Ana Maria Machado

Escritora brasileira

Biografia de Ana Maria Machado

Ana Maria Machado (1941) é escritora e jornalista brasileira. Autora de livros infantis foi a primeira desse gênero a fazer parte da Academia Brasileira de Letras. Foi eleita para a presidência da Academia para o biênio 2012/2013.

Infância e Formação

Ana Maria Machado nasceu em Santa Tereza, Rio de Janeiro, no dia 24 de dezembro de 1941. Filha de Mário de Sousa Martins, jornalista e político, e de Diná Almeida de Sousa Martins. Ana é irmã do jornalista Franklin Martins. Desde criança era apaixonada por histórias que ouvia de seus pais e de sua avó. Quando aprendeu a ler, antes dos cinco anos de idade, tornou-se uma leitora assídua.

Ana Maria Machado foi aluna do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e do MOMA de Nova Iorque. Iniciou sua carreira como pintora, participou de exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior. Em 1964 formou-se em Letras Neolatinas na Faculdade Nacional de Filosofia da Universidade do Brasil. Fez pós-graduação na Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Professora e Jornalista

Depois de formada, Ana Maria Machado passou a lecionar Literatura Brasileira e Teoria Literária na mesma universidade. Lecionou também na PUC-Rio, nos colégios Santo Inácio e Princesa Isabel e no Curso Alfa de preparação para o Instituto Rio Branco. Nessa época, recebeu a encomenda para escrever pequenas histórias para a revista infantil Recreio. Era o começo de sua carreira de escritora.

Durante a ditadura militar, Ana Maria Machado fez parte do movimento de resistência dos professores. Em 1969, depois do AI 5, acabou presa. Em janeiro de 1970 partiu para o exílio na Europa. Trabalhou como jornalista na revista Elle de Paris e no serviço Brasileiro da BBC de Londres. Lecionou Língua Portuguesa na Sorbonne. Nessa época, estudou na École Pratique des Hautes Études, quando defendeu sua tese de doutorado em Linguística e Semiologia sob a orientação de Roland Barthes.

Em 1972, Ana Maria Machado retornou ao país e como jornalista trabalhou no Correio da Manhã, no Globo e no Jornal do Brasil. Durante sete anos, entre 1973 e 1980, chefiou o setor de Jornalismo do Sistema Jornal do Brasil de Rádio. Nessa época, continuou escrevendo regularmente para a revista Recreio. Em 1976, publicou sua tese “Recado do Nome”, sobre a obra de Guimarães Rosa.

Primeiro Livro Infantil

Em 1977, Ana Maria Machado publicou seu primeiro livro infantil “Bento que Bento é o Frade” (nome da brincadeira também conhecida como Boca de Forno). Nesse mesmo ano, recebeu o Prêmio João de Barro com o livro “História Meio ao Contrário”. Com o sucesso das obras, não parou mais de escrever. Em 1979, junto com Maria Eugênia Silveira, abriu a primeira livraria infantil do Brasil, a “Malasartes”, que dirigiu durante 18 anos. Em 1980, deixou o jornalismo e resolveu se dedicar exclusivamente a seus livros.

Ana Maria Machado tem mais de cem livros publicados, entre eles nove romances, oito ensaios e especialmente literatura infantil e juvenil. São mais de 20 milhões de exemplares vendidos, publicados em vinte idiomas. Recebeu dezenas de prêmios, entre eles, 3 Jabutis, Machado de Assis e o Hans Christian Andersen. Em 2003, foi eleita para a cadeira nº. 1 da Academia Brasileira de Letras. Presidiu a Academia entre 2012 e 2013, sendo a primeira escritora de livros infantis a fazer parte da ABL.

Obras de Ana Maria Machado

  • Bento que Bento é o Frade (1977)
  • História Meio ao Contrário (1977)
  • Camilão, o Comilão (1977)
  • Raul da Ferrugem Azul (1979)
  • Bem do Seu Tamanho (1980)
  • Bisa Bia, Bisa Bel (1981)
  • Alice e Ulisses (romance, 1983)
  • A Jararaca, a Perereca e a Tiririca (1984)
  • Menina Bonita do Laço de Fita (1986)
  • Palavras, Palavrinhas e Palavrões (1986)
  • Cadê a Mala (1988)
  • Mico Maneco (1988)
  • Tropical Sol e Liberdade (romance, 1988)
  • Doroteia a Centopeia (1994)
  • O Mar Nunca Transborda (1995)
  • De Fora da Arca (1996)
  • O Domador de Monstros (1996)
  • Isso Ninguém Me Tira (1999)
  • A Audácia Dessa Mulher (romance, 1999)
  • Um Gato no Telhado (1999)
  • De Carta em Carta (2002)
  • Abrindo Caminho (2003)
  • Amigos Secretos (2004)
  • Cadê Meu Travesseiro (2004)
  • Procura-se Lobo (2005)
  • A Princesa Que Escolhia (2006)
  • Uma História de Páscoa (2010)

Estrelas (poesia infantil)

São cinco pontas 
Cinco destinos
areias tontas
de desatinos

Cinco sentidos 
Cinco caminhos 
Grãos tão moídos 
Mares moinhos 

Estrela guia
em pleno mar
outra Maria 
a me chamar.

Veja também as biografias de:
  • Ruth Rocha (1931) é uma importante escritora brasileira de literatura infanto...
  • Lygia Fagundes Telles (1923) é uma escritora brasileira. Romancista e contist...
  • Rachel de Queiroz (1910-2003) foi uma escritora brasileira. A primeira mulher...
  • Adélia Prado (1935) é uma escritora e poetisa brasileira. Recebeu da Câmara B...
  • Tatiana Belinky (1919-2013) foi uma escritora de literatura infanto-juvenil,...
  • Lygia Bojunga (1932) é uma escritora brasileira de literatura infanto-juvenil...
  • Eva Furnari (1948) é uma escritora de livros infantis e ilustradora brasileir...
  • Martha Medeiros (1961) é uma escritora, jornalista e cronista brasileira. É c...
  • Zélia Gattai (1916-2008) foi uma escritora brasileira. Começou a escrever com...
  • Carolina Maria de Jesus (1914-1977) foi um a escritora brasileira, considerad...

Última atualização: 05/09/2018