O cenário musical brasileiro sempre foi um celeiro de talentos femininos. Temos compositoras, artistas, cantoras muito completas, versáteis e que fazem sucesso com todos os públicos.

Nesta lista, selecionamos as vozes mais jovens e contemporâneas da música nacional. São compositoras brasileiras de MPB, Sertanejo, Rap / Hip Hop, Samba, Rock, Pop, e também que misturam todos os esses estilos na criação de canções incríveis!

Veja quais são as 25 jovens compositoras brasileiras que você não pode deixar de conhecer!  

Compositoras brasileiras de MPB

Hoje em dia não é tão fácil definir o que é MPB. A maioria das artistas contemporâneas misturam ritmos e acabam fazendo um som democrático que, não há como negar, são músicas populares brasileiras. Veja quais são as compositoras que se destacam nessa categoria.

Sandy

jovens compositoras brasileiras

Como não falar dela? A artista mirim com a voz mais afinada que o Brasil já tinha visto tornou-se uma cantora solo de sucesso. Sandy lançou seu primeiro álbum solo em 2011, Manuscrito, e mostrou continuar sendo uma das melhores artistas femininas do país. Depois veio Sim (2013) e Meu Canto (2016), com várias composições da cantora e pelo menos cinco singles de sucesso.

Principais composições: Você Pra Sempre (Inveja), Pés Cansados e Me Espera.

Mallu Magalhães

O que começou com uma brincadeira de adolescente acabou virando coisa séria. Desde o primeiro sucesso, Tchubaruba, Mallu Magalhães está sempre entre as vozes mais escutadas do país. Com talento para compor tanto em inglês quanto português, a artista já tem mais de quatro álbuns recheados de sucessos.

Principais composições: Velha e Louca, Você Não Presta e Shine Yellow.

Maria Gadú  (MPB)

jovens compositoras brasileiras

O primeiro hit de Maria Gadú,  "Shimbalaiê", foi composto quando ela tinha apenas dez anos de idade. Desde 2009 a cantora está entre os maiores nomes da nova MPB, fazendo parcerias com grandes nomes, como Caetano Veloso e Milton Nascimento.

Principais composições: Bela Flor, Dona Cila e João de Barro

Ana Cañas

Sua estreia foi em 2007 como o álbum Amor e Caos, mas a carreira de Ana estou mesmo depois que seu single "Esconderijo foi tema de uma novela global. Depois disso, a compositora já escreveu e produziu mais três álbuns e de artista revelação passou a ser um nome já consagrado da nova MPB nacional.

Principais composições: Esconderijo, Será que Você me Ama? e Hoje Nunca Mais.

Ellen Oléria  (MPB)

jovens compositoras brasileiras

Na verdade, Ellen mistura um pouco de vários ritmos brasileiros, criando um repertório muito original. Se você ainda não conhece, precisa ouvir essa artista brasiliense que ganhou o The Voice Brasil em 2012 e conquistou o coração de milhares de brasileiros.

Principais composições: Testando, Desenho de Giz e Zumbi.

Luedji Luna

Todo um jeito de rainha africana e uma voz muito, muito boa marcam a figura de Luedji, que vem arrasando em festivais nacionais. Seu último álbum, Um Corpo no Mundo, é cheio de canções originais e poesia do primeiro ao último segundo.

Principais composições: Banho de Folhas, Um Corpo no Mundo e Dentro Ali.

Céu

jovens compositoras brasileiras

Sucesso de vendas na Europa e nos Estados Unidos, Céu também é uma das vozes mais influentes no Brasil. Com alguns hits embalando novelas globais e composições arrojadas, a artista já foi indicada ao Grammy Latino na categoria melhor artista revelação.

Principais composições: Malemolência, Cangote e Varanda Suspensa.

Tiê

Quatro álbuns de estúdio, composições e interpretações em parceria com mestres da música nacional como Toquinho e Céu é uma das jovens estrelas da música brasileira. A melancolia gostosa de A Noite esteve no topo das paradas brasileiras por meses.

Principais composições: Assinado Eu, Mexeu Comigo e A Noite.

