Jorge Luís Borges

Escritor argentino

Biografia de Jorge Luís Borges

Jorge Luís Borges (1899-1986) foi um poeta, escritor e crítico literário argentino, considerado uma das maiores expressões literárias de seu país.

Jorge Francisco Isidoro Luís Borges nasceu em Buenos Aires, Argentina, no dia 24 de agosto de 1899. Por influência de sua avó materna, que era de origem inglesa, aprendeu inglês antes do espanhol. Com 7 anos de idade já mostrava que seria um escritor. Com 9 anos escreveu seu primeiro conto, “La Visera Fatal”, inspirado em um episódio da obra Dom Quixote.

Em 1914 mudou-se com a família para a Europa, instalando-se na Suíça.  Em 1919, se mudaram para Madrid, onde Borges concluiu seus estudos. Em 1921, de volta à Argentina, começou a publicar poemas de inspiração surrealista. Publicou seu primeiro livro de poemas, “Fervor de Buenos Aires” (1923). Em 1937 foi nomeado diretor da Biblioteca Nacional, onde trabalhou durante nove anos.

Em 1943, publicou uma das suas mais importantes obras: “O Aleph”, considerado pelo crítico Harold Bloom, como uma das maiores obras literárias do ocidente. Na obra, Borges sugere imagens e espelhos onde o real confundia-se com a realidade.

Com a chegada de Juan Domingo Perón, à presidência da Argentina, Luís Borges foi demitido da Biblioteca Nacional em 1946, sendo obrigado a sustentar-se com ajuda de amigos, que o indicaram para conferências e palestras.

Acometido por problemas nos olhos, foi aos poucos perdendo a visão. Quando estava totalmente cego contou com a ajuda de sua mãe para escrever seus livros. A doença fez com que vivesse em reclusão durante boa parte do fim de sua vida.

Como reconhecimento por seu trabalho, Borges recebeu inúmeros prêmios, entre eles, o Prêmio do Congresso Internacional de Editores, além de prêmios do governo da Itália, da França, da Inglaterra e da Espanha. Luís Borges casou-se aos 86 anos com sua secretária Maria Kodama

Jorge Luís Borges faleceu em Genebra, Suíça, no dia 14 de junho de 1986.

Obras de Jorge Luís Borges

  • Fervor de Buenos Aires (1923)
  • Luna de Enfrente (1925)
  • Inquisiciones (1925)
  • El Idioma dos Argentinos (1928)
  • Historia de la Eternidad (1936)
  • El Jardín de Senderos Que se Bifurcan (1941)
  • El Aleph (1949)
  • El Hacedor (1960)
  • Para Las Seis Cuerdas (1967)
  • Elogio de la Sombra (1969)
  • La Rosa Profunda (1975)
  • El Libro da Arena (1975)
  • História de la Noche (1976)
  • Los Conjurados (1985)
Veja também as biografias de:
  • Julio Cortázar (1914-1984) foi um escritor argentino, considerado o mestre do...
  • Che Guevara (1928-1967) foi um revolucionário e guerrilheiro argentino, um do...
  • Quino (1932) é um cartunista e humorista argentino, autor das famosas tiras d...
  • José de San Martín (1778-1850) foi um militar argentino, líder dos movimentos...
  • Lionel Messi (1987) é um jogador de futebol argentino, atacante do time catal...
  • Hector Babenco (1946-2016) foi um cineasta argentino e naturalizado brasileir...
  • Monteiro Lobato (1882-1948) foi escritor e editor brasileiro. "O Sítio do Pic...
  • Lima Barreto (1881-1922) foi um escritor e jornalista brasileiro. Produziu um...
  • Ariano Suassuna (1927 - 2014) foi um escritor brasileiro. O Auto da Compadeci...
  • Graciliano Ramos (1892-1953) foi um escritor brasileiro. O romance "Vidas Sec...

Última atualização: 24/10/2017