Alexandre Orion

Artista visual brasileiro

Biografia de Alexandre Orion

Alexandre Orion (1978) é um artista visual, muralista e fotógrafo brasileiro. Autor dos projetos Metabiótica e Ossário.

Alexandre Orion (1978) nasceu em São Paulo, no dia 9 de agosto de 1978. Desde pequeno já desenhava e pintava. Segundo ele, sob a influência da cultura do skate e do hip hop, fez seus primeiros trabalhos nas paredes. Em seguida passou a fazer grafites nas ruas e em depois partiu para fazer tatuagens exclusivas, o que serviu de ponte para a ilustração.

Orion trabalhou na direção de arte de revistas, até que em 2002, abriu mão de tudo e retornou para as ruas, onde iniciou um projeto denominado “Metabiótica”, no qual ele escolhe um local da cidade, realiza uma pintura na parede e depois, com uma câmera preparada, aguarda o momento para registrar a interação das pessoas que vão se tornar personagens da fotografia, chegando ao resultado final do trabalho. A série, com quase 20 imagens foi exposta em vários países e virou livro.

Em 2004, Orion graduou-se em Artes Visuais na Faculdade Montessóri – Famec , em São Paulo. Em 2005, participou das mostras “Amalgames Brésilliens”, em Mantes-La-Jolie e “Reencontres Parallèles”, no Centre d’Art Contemporain de Bass-Normandie, em Hérouville Saint-Clair, na França.

Em 2006, Alexandre Orion iniciou uma intervenção urbana, nas paredes laterais do túnel Max Feffer, sob a Avenida Faria Lima em São Paulo, denominada Ossário. O projeto surgiu após ele descobrir que as paredes eram amarelas, mas estavam impregnadas de fuligem. Com o objetivo de despertar a atenção para a poluição que pinta de preto os túneis da cidade, e o descaso do poder público na manutenção do túnel, com a técnica que chamou de grafite reverso, usando apenas um pano úmido, desenhou imagens de caveiras humanas limpando a fuligem e exibindo as linhas de seu desenho.

A intervenção artística teve grande repercussão na mídia e nas redes sociais, mas não durou muito tempo. Após 17 madrugadas de trabalho, em 300 metros de túnel, a prefeitura resolveu lavar apenas as paredes ondes foram realizados os trabalhos. O artista resolveu reproduzir seu trabalho na exposição “Ossário”, no Centro Cultural Banco do Brasil, em São Paulo.

Segundo Alexandre Orion, a exposição foi documental, sem intenção de recriar nada. Nela foram expostas fotos, textos, e o vídeo que foi um dos mais vistos no YouTube por um bom tempo. O túnel foi reproduzido e pintado com carvão vegetal para que o artista criasse sua arte transmitindo a sensação do local onde o trabalho havia sido realizado.

Veja também as biografias de:
  • Antonio Nóbrega (1952) é um artista brasileiro. Músico, cantor, ator e divulg...
  • Vik Muniz (1961) é artista plástico brasileiro, fotógrafo e pintor, é conheci...
  • Mestre Vitalino (1909-1963) foi um artista popular brasileiro, considerado um...
  • Roberto Burle Marx (1909-1994) foi um artista plástico brasileiro. Autor de m...
  • Gustavo Rosa (1946-2013) foi um artista plástico brasileiro, conhecido por su...
  • Aldemir Martins (1922-2006) foi um artista plástico brasileiro, pintor ilustr...
  • Francisco Brennand (1927) é um artista plástico brasileiro. Ceramista e pinto...
  • Ernesto Neto (1964) é um artista plástico brasileiro. Escultor e cenógrafo, r...
  • Rubem Valentim (1922-1991) foi um artista plástico e professor brasileiro, co...
  • Juarez Machado (1941) é um pintor, escultor, desenhista, caricaturista, ilust...

Última atualização: 11/01/2017