999 foi eleito o melhor jogador do mundo pela FIFA, no ano seguinte ficando em 3º lugar. 

Ronaldinho (1980) 

ascfdfd

Ronaldo de Assis Moreira, o Ronaldinho Gaúcho, nasceu em Porto Alegre em uma família com mais dois irmãos. Seu passatempo predileto desde criança era o futebol com os amigos. São famosos os vídeos de Ronaldinho ainda criança praticando dribles. 

Com sete anos começou a jogar na escola de futebol infantil do Grêmio, orientado pelo irmão, ex-jogador do clube, Roberto Assis. Com dezessete anos foi convidado e jogar na Seleção Brasileira Sub-17, sendo campeão. Nos anos seguintes também foi campeão gaúcho e logo deslanchou na carreira. 

Com passagens por grandes times europeus como o Paris Saint-Germain, Milan e Barcelona, Ronaldinho ainda é lembrado como um dos melhores jogadores da recente geração brasileira, tendo conquistado o título de melhor do mundo pela FIFA em 2004 e 2005, no auge de sua carreira. 

Leia mais sobre a história de Ronaldinho Gaúcho em sua biografia completa.  

Kaká (1982)

asfgh

Ao contrário do que é comum na carreira de grandes jogadores brasileiros, Ricardo Izecson dos Santos Leite, o Kaká, não teve uma infância pobre. A família de classe média cresceu em boas condições em Brasília. 

Quando estava no colégio um professor chamou a atenção da família para o seu talento com o futebol, e assim começou a participar de campeonatos infantis. Fez parte da equipe de juniores do time do São Paulo de 1994 a 2000, ano em que sofreu uma fratura na espinha dorsal que quase o deixou paralisado aos 18 anos. 

Com vinte anos foi convocado para a Seleção Brasileira, e campeão da Copa do Mundo. Depois trilhou uma carreira internacional pelo Milan, da Itália, e após o Mundial de 2006, foi eleito o melhor jogador do mundo pela FIFA, ultrapassando os craques Lionel Messi e Cristiano Ronaldo. 

Roberto Carlos (1973)

asdpp

Roberto Carlos da Silva Rocha, nasceu em uma fazenda de café, em Garça, interior de São Paulo. O homem que é até hoje considerado o melhor lateral-esquerdo da história do futebol começou a jogar em times de várzea. 

Com dezesseis anos começou a sua carreira profissional pelo time União São João, de Araras, São Paulo. Três anos depois foi convocado para a Seleção Brasileira Sub-20, o que o tornou uma celebridade na pequena cidade do interior de São Paulo. Depois de alguns anos brilhando no Palmeiras, Roberto começou sua carreira internacional no Inter de Milão. 

Em 1997, no auge da sua carreira, Roberto foi considerado o segundo melhor jogador do mundo pela FIFA. Atuou na Seleção Brasileira por mais de dez anos e foi pentacampeão do mundo em 2006. 

Romário (1966)

65

Nascido na comunidade do Jacarézinho, no Rio de Janeiro, Romário de Souza Faria começou a jogar ainda criança no time de futebol Estrelinha, fundado por seu pai. Com treze anos ele já era campeão carioca na categoria infantil. 

A sua carreira profissional começou no Vasco da Gama, do qual é ídolo absoluto, e com vinte e dois anos estreou na Seleção Brasileira indo às Olimpíadas de Seul. Depois de uma carreira internacional, Romário foi a figura principal da Seleção na Copa do Mundo de 1994, com a qual foi campeão. 

Neste mesmo ano foi eleito o melhor jogador do mundo pela FIFA e sustenta até hoje o título de um dos melhores futebolistas brasileiros da história. Junto com o Pelé, é a segunda pessoa que chegou aos mil gols em sua carreira. 

Outros jogadores de futebol brasileiros consagrados como melhores 

Além desses jogadores que foram eleitos melhores do mundo, o Brasil também teve outros personagens incríveis no futebol. Leia sobre a história de vida de Pelé, Garrincha e Zico

Você também pode gostar de: