Jacques Bossuet

Teólogo francês

Biografia e Vida

Jacques Bossuet (1627-1704) foi bispo e teólogo francês, um dos maiores teóricos do absolutismo. Segundo ele, os reis recebiam poderes divinos para governar.

Jacques Bénigne Bossuet (1627-1704), conhecido como Jacques Bossuet, nasceu em Dijon, na França, no dia 27 de setembro de 1627. Filho de uma família de magistrados foi educado no colégio de jesuítas de Dijon. Com 15 anos iniciou o estudo de Teologia no College de Navarre. Foi ordenado padre em 1652, quando terminou o seu doutorado.

Famoso por suas pregações ao rei Luís XVI, foi designado para ser tutor do filho mais velho do rei Delfim. Foi nomeado conselheiro do rei depois de aprender o funcionamento da política junto à corte real. Foi designado bispo de Meaux e deixou a corte, mas continuou mantendo laços com o rei.

Embora fosse um religioso, Bossuet era um formulador de ideias favoráveis ao poder do rei, chegando a estabelecer em documento depois da assembleia do clero realizada entre os anos 1681 e 1682, em que o Papa só deveria ter poder em questões religiosas, devendo isentar-se do poder secular.

Em seu livro “Política Tirada das Santas Escrituras”, de 1708, Bossuet defendia o direito divino, legitimador do governo da realeza. Nessa situação, qualquer revolta seria considerada um crime, embora deixasse claro que o rei deveria sempre evitar o abuso de poder. Defendia o jansenismo - doutrina que pregava a salvação como privilégio de pessoas escolhidas por Deus.

Jacques Bossuet faleceu em Paris, França, no dia 12 de abril de 1704.

Biografias Relacionadas

Última atualização: 21/03/2016