Maria Montessori

Pedagoga italiana

Biografia de Maria Montessori

Maria Montessori (1870-1952) foi uma pedagoga, pesquisadora e médica italiana, a criadora do “Método Montessori” que revolucionou o ensino na educação infantil.

Maria Montessori (1870-1952) nasceu em Chiaravalle, norte da Itália, no dia 31 de agosto de 1870. Em sua adolescência mostrou interesse por biologia e decidiu estudar medicina na Universidade de Roma, mesmo enfrentando a resistência do pai, que desejava que ela seguisse a carreira de professora. Na universidade, um dos problemas enfrentados pela aluna era na sessão de dissecação, quando precisava ficar sozinha, pois não podia executá-la junto com os homens.

Formada em 10 de julho de 1896, Maria Montessori se tornou uma das primeiras mulheres a concluir medicina em uma universidade na Itália. Fugindo do preconceito da sociedade da época, de uma mulher exercer a profissão, decidiu trabalhar na área da psiquiatria. Em diversas visitas a asilos, percebeu o tratamento desumano dado às crianças. Iniciou suas pesquisas sobre crianças portadoras de necessidades especiais e a partir do estudo da obra de Séguin, passou a criar materiais que mais tarde fariam parte de seu método.

Aos 28 anos, defendeu no Congresso Médico Nacional, em Turim, a tese de que a principal causa do atraso no aprendizado de crianças especiais era a ausência de materiais de estímulo para o desenvolvimento adequado. Buscando se especializar, formou-se em Pedagogia e envolveu-se com a Liga para a Educação de Crianças com Retardo, sendo nomeada codiretora de uma escola especializada. Nesse período, adaptou os materiais existentes e criou diversos outro, obtendo excelentes resultados.

Maria Montessori resolveu se dedicar integralmente à Educação. Em 1904, passou a lecionar na Escola de Pedagogia da Universidade de Roma, onde ficou até 1908. Em 1907, ainda lecionando, surgiu a oportunidade de trabalhar com crianças que não apresentavam nenhuma característica especial, quando foi convidada para criar uma escola para um conjunto habitacional popular que estava sendo construído no bairro de San Lorenzo. Associada ao governo de Roma construiu a “Casa dei Bambini” (Lar das Crianças), que se tornaria o palco da maior revolução educacional do mundo. As crianças do lar mostravam-se concentradas e tranquilas, e logo aprendiam a ler e escrever.

Em 1909, Maria Montessori escreveu “Pedagogia Científica”, que se eternizou com o título “Método Montessori”. Em 1912 foi para os Estados Unidos, para lecionar em Nova Iorque e em Los Angeles. Em 1916 esteve em Barcelona e em 1920 lecionou em Londres. Com o sucesso do “Método Montessori”, diversas “casas” foram ciadas na Itália. Em 1922 foi nomeada, pelo governo, a Inspetora Geral das Escolas da Itália.

Com a ascensão do regime fascista de Mussolini, várias escolas especializadas no Método Montessori foram fechadas, e em 1934 a educadora decidiu deixar seu país. Em 1936, trabalhando na Espanha, mais uma vez foi obrigada a fugir, quando explodiu a Guerra Civil Espanhola. Permaneceu na Holanda durante algum tempo, mas em 1939 foi para a Índia onde lecionou durante sete anos. Em 1946 voltou para seu país. Em 1947, com 76 anos, Maria Montessori falou para a UNESCO sobre “Educação e Paz”. Em 1949 recebeu a primeira das três indicações ao Prêmio Nobel da Paz. Com 81 anos participou do 9º Congresso Montessori Internacional.

Maria Montessori faleceu na cidade de Noordwijk, na Holanda, no dia 6 de maio de 1952.

Veja também as biografias de:
  • Sophia Loren (1934) é uma atriz italiana. Ganhou o Oscar de melhor atriz, com...
  • Gina Lollobrigida (1927) é uma atriz italiana. Atuou em diversos filmes na It...

Última atualização: 28/09/2016