A literatura brasileira conta com escritores e escritoras muito talentosos. Alguns mais jovens, outros da vanguarda, e um universo infinito de temas, estilos e carreiras. 

Selecionamos 26 nomes que estão entre os maiores escritores da literatura brasileira para você conhecer. 

Os maiores escritores brasileiros de todos os tempos

Aqui listamos alguns dos escritores brasileiros indispensáveis. São nomes que mudaram a literatura nacional, que todo mundo já ouviu falar (mas nem todo mundo leu). Se você quer ter uma boa ideia da literatura brasileira essencial, pode começar por aqui.

Monteiro Lobato (1882-1948) 

escritores brasileiros

Um dos primeiros escritores brasileiros e latino-americanos a escrever para crianças. Também foi precursor dos editores no Brasil, numa época em que os livros eram feitos apenas no exterior.

Além dos livros infantis que incluem os personagens de muito sucesso do Sítio do Pica-Pau Amarelo, Lobato também escreveu contos, e um único romance, polêmico, em 1926, chamado O Choque das Raças.

Saiba mais sobre a trajetória de Monteiro Lobato em sua biografia completa.

José de Alencar (1829-1877)

escritores brasileiros

José de Alencar inaugurou o que é chamado de romance de temática nacional. Formou em direito, mas sua paixão sempre foi a escrita e depois do sucesso de O Guarani (1857), investiu ainda mais na sua carreira, depois mesclando-a com a política. Escreveu romances, contos, crônicas, peças de teatro e a sua própria autobiografia.

Veja quais são as melhores obras e momentos importantes da carreira de José de Alencar.

Cecília Meireles (1901-1964)

escritores brasileiros

A primeira escritora brasileira a se tornar realmente famosa no meio literário. Assinando mais de cinquenta obras, Cecília estreou no mundo editoral com apenas dezoito anos de idade com a obra Espectros (1919). Poemas, romances, livros infantis e textos jornalísticos estão no currículo premiado da autora.

Leia a biografia completa de Cecília Meireles para entender como a escritora tornou-se a primeira voz feminina da literatura.

Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) 

escritores brasileiros

A poesia de Drummond é conhecida no mundo inteiro e considerada a maior influência para este gênero literário no Brasil. Versos soltos, palavras simples e uma extensa obra, sendo a mais renomada A Rosa do Povo (1945) fazem dele um nome sempre lembrado entre os clássicos escritores nacionais.

Você pode saber mais sobre Carlos Drummond e seus belíssimos escritos através da sua biografia completa.

Machado de Assis (1839-1908)

escritores brasileiros

O nome brasileiro mais reconhecido no exterior, traduzido para inúmeras línguas, estudado e aclamado pôr mais de um século. Machado de Assis foi o primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras e sua obra Dom Casmurro (1899) é leitura obrigatória para qualquer pessoa que queira conhecer a literatura nacional.

Leia a biografia completa do maior escritor brasileiro que já viveu.

Clarice Lispector (1920-1977)

escritores brasileiros

A profundidade e sentimentalismo da obra de Clarice Lispector faz dela um dos nomes mais adorados por jovens brasileiros de várias gerações. Nascida na Ucrânia e naturalizada brasileira, Clarice escreveu poemas, romances, matérias para jornal e livros infantis.

Uma artista que cuja trajetória você pode conferir através da sua biografia completa.

Graciliano Ramos (1892-1953)

escritores brasileiros

O prosador mais importante da segunda metade do modernismo brasileiro, com a publicação de Vidas Secas (1938) o autor alagoano entrou de vez para o hall da fama da literatura nacional. Com mais de vinte obras publicadas, Graciliano é um autor para não perder de vista quando falamos em literatura clássica brasileira.

Leia aqui a biografia completa do autor.

Guimarães Rosa (1908-1967)

escritores brasileiros

O livro épico mais famoso do Brasil, Grande Sertão Veredas saiu da cabeça e mãos desse médico mineiro que sabia falar mais de nove idiomas. Depois de longos anos em carreira diplomática em nome do país, Guimarães passou a se dedicar a escrita e foi sucesso absoluto desde a primeira publicação.

Saiba como traçou a sua trajetória lendo a biografia completa do autor.

