Quino

Quadrinista argentino
Por Dilva Frazão
Biblioteconomista e professora

Biografia de Quino

Quino (1932-2020) é um cartunista e humorista argentino, autor das famosas tiras da personagem Mafalda, uma menina inteligente e contestadora que ganhou grande repercussão no cenário mundial.

Quino, apelido que recebeu Joaquim Salvador Lavado Tejón, nasceu em Mendoza, na Argentina, no dia 17 de julho de 1932. Desde pequeno recebeu o apelido de Quino para diferenciar do tio Joaquim.

Filho de imigrantes espanhóis ficou órfão de mãe e de pai. Com grande vocação para o desenho ao terminar a escola primária foi matriculado na Escola de Belas Artes de Mendoza. Em seguida, ingressou na Faculdade de Belas Artes, mas em 1949 resolveu abandonar o curso e se dedicar ao desenho de quadrinhos e de humor gráfico.

Depois de várias tentativas frustradas, só em 1954, Quino vendeu seu primeiro desenho para um jornal argentino. A contribuição regular só aconteceu depois de três anos. Em 1963 lançou seu primeiro livro humorístico, intitulado “Mundo Quino”.

Mafalda

Em 1964, Quino criou a personagem "Mafalda" para uma campanha publicitária mas que logo ganhou vida, encantou os leitores e se tornou sua personagem principal. Mafalda é uma menina contestadora e inteligente, inquieta e revolucionária, que se recusa a aceitar o mundo como ele é. 

quino - mafalda

Editada em tiras nos jornais, Mafalda deixou as fronteiras da Argentina e chegou à Espanha e a Portugal. Em 1973 entrou no Brasil, em plena época da ditadura militar, através da Revista Patota, da Editora Arte Nova.

Quino criou vários personagens, mas a que mais se destacou foi a Mafalda. Em 1973, Quino optou por descontinuar suas tirinhas da Mafalda, pois segundo ele, “a Mafalda virou um carimbo” e isso não lhe agradava.

Em 1976, Quino mudou-se para Milão, na Itália, e seu trabalho aos poucos foi conquistando o mundo. Em 1977, a pedido da UNICEF, as tirinhas da Mafalda ilustraram a Edição Internacional da Campanha Mundial de Declaração dos Direitos da Criança.

Em 1982, Quino foi eleito o “Desenhista do Ano”. Nesse mesmo ano, foram publicados no Brasil os três primeiros livros da Mafalda. O trabalho de Quino recebeu vários prêmios internacionais, entre eles, o “Prêmio das Astúrias de Comunicação e Humanidades”, na Espanha, em 2014.

Quino faleceu na Argentina, no dia 30 de setembro de 2020.

Dilva Frazão
É bacharel em Biblioteconomia pela UFPE e professora do ensino fundamental.
Veja também as biografias de:
  • Che Guevara (1928-1967) foi um e guerrilheiro argentino, um dos principais lí...
  • José de San Martín (1778-1850) foi um militar argentino, líder dos movimentos...
  • Jorge Luís Borges (1899-1986) foi um poeta, escritor e crítico literário arge...
  • Julio Cortázar (1914-1984) foi um escritor argentino, considerado o mestre do...
  • Lionel Messi (1987) é um jogador de futebol argentino, atacante do time catal...
  • Diego Maradona foi o maior jogador de futebol argentino e entrou para a histó...
  • Juan Manuel de Rosas (1793-1877) foi um político e militar argentino que impô...
  • Hector Babenco (1946-2016) foi um cineasta argentino e naturalizado brasileir...