Tulipa Ruiz

jovens compositoras brasileiras

De Efêmera Tulipa não tem nada. O primeiro álbum, assim que lançado anos 2010, foi sucesso de crítica e público. Seu álbum Dancê (2015) ganhou um Grammy de  Melhor Álbum de Pop Contemporâneo Brasileiro, e artista entrou de vez para o hall da fama das mulheres compositoras brasileiras.

Principais composições: Só Sei Dançar com Você, Dois Cafés e Dia a Dia, Lado a Lado.

Roberta Campos

Em 2008, Roberta decidiu compor, gravar e produzir o seu primeiro CD. Tudo sozinha. Deu muito certo. Hoje a cantora é um nome respeitado da MPB, também indicada ao Grammy Latino, e com quatro álbuns lançados.

Principais composições: De Janeiro a Janeiro, Minha Felicidade e Sete Dias.

A febre feminina do sertanejo

Desde meados de 2016 que o feminejo, como é chamado, explodiu no Brasil. Grandes compositoras foram descobertas com suas letras que trazem uma perspectiva feminina dos assuntos que sempre foram dominados por homens nesse ritmo: relacionamentos, amor, balada, sucesso. Listamos as mentes e vozes que merecem sua atenção nesse ritmo tão brasileiro.

Paula Fernandes 

jovens compositoras brasileiras

Mais de quarto milhões de discos vendidos, indicações ao Grammy e a outros prêmios nacionais e Paula Fernandes é um dos nomes mais lembrados da música sertaneja atual. Suas músicas sempre figuraram no topo das paradas do Brasil e a cantora também alcançou um grande sucesso internacional.

Principais composições: pra você, Um Ser Amor e Sensações.

Simone e Simaria

As irmãs coleguinhas desde euq einciiaram carreira como dupla, em 2013, figuram também nas listas de hits nacionais, como as da Billboard Brasil. Indicadas ao Grammy de melhor Álbum de Música Sertaneja com o álbum Live (2016), as duas são hoje nomes obrigatórios no cenário feminino musical do país.

Principais composições: Meu Violão e o Nosso Cachorro, Loka e Quando o Mel é Bom.

Naiara Azevedo

jovens compositoras brasileiras

Uma carreira que começou com uma versão feminista da música Sou Foda, ganhou milhares de visualizações na internet e culminou em vários sucessos, quatro álbuns gravados e parcerias com artistas como Ivete Sangalo e Gusttavo Lima.

Principais composições: 50 Reais, Avisa que eu Cheguei e Se Quer a Verdade.

Marilia Mendonça

Aôôô sofrência! Apenas vinte dois anos de idade e uma das vozes que explode as listas sernatejas brasileiras. Marília Mendonça compôs muitas músicas que foram interrompidas pôr outro grupos mais famosos antes de lançar o seu próprio CD em março de 2016. Hoje Marília é uma das artistas brasileiras mais ouvidas no YouTube.

Principais composições: Infiel, Eu Sei De Cor e Ausências. 

As compositoras e cantoras negras do Rap e Hip Hop

Outra cena musical que tem tido mulheres como expoentes é a do rap nacional. Mulheres (e até crianças!) estão penetrando aos poucos nesse ritmo e trazendo uma abordagem inovadora e mais consciente para as composições. Veja algumas delas:

Karol Conka

jovens compositoras brasileiras

Foi a partir de 2012 que Conká passou a ser um dos grandes nomes femininos do rap nacional. Sua parceria com Projota ajudou na projeção da artista que, já no ano seguinte ganhou a categoria Artista Revelação do Prêmio Multishow de Música Brasileira. Versátil, original e com letras feministas e fortes, a compositora não passa despercebida em nenhum lugar. É um show ambulante!

Principais composições: Tombei, É o Poder e Tô na Luta.

Luana Hansen

Uma das principais vozes femininas do rap nacional, já com dezesseis anos de carreira e uma trajetória marcada por uma forte vontade de mudar a sociedade com suas composições.

Principais composições: Flor de Mulher, Ventre Livre de Fato e Funk da Realidade. 

Mc Soffia 

jovens compositoras brasileiras

Capaz de deixar qualquer um de boca aberta, Mc Soffia tinha apenas onze anos de idade quando estourou com o seu single Menina Pretinha. A rapper, cantora e compositora já escrevia suas canções e fazia shows pelo brasil inteiro. Participou da abertura dos Jogos Olímpicos do Rio em 2016, já ganhou diversos prêmios nacionais e é indicada na categoria Novo Artista Internacional do Black Entertaiment Television (BET Awards) de 2018.  

