Raquel Crasto

Educadora brasileira

Biografia de Raquel Crasto

Raquel Crasto (1919-2004) foi uma educadora brasileira, uma das fundadoras do “Instituto Capibaribe”, uma escola viva, onde a criança e o adolescente participam da realidade do seu meio geográfico e social e que, oferece um clima de espontaneidade e segurança.

Raquel Correia de Crasto nasceu em Vicência, Pernambuco, no dia 3 de outubro de 1919. Era filha de Manuel Joaquim Correia de Crasto e de Josefa da Silva Crasto.

Formação

Em 1937, Raquel Crasto ingressou na FAFIRE – instituição de ensino superior, localizada no Recife, onde cursou Pedagogia, especializando-se em “Orientação Educacional”.

Ainda estudante, participou da juventude Universitária Católica (JUC), movimento católico reconhecido pela hierarquia eclesiástica.

Atividades profissionais

Em 1942, Raquel Crasto foi selecionada entre as melhores alunas e nomeada “professora primária” pela Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco para lecionar na Escola Rural Alberto Torres, localizada no bairro de Tejipió, na cidade do Recife.

Em 1943, D. Raquel passou a trabalhar com crianças, na época, chamadas excepcionais, na Escola Aires Gama, atual Escola Especial Ulisses Pernambucano.

A educadora participou também da fundação do Instituto Domingos Sávio, escola para crianças e adolescentes com dificuldade auditiva.

Raquel Crasto passou a integrar primeira equipe de “Orientadores Educacionais” da rede oficial do Estado, atuando no Instituto de Educação de Pernambuco (IEP), onde permaneceu até sua aposentadoria.

Raquel Crasto participou do grupo que criou o Jardim da Infância do Colégio Arquidiocesano do Recife, onde mostrou suas ideias progressistas sobre educação de criança.

D. Raquel também fez parte da equipe fundadora da Escolinha de Arte do Recife.

Instituto Capibaribe

Em 1955, D. Raquel recebeu o convite do educador Paulo Freire para participar do grupo que criou o Instituto Capibaribe, a primeira escola do Recife considerada alternativa.

Além de Paulo Freire e Raquel Crasto, fizeram parte do grupo os educadores, Anita Paes Barreto e Lourdinha Paes Barreto, Elza Freire, Maria José Baltar, P. Daniel Lima, Itamar Vasconcelos, entre outros.

O Instituto Capibaribe foi criado dentro da filosofia cristã e, construída com base em uma escola renovada, onde a criança fosse sempre amada, compreendida e respeitada.

A Direção do Instituto Capibaribe foi entregue as mãos de D. Raquel que, com sua dedicação e idealismo, mostrou ser uma pessoa à frente de seu tempo.

Como diretora, Raquel Castro defendeu o princípio da educação integral, destacando o aspecto afetivo – emocional da criança, sob o lema da educadora francesa Pauline Kergomard:

“amar para compreender, compreender para educar”

O Instituto Capibaribe, aplicando o método indutivo-dedutivo, estimulava a autonomia do pensar do aluno, com o intuito de despertar o senso crítico e torná-los capazes de integrar conhecimento, pensamento e sentimento na resolução dos problemas.

Durante 40 anos, D. Raquel esteve à frente do Instituto Capibaribe, mas em 1955, por questão de saúde, deixou a direção, tornando-se “Diretora Emérita”.

Raquel Crasto faleceu no Recife, Pernambuco, no dia 15 de agosto de 2004, mas suas ideias e práticas pedagógicas permaneceram até os dias de hoje. No dia 3 de março de 2019, o Instituto Capibaribe completou 64 anos.

Veja também as biografias de:
  • Carolina Maria de Jesus (1914-1977) foi um a escritora brasileira, considerad...
  • Cecília Meireles (1901-1964) foi poetisa, professora, jornalista e pintora br...
  • Tarsila do Amaral (1886-1973) foi pintora e desenhista brasileira. O quadro "...
  • Ruth Rocha (1931) é uma importante escritora brasileira de literatura infanto...
  • Cora Coralina (1889-1985) foi uma poetisa e contista brasileira. Publicou seu...
  • Princesa Isabel (1846-1921) foi regente do Império no Brasil. Filha de D. Ped...
  • Ana Néri (1814-1880) foi a pioneira da enfermagem no Brasil. Prestou serviços...
  • Lygia Fagundes Telles (1923) é uma escritora brasileira. Romancista e contist...
  • Rachel de Queiroz (1910-2003) foi uma escritora brasileira. A primeira mulher...
  • Ana Maria Machado (1941) é escritora e jornalista brasileira. Autora de livro...

Última atualização: 21/08/2019

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.