Lázaro Luiz Zamenhof

Filólogo polonês

Biografia de Lázaro Luiz Zamenhof

Lázaro Luiz Zamenhof (1859-1917) foi um filólogo e oftalmologista polonês. Foi o criador do esperanto, uma língua neutra e internacional.

Lázaro Luiz Zamenhof (Ludwig Lazar Zamenhof)(1859-1917) nasceu em Bialystok, pertencente ao império russo, hoje na Polônia, no dia 15 de dezembro de 1859. Filho de Rosália e Marcos Zamenhof, professor de geografia e línguas modernas. Bialystok era uma pequena cidade que se constituía num palco de dolorosas lutas raciais, agravadas pela incompreensão linguística entre os seus habitantes.

A Polônia pertencia ao Império Russo, onde se falava cerca de duzentas línguas diferentes. Só na pequena Bialystok falavam-se quatro línguas oficiais: o Russo, o Alemão, o Polonês e o Ídiche. Com apenas 06 anos de idade, Zamenhof já pensava na ideia de elaboração de uma única língua neutra e internacional. No curso ginasial, passou a estudar fervorosamente as línguas latina e grega, examinando a possibilidade de uma delas se constituir em língua internacional.

Quando cursava a última série ginasial, sua família mudou-se para Varsóvia, mas ele já havia concluído o seu projeto sobre a Língua Universal. No dia 05 de dezembro de 1878, ele e um grupo de 6 ou 7 colegas do ginásio festejaram, ao redor de um bolo, o nascimento da Língua Internacional. Na verdade, o projeto naquele dia comemorado era apenas um forma embrionária do que mais tarde seria o "Esperanto".

Terminado o ginásio, foi mandado para Moscou, para estudar Medicina. Antes, teve de prometer ao pai que abandonaria a ideia da língua universal até terminar o curso. Entregou-lhe os cadernos que continham os originais. Seus pais não puderam mantê-lo em Moscou e fizeram-no regressar a Varsóvia. Contava então 22 anos de idade. Temendo o futuro do filho, seu pai queimou todos os manuscritos.

Zamenhof tinha guardado na memória tudo o que continha nos originais queimados. Refez tudo, e só depois de experimentos com os estudos da gramática e vocabulário foi que considerou pronta a sua obra. Estava nessa época com 28 anos de idade. Com o auxílio de seu futuro sogro, que financiou totalmente a publicação, no dia 26 de julho de 1887 saía da oficina gráfica o seu primeiro livro.

Era uma gramática com as instruções em russo e chamava-se "Lingvo Internacia", de autoria de "Doktoro Esperanto". Com o decorrer do tempo, o pseudônimo passou a ser usado por seus aprendizes, para denominar a própria língua: "Esperanto". Pouco tempo depois eram lançadas as edições em polonês, francês, alemão etc.

Já médico formado, mas sem deixar a profissão, trabalhou intensamente na divulgação da Língua Internacional. Depois de concluída e editada a sua obra, veio a casar-se com Clara Silberniz, com quem teve 6 filhos. Zamenhof sempre se dedicou a seus clientes pobres, proporcionando-lhes dois dias da semana para consultas gratuitas. Em Boulogne-sur-mer, França, por ocasião do 1º Congresso Universal de Esperanto, comparece, embora judeu, a uma missa do culto romano.

Em outubro de 1889 apareceu a primeira lista de endereços, com 1000 nomes de pessoas de diversos países, simpatizantes do Esperanto. Foram fundados clubes e revistas dando força a um movimento internacional que veio crescendo, pouco a pouco, sem interrupção. Em 1905, já acontecia na França, na cidade de Bolonha, o 1º Congresso Mundial de ESPERANTO, onde se reuniram centenas de pessoas de vários países, comunicando-se em uma única língua.

Em 1910, foi realizado o VI Congresso Universal de Esperanto, em Washington. Nessa ocasião, o Brasil foi representado pelo Prof. João Batista de Melo e Souza, de 21 anos de idade, que fez ver ao Dr. Zamenhof que não existia em sua gramática a palavra saudade. Zamenhof tratou de incluí-la. Em 1914 seria realizado o 10º Congresso, em Paris, mas tal não aconteceu devido à deflagração da Primeira Guerra Mundial. Já estavam inscritas 3.700 pessoas.

Lazaro Luiz Zamenhof faleceu em Varsóvia, na Polônia, no dia 14 de abril de 1917.

Veja também as biografias de:
  • Nicolau Copérnico (1473-1543) foi um astrônomo, matemático, médico e religios...
  • Zygmunt Bauman (1927-2017) foi um sociólogo, pensador, professor e escritor p...
  • Frédéric Chopin , (1810-1849) foi um importante pianista e compositor polonês,...

Última atualização: 04/04/2016

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.