Principais composições: Meninas Pretinha, Minha Rapunzel tem Dread e Barbie Black.

Divas Pop: compositoras brasileiras que dominam os ritmos dançantes

A exemplo de Beyoncé, Rihanna e Lady Gaga no EUA, o Brasil também tem fabricado as suas divas nos últimos anos. Para além dos figurinos extravagantes, letras sensuais e clipes com milhões de visualizações, as garotas nacionais demonstram um talento excepcional para composições. Veja quem são elas.

Iza 

jovens compositoras brasileiras

Apenas um álbum de estúdio foi o suficiente para colocar Iza no radar das Divas Pop brasileiras. A cantora estou em 2016, já ganhou alguns prêmios nacionais e está sempre na lista dos clipes mais vistos do YouTube, com seu figurino único, vozeirão e letras provocantes.

Principais composições: Te Pegar, Pesadão e Ginga.

Mahmundi 

Comparada a mestres femininas da música nacional como Rita Lee, Mahmundi já conquistou um  Prêmio Multishow de Música Brasileira, fez shows da Europa e continua agradando a crítica especializada com suas letras.  Um som que mistura pop, R&B, e um toque autêntico que faz da cantora uma das melhores revelações musicais femininas do cenário brasileiro.

Principais composições: Sentimento, Tempo pra Amar e Desaguar.

Anitta

jovens compositoras brasileiras

Recordes e mais recordes são parte da rotina de Anitta, que desde 2012 vem sendo a principal voz do pop nacional. A cantora conseguiu projeção internacional e continua comprovando o poder feminino da música. Prêmios importantes como o Grammy e o Ema estão no currículo de Anitta.

Principais composições: Show das Poderosas, Bang e Paradinha.

Ludmilla

Outra Diva Pop Nacional indicada em 2017 ao Grammy Latino de Melhor Álbum Pop Contemporâneo. Ludmilla corre o Brasil e o Mundo com seu ritmo quente, e letras que falam da realidade da fama, do sucesso e outros temas. Misturando funk, pop e melody, a artista também está sempre no topo das paradas nacionais.

Principais composições: 24 Horas por Dia, Não Encosta e Fala Mal de Mim.

Anavitória 

Logo no seu álbum de estreia, em 2016, a dupla Ana e Vitória levaram um Grammy Latino pra casa, com Trevo sendo a Melhor Canção em Língua Portuguesa do ano. Nem dois anos de carreira e as amigas já ganharam a simpatia nacional com hits que misturam pop e folk, com aquele violão de fundo capaz de emocionar qualquer coração.

Principais composições: Trevo (Tu), Fica e Singular.

Mulheres na música: jovens compositoras brasileiras já consagradas

Por último, separamos três nomes femininos que são só sucesso. Figuras conhecidas e respeitadas no país, com prêmios no currículo e composições belíssimas que você deveria parar para ouvir.

Mart'nália

jovens compositoras brasileiras

Filha de nada menos que Martinho da Vila e a cantora Anália Mendonça, era esperado que Martinália se tornasse uma grande sambista. Quatro indicações ao Grammy Latino e outras diversas em prêmios nacionais estão no currículo da compositora, que já tem dez álbuns gravados. Sem dúvida, um dos maiores nomes femininos do samba nacional.

Principais composições: Pára Comigo, Chega e Não me Balança Mais. 

Marjorie Estiano

A carreira de atriz e música de Marjorie sempre andaram lado a lado. Desde 2005 a artista mistura rock, pop, e outros sons criando canções que não saem da cabeça. São três álbuns, diversos prêmios nacionais e milhares de discos vendidos.

Principais composições: Você Sempre Será, Por Mais que eu Tente e Tatuagem.

Pitty

jovens compositoras brasileiras
A baiana que chegou para revolucionar o cenário do rock nacional contemporâneo. Sucesso absoluto na década de 2000, Pitty continua na cena brasileira musical como um dos nomes femininos mais lembrados: não só no rock n roll, mas também em outros ritmos. Mais de setenta prêmios já se acumulam em seus mais de vinte anos de carreira.

Principais composições: Máscara, Admirável Chip Novo e Na Sua Estante.