Quer ficar por dentro dos escritores clássicos da literatura nacional? Leia também as biografias de Lygia Fagundes Telles, Manuel Bandeira e Mario de Andrade.

Os autores brasileiros contemporâneos consagrados

Aqui selecionamos alguns dos nomes mais reconhecidos do mundo editorial brasileiro, que ainda estão em plena atividade, lançando novos livros, trabalhando em atividades jornalística e outras coisas. São pessoas que fizeram e ainda fazem muito pela literatura nacional.

Ruth Rocha (1931)

escritores brasileiros contemporâneos

O nome feminino mais conhecido da literatura infantil. Seu maior clássico, Marcelo, Marmelo, Martelo, já vendeu mais de um milhão de cópias. A escritora já venceu o Prêmio Jabuti quatro vezes e continua criando histórias que marcam gerações e mais gerações de crianças brasileiras.

Leia aqui a biografia completa de Ruth Rocha.

Luis Fernando Veríssimo (1936)

escritores brasileiros contemporâneos

Mais de sessenta títulos estão no currículo deste que é um dos escritores contemporâneos mais renomados do país. Seu talento para a escrita criativa, especialmente voltada para o cotidiano (contos) já lhe rendeu dois Prêmios Jabuti.

Leia aqui a biografia completa de Luis Fernando Veríssimo.

Ana Maria Machado (1941)

escritores brasileiros contemporâneos

Outra gigante da literatura infantil, também premiada, traduzida para várias línguas e membro da Academia Brasileira de Letras. Fundou a primeira livraria voltada para livros infantis do Brasil e possui mais de cem livros publicados.

Leia aqui a biografia completa de Ana Maria Machado.

Chico Buarque de Holanda (1944)

escritores brasileiros contemporâneos

Chico é mais conhecido pelo seu trabalho na música, mas também é um grande autor, tendo escrito oito livros, além de peças de teatro e romance. O autor já conquistou três prêmios Jabuti com os seus romances e diversos outros prêmios nacionais e internacionais.

Leia aqui a biografia completa de Chico Buarque de Holanda.

As maiores escritoras contemporâneas brasileiras

A literatura nacional conta com escritoras de peso, mulheres que falam sobre variados assuntos, da literatura infantil à prosa religiosa e questões sociais. Vamos conhecer alguns desses nomes?

Adélia Prado (1935)

escritores brasileiros contemporâneos

Com uma obra sólida, que une o papel da mulher com temas como a fé e a vida cotidiana, Adélia é um dos nomes vivos mais respeitados da literatura nacional. A autora teve vários livros traduzidos para o inglês e também ganhou diversos prêmios, como o Prêmio Jabuti e o Prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte.

Leia aqui a biografia completa de Adélia Prado.

Eva Furnari (1948)

escritores brasileiros contemporâneos

Uma obra com mais de sessenta títulos e Eva Furnari é também um grande nome da literatura infantil. A escritora, que nasceu na Itália, mas foi criada no Brasil, continua escrevendo e ilustrando no auge dos seus 69 anos e também já foi premiada com dois Jabuti.

Leia aqui a biografia completa de Eva Furnari.

Martha Medeiros (1961)

escritores brasileiros contemporâneos

Ela já escreveu livros que viraram filmes, séries de TV, e peças de teatro. É um sucesso total. Martha já possui quase trinta livros publicados e continua escrevendo crônicas para jornais e revistas. Seu livro Felicidade Crônica (2014) ficou por meses nas listas dos mais vendidos do Brasil.

Leia aqui a biografia completa de Martha Medeiros.

Conceição Evaristo (1946)

escritores brasileiros contemporâneos

Nascida em uma favela de Minas Gerais, hoje Conceição é um dos principais nomes da literatura afro-brasileira. Constantemente convidada para eventos literários importantes como a Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP), a autora já publicou diversos contos em antologias, uma coleção de poemas e dois romances.

Jovens escritores contemporâneos brasileiros

Alguns nomes masculinos têm se destacado na literatura contemporânea nos últimos anos. Homens que mal começaram suas carreiras editoriais e já sustentam posições de destaque, prêmios e etc. Conheça alguns deles.

