Nadia Comaneci

Ginasta romena
Por Laura Aidar
Formada em Comunicação

Biografia de Nadia Comaneci

Nadia Comaneci é uma reconhecida ginasta romena que se destacou nos Jogos Olímpicos de Montreal em 1976. Na ocasião ela tinha 14 anos e alcançou a maior nota na prova de barras assimétricas, o famoso "10 perfeito".

A atleta ganhou fama internacional, se tornando um ícone da ginástica e referência no esporte para diversas meninas que vieram depois dela, que é considerada a maior ginasta de todos os tempos.

Formação e carreira

Nadia nasceu na Romênia, na cidade de Onesti em 12 de novembro de 1961. Desde criança foi muito ativa, gostando de subir em árvores e saltar. 

Iniciou os treinamentos na ginástica aos 6 anos sob a orientação do casal de instrutores Marta e Béla Károlyi, que descobriram seu talento ao observar as crianças brincando no pátio da escola.

Determinada e corajosa, Nadia logo se mostrou uma excelente ginasta, participando de torneios importantes tanto em seu país quanto fora dele.

Em 1971 representa a Romênia contra a Iugoslávia em seu primeiro campeonato internacional, vencendo na categoria individual e em equipe.

A garota segue se aprimorando e em 1975 disputa o Campeonato Europeu, na Noruega, tendo uma participação brilhante. Nesse ano também participa dos jogos pré-olímpicos.

Olimpíadas de Montreal de 1976

Foi em 1976 que Nadia Comaneci ganha a atenção de todo o mundo ao participar dos Jogos Olímpicos, realizados em Montreal no mês de julho.

Na época a adolescente tinha 14 anos e surpreendeu e encantou a todos ao realizar movimentos perfeitos e elaborados em várias categorias. Destacou-se nas barras assimétricas, onde alcançou a maior pontuação já concedida a um atleta. 

O placar naquela época não era idealizado para exibir o número 10, a maior nota, pois se entendia que tal feito era impossível. Assim, o placar mostrou os números 1.00, o que causou confusão em quem assistia no primeiro momento, mas depois ficou evidente que aquele era um feito inédito.

Assim, Nadia conquistou o "dez perfeito" e entrou para a história.

Olimpíadas de Moscou de 1980

Quatro anos depois, em 1980, Nadia competiu nas Olimpíadas sediadas em Moscou, na Rússia. Ela conseguiu duas medalhas de ouro, nas categorias solo e trave. Também levou para casa as medalhas de prata pelo desempenho na série em equipe e no individual.

Nadia Comaneci hoje

Nos anos 80 Nadia deixou as competições, encerrando a carreira em 1984. 

Em 1989 sai de seu país e muda-se primeiro para o Canadá e depois para os EUA. Lá se casa com o também ex-ginasta Bart Conner, em 1996, com quem tem o filho Dylan Paul Conner.

O casal mantém a academia de ginástica Bart Conner Gymnastics Academy, em Oklahoma. 

Ela também preside a Federação Romena de Ginástica e o Comitê Olímpico Romeno, integrando ainda a Fundação da Federação Internacional de Ginástica.

Laura Aidar
Formada em Comunicação pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) e em Fotografia pela Escola Panamericana de Arte e Design.
Veja também as biografias de:
  • Arthur Zanetti (1990) é um atleta brasileiro de ginástica artística. Foi meda...
  • Flávia Saraiva (1999) é uma ginasta brasileira. Com apenas 1,33m de altura, é...
  • Usain Bolt (1986) é um atleta jamaicano considerado o maior velocista de todo...
  • Mayra Cardi (1983) é uma atleta, nutricionista, apresentadora de TV e modelo...
  • Yane Marques (1984) é uma atleta brasileira de pentatlo moderno. Medalha de b...
  • Jennifer Suhr (1982) é uma atleta norte-americana de salto com vara. Vencedor...