Alexandre, o Grande

Rei da Macedônia

Biografia de Alexandre, o Grande:

Alexandre, o Grande (354-323 a.C.) foi rei da Macedônia, império que se estendeu desde o norte da Grécia até o Egito e o Extremo Oriente, tornando-se um dos mais poderosos impérios da antiguidade.

Alexandre, o Grande (354-323 a.C.) nasceu em Pela, capital da Macedônia, norte da atual Grécia, no ano 356 a.C. Filho de Filipe II, rei da Macedônia foi aluno dos melhores mestres da época. Com 13 anos teve como preceptor o filósofo grego Aristóteles. Com o assassinato de seu pai, em 336 a.C., Alexandre subiu ao trono da Macedônia. Assumiu o posto de chefe da “Liga de Corinto” (união de várias comunidades gregas), e de comandante do mais bem preparado exército da época. A expansão da Macedônia seria seu principal objetivo.

Alexandre, o Grande subiu ao trono com vinte anos e não hesitou em liquidar todos os que tramavam contra sua coroa. Algumas cidades gregas tinham se rebelado e tentavam desfazer a Liga de Corinto. Tebas era o centro da revolta, chegara mesmo a proclamar a independência da Grécia. A guerra foi declarada e Tebas foi arrasada. Só foi poupada a casa do dramaturgo Píndaro, como prova do respeito de Alexandre pelas artes.

A Liga de Corinto, atemorizada, concedeu a Alexandre, o Grandre, plenos poderes para comandar a guerra contra os persas. Em 334 a.C, Alexandre iniciou suas conquistas. Quando chegou à Ásia Menor, contava com nove mil lanceiros distribuídos em seis batalhões, formando as falanges - espinha dorsal do exército macedônico. Unidades de cavalaria, arqueiros, artilheiros e especialistas em escaramuças, completavam o grande exército do conquistador.

Em 332 a.C. ocupa o Egito, onde se fez tratar pelos sacerdotes como filho de Deus. Funda a cidade de “Alexandria” que se tornou o centro administrativo do império macedônico. Seguindo para o Oriente, foi aclamado "soberano da Ásia". Em 331 a.C. o rei Persa Dario III é derrotado e Alexandre entra na Babilônia. Por toda parte o Imperador ganhava confiança e o respeito dos povos vencidos.

Alexandre, o Grande, construiu um gigantesco império e irradiou a cultura grega até o Egito e o Extremo Oriente, momento em que a cultura helenística atingiu seu ponto máximo de expansão. Para unificar seu império, fundou várias cidades ao longo de suas conquistas e muitas delas receberam o nome de Alexandria.

Ao cruzar o deserto de Gedrósia, enfrentado escassez de suprimentos, tempestades e hostilidade das tribos conquistadas, rumores da insatisfação das tropas chegaram ao conhecimento de Alexandre. como consequência, Culpados e inocentes foram punidos. Alexandre dispunha de grande poder, mas quase não tinha amigos. Só confiava em sua mulher e no amigo Eféstio.

Em 327 a.C. Alexandre, o Grande, entra na Índia onde funda as colônias de Nicéia e Bucéfala. No caminho de volta, em 324 a. C. chega a Susa, onde toma duas novas esposas, Statira, filha de Dario III e Parisatis, uma jovem persa de nobreza local. Em 323 a.C., chega à Babilônia, onde contrai uma febre que, em dez dias lhe tira a vida.

Alexandre, o Grande faleceu na Babilônia, no ano de 323 a.C.

Última atualização do biografia de Alexandre, o Grande: 24/05/2016.
« Alexandre Dumas« Alexandre Herculano«Alexandre, o Grande»Alexis de Tocqueville »Alfredo Taunay »