André Dahmer (1974)

escritores brasileiros contemporâneos

Cartunista carioca que tem feito muita gente que virava os olhos para os quadrinhos começar a admirar esse tipo de literatura. O autor já venceu um Jabuti com o seu livro Quadrinhos dos Anos 10 e influencia muita gente através do seu humor ácido na internet. 

Marcelino Freire (1967)

escritores brasileiros contemporâneos

Pernambucano criador do Balada Literária, evento que, desde 2006, reúne escritores, nacionais e internacionais em São Paulo, Marcelino oferece aos seus leitores uma escrita muito original e impactante. Sua obra Contos Negreiros recebeu o Prêmio Jabuti de Literatura em 2006.

Leia aqui a biografia completa de Marcelino Freire.

Marçal Aquino (1958)

escritores brasileiros contemporâneos

Os traços jornalísticos da realidade são marcantes na escrita desse escritor paulistano. Como roteirista de cinema, o escritor tem obtido muito sucesso, já tendo escrito sete longa-metragens, incluindo o homônimo Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios (2012). Já foi premiado com o Prêmio ABL de Cinema.

Antônio Prata (1977)

escritores brasileiros contemporâneos

Roteirista de novelas, contista, cronista, um pouco de tudo. Antônio Prata já conta com dez livros publicados, e faz parcerias com grandes nomes nacionais como Laerte e Jorge Furtado. É colunista da Folha de S. Paulo e foi selecionado pela revista Granta como um dos vinte melhores escritores nacionais com menos de 40 anos.

Os novos talentos da literatura nacional

Toda profissão tem aqueles talentos que não são tão conhecidos, mas merecem a atenção por terem produzidos coisas muito interessantes. Abaixo, listamos seis nomes de jovens escritores brasileiros que talvez você não conheça, mas deveria.

Ana Maria Gonçalves (1970)

escritores brasileiros contemporâneos

Mineira que lançou o seu primeiro livro em 2002 de forma independente, e possui textos publicados em antologias em Portugal e na Itália. Ganhou notoriedade com o seu segundo romance, Um Defeito de Cor, lançado em 2006, e que ganhou o Prêmio Casa de Las Américas como melhor romance do ano.

Veronica Stigger (1973)

escritores brasileiros contemporâneos

Nascida em Porto Alegre, foi depois que mudou-se para São Paulo que Verônica ganhou notoriedade na cena editorial. Seu primeiro romance, Opisanie swiata (2013) foi premiado três vezes, incluindo o Prêmio Machado de Assis (melhor romance) da Biblioteca Nacional.

Luisa Geisler (1991)

escritores brasileiros contemporâneos

Apenas três romances, muito pouca idade, mas um talento que foi reconhecido por críticos e vários nomes famosos do mercado editorial. Luísa ganhou o Prêmio Sesc de Literatura com o seu primeiro livro, Contos de Mentira (2010), tendo sido finalista também do Prêmio Jabuti. E em 2011 venceu novamente o Prêmio Sesc com seu segundo livro, Quicá.

Raphael Montes (1990)

escritores brasileiros contemporâneos

A literatura policial no Brasil ganhou uma cara novinha em 2012, quando Raphael lançou seu primeiro livro, Suicidas, e foi finalista dos prêmios Benvirá e Machado de Assis. Seu segundo romance, Dias Perfeitos, já ganhou tradução em catorze países, e o escritor carioca só ganha espaço com sua histórias que, segundo o global Aguinaldo Silva, merecem filme de Hollywood.

Daniel Galera (1979)

escritores brasileiros contemporâneos

Um gaúcho que começou divulgando seus escritos na internet e hoje já participa de importantes eventos com a FLIP, já foi finalista do Prêmio Jabuti e vencedor na categoria de Melhor Livro do Ano do Prêmio São Paulo de Literatura 2013 com seu romance Barba Ensopada de Sangue.

Ricardo Terto (1986)

escritores brasileiros contemporâneos

Falando sobre as suas vivências como garoto periférico, política, economia, publicidade e outros assunto, a página de Ricardo Terto é um sucesso no Facebook. Em 2017 o paulista lançou o seu primeiro livro, Marmitas Frias, onde reúne vários dos seus textos famosos da internet, e outros inéditos.

Você também pode gostar de: