Stan Lee

Editor de quadrinhos

Biografia de Stan Lee

Stan Lee (1922-2013) foi um editor, roteirista e empresário norte-americano, um dos mais notáveis criadores de histórias em quadrinhos, sendo corresponsável por grandes super-heróis e vilões da Marvel Comics, como o Homem-Aranha, Thor, Hulk, X-Men, Pantera Negra, o Demolidor, Homem de Ferro e Quarteto Fantástico.

Stanley Martin Lieber, conhecido como Stan Lee, nasceu em Manhattan, Nova Iorque, Estados Unidos, no dia 28 de dezembro de 1922. Filho de judeus imigrados da Romênia começou a trabalhar cedo. Desde jovem gostava de escrever e na adolescência planejava começar um romance.

Primeiras Criações

Depois de se formar no colegial, com 16 anos, foi contratado pela editora Timely Comics, que pertencia a Martin Goodman, marido de sua prima Jean Goodman. Suas primeiras tarefas passaram longe da edição, pois era encarregado de varrer o chão e servir café.

A primeira oportunidade de Stan Lee de escrever uma história surgiu com o Capitão América, criado pelo trio Syd Shores, Joe Simon e Jack Kirby., que na época era o herói patriota, símbolo na luta contra os nazistas na II Guerra Mundial. Com o pseudônimo de Stan Lee, assinou o conto “Capitão América Desbarata a Vingança do Traidor”.

Em 1942, Lee foi contratado como editor e até a década de 50, criou várias séries em quadrinhos, entre elas: The Witness, The Destroyer, Jack Frost e Black Marvel. Em meados da década de 1950, a empresa passou a se chamar Atlas Comics.

Década de 60

Em 1961, a editora Atlas Comics, lançou a série “O Quarteto Fantástico”, criado por Stan Lee e Jack Kirby, que conta a história de quatro astronautas que ganham superpoderes após um incidente cósmico. A série revolucionou o mercado de quadrinhos e atraiu um público mais velho, transformando a então Marvel Comics uma das mais importantes editoras de quadrinhos dos Estados Unidos.

Em 1962, foi lançado “O Homem Aranha”, criado por Stan Lee e Steve Ditko, que conta a história de um adolescente que dividia suas aventuras com problemas no colégio e com as contas a pagar, já que não tinha um emprego fixo, mas que se tornou um dos heróis mais populares dos quadrinhos. “Ele é um dos heróis mais amados do mundo e consegue fazer todos os fãs felizes”, afirmava Lee.

Ao longo da década de 1960, em parceria com Jack Kirby e Steve Ditko, Lee criou outros personagens icônicos, uma galeria de heróis humanos, como “Hulk” (1962), “O Homem de Ferro” (1963) e “Os Vingadores” (1963). Ainda em 1963, lançou os X-Men, uma equipe de mutantes que eram marginalizados e hostilizados pelos humanos.

Os Quadrinhos para a TV e o Cinema

A Marvel continuou a prosperar e em 1972, Lee tornou-se diretor editorial. Em 1980, passou a dirigir a Marvel Productions, voltada para a produção de séries para a TV e de filmes para o cinema. Stan Lee transformou seus heróis dos quadrinhos em desenhos animados, que se tornaram cada vez mais campeões de audiência.

Em 1981, Lee foi para Los Angeles, com a tarefa de negociar contratos com produtoras de cinema. Durante alguns anos, enfrentou dificuldades para incluir os heróis da Marvel em Hollywood. Em 1998, com o sucesso de Blade, o Caçador de Vampiros, a Fox adquiriu os direitos  de X-Men, lançado em 2000 e Spide Men, lançado em 2002, e a Sony adquiriu o Homem-Aranha, lançado em 2005.

Outras criações de Lee que receberam tratamento especial de Hollywood foram Deredevil (2003), Hulk (2003) e Iron Men (2008). Lee frequentemente fazia aparições em papéis especiais nesses filmes. Em 2008, Lee foi premiado com a Medalha Nacional de Arte.

Vida Pessoal

Stan Lee foi casado com a modelo britânica Joan Boocock, entre 1947 e 2017. Juntos tiveram as filhas, Joan Celia Lee e Jan Lee. Stan Lee faleceu em Los Angeles, California, no dia 12 de novembro de 2018.

Última atualização: 03/01/2019

Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.