Hélio Gracie

Lutador de Jiu-jitsu
Por Dilva Frazão
Biblioteconomista e professora

Biografia de Hélio Gracie

Hélio Gracie (1913-2009) foi um lutador de Jiu-jitsu, o patriarca da família Gracie, responsável pela difusão do Jiu-jitsu no Brasil.

Hélio Gracie nasceu em Belém, Pará, no dia 01 de outubro de 1913. Era o caçula e o mais franzino dos oito filhos do empresário Gastão e Cesalina Gracie.

Em 1914, Esai Maeda, campeão de Jiu-jitsu e discípulo direto de Kano, imigrou para o Brasil junto com uma grande colônia japonesa que se instalou no Pará. Maeda começou a ensinar Jiu-jitsu e despertou a atenção de Gastão que decidiu levar Carlos, o filho mais velho para aprender a arte.

Depois de cinco anos de aprendizado, Carlos e os irmãos, Oswaldo, Gastão e George, que posteriormente aprenderam a arte marcial, se mudaram para o Rio de Janeiro e em 1925 fundaram a primeira Escola Gracie, localizada na Rua Marquês de Abrantes, n.º 106, no bairro do Flamengo.

Hélio Gracie e o Jiu-Jitsu

Com 14 anos, Hélio Gracie foi morar no Rio de Janeiro. Muito franzino não podia treinar, mas passou a acompanhar as aulas ministradas por seu irmão Carlos. Muito observador, Hélio assimilou todas as técnicas que seu irmão transmitia nas aulas.

O talento de Hélio logo foi notado por Carlos que decidiu treiná-lo. A baixa estatura e a condição física frágil que dificultava a execução correta de algumas posições fez Hélio criar maneiras alternativas que lhe ajudassem.

Hélio aprimorou a parte de solo com o uso do sistema de alavanca e a escolha do momento oportuno para agir, dando-lhe a força extra que não possuía. Hélio modificou diversas técnicas e dessa forma criou o Gracie Jiu-jitsu, o Jiu-jitsu brasileiro.

Lutas de Hélio Gracie

Em 1932 Hélio iniciou sua carreira profissional e na primeira luta venceu o lutador de box Antônio Portugal, em apenas 30 segundos. No mesmo ano, lutou contra o norte-americano Fred Ebert e depois de 14 rounds de 10 minutos cada, a luta foi interrompida pela polícia.

Para provar a eficácia de sua nova técnica, Hélio desafiou publicamente os maiores praticantes de artes marciais do Brasil.

Em 1932, Hélio lutou contra o judoca Namiki e a luta terminou empatada, mas a família Gracie disse que o sinal do término da luta tocou segundos antes que Namiki batesse o braço.

Em 1934, Hélio lutou contra o campeão de luta livre, o peso pesado Wladak Zbyszko, que era chamado de “campeão do mundo”. A luta durou 3 rounds de 10 minutos e terminou empatada.

Hélio X Masahiko Kimura

Em 1950, o peso-pena Hélio Gracie desafiou publicamente o campeão japonês e faixa preta Masahiko Kimura. O judoca aceitou o desafio, mas colocou a condição de que primeiro queria ver Hélio vencer Yukio Kato, seu colega bem mais leve.

A disputa entre Hélio e Kato ocorreu no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, no dia 6 de setembro de 1951 e terminou empatada. Hélio pediu uma segunda luta que foi realizada no estádio do Pacaembu, São Paulo, no dia 29 do mesmo mês. Hélio ganhou a luta estrangulando Kato.

O duelo entre Hélio Gracie e Masahiko Kimura foi marcado para o dia 23 de outubro de 1951 no estádio do Maracanã. O japonês era o atual campeão mundial de judô na categoria dos médios, pesava 85 kg e tinha 1,70 m de altura. Hélio pesava 60 kg e tinha 1,75 m de altura.

Hélio Gracie, que estava invicto até então, perdeu a luta quando Kimura aplicou uma chave no braço esquerdo de Hélio, que se recusava de “bater” (desistir da luta). A luta só terminou quando seu irmão Carlos jogou a toalha, temendo uma séria fratura.

Kimura ganhou a luta, mas ficou impressionado com as técnicas de Hélio e o convidou para que fosse ensinar no Japão.

O mais longo combate

Aos 43 anos, Hélio e Waldemar Santana, um ex-aluno, bateram o recorde mundial do mais longo combate de vale-tudo da história, que durou 3 horas e 40 minutos, sem intervalos. Hélio Gracie conquistou aclamação internacional por sua dedicação à divulgação da sua arte a Gracie Jiu-jitsu ou Brazilian Jiu-jitsu.

Hélio Gracie

Família

Hélio Gracie foi casado com Margarida Gracie durante 50 anos, mas teve duas amantes, Isabel e Vera. Teve nove filhos – sete homens e duas mulheres: Rorion, Relson, Rickson, Rolker, Royce, Royler, Rhérika, Robin e Ricci.

Morte

Hélio Gracie faleceu em Petrópolis, Rio de Janeiro, no dia 29 de janeiro de 2009, com 95 anos de idade.

Dilva Frazão
É bacharel em Biblioteconomia pela UFPE e professora do ensino fundamental.
Veja também as biografias de:
  • Rickson Gracie é um ex-lutador de vale-tudo e praticante de jiu-jitsu de gran...
  • Ryan Gracie (1974-2007)foi um lutador brasileiro de Jiu-Jitsu, ganhador de co...
  • Anderson Silva (1975) é um lutador brasileiro de MMA (Artes Marciais Mistas)...
  • Bruce Lee (1940-1973) foi um lutador de artes marciais, ator e roteirista nor...