Mestre Vitalino

Artista popular brasileiro
Por Dilva Frazão
Biblioteconomista e professora

Biografia de Mestre Vitalino

Mestre Vitalino (1909-1963) foi um artista popular brasileiro, considerado um dos maiores artistas da história da arte do barro no Brasil.

Vitalino Pereira dos Santos, conhecido como Mestre Vitalino, nasceu na cidade de Caruaru, Pernambuco, no dia 10 de julho de 1909. Era filho de um lavrador e de uma artesã que fazia panelas de barro para vender na feira.

Desde os seis anos, Vitalino já mostrava seu talento para a arte moldando pequenos animais com as sobras do barro do trabalho de sua mãe.

O barro, que mais tarde serviria de matéria-prima para sua arte, era retirado das margens do rio Ipojuca, local onde Vitalino brincava durante sua infância.

Vitalino foi responsável por uma arte simples que encantou o mundo e o tornou famoso. Arte que os especialistas decidiram batizar como arte figurativa.

O caminho para sair do anonimato foi longo. Do “Alto do Moura”, onde o artista vivia e contava com a ajuda dos filhos, produzia as peças para vender na feira de Caruaru.

Só a partir de 1947 que a vida de Mestre Vitalino começou a melhorar, depois do convite do artista plástico Augusto Rodrigues para apresentar suas peças na Exposição de Cerâmica Popular Pernambucana, no Rio de Janeiro.

Em janeiro de 1949, a fama do Mestre Vitalino foi se ampliando com uma exposição no MASP. Em 1955, fez parte de uma exposição de “Arte Primitiva e Moderna”, em Neuchâtel, na Suíça.

Nessa época, suas obras passaram a ser valorizadas no Sudeste, principalmente no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Mestre Vitalino deu vida ao barro em violeiros, bois, vacas, cangaceiros, ciranda, zabumba, cavalo-marinho, noivos, cavalos, Lampião e Maria Bonita, vaquejada, entre outros.

Sua produção artística passou a ser iconográfica, influenciando a formação de novas gerações de artistas, principalmente no Alto do Moura, em Caruaru.

Sua arte está exposta não só em grandes museus brasileiros, mas também no Museu de Arte Popular de Viena, na Áustria e no Museu do Louvre, em Paris.

No Brasil, grande parte de seu trabalho está nos museus Casa do Pontal e na Chácara do Céu, no Rio de Janeiro, no Acervo Museológico da Universidade Federal de Pernambuco, no Recife, e no Alto do Moura, em Caruaru, onde tudo começou

A casa onde o artista passou sua vida foi transformada em “Casa-Museu Mestre Vitalino” e seu entorno é hoje ocupado por oficinas de artesãos.

Mestre Vitalino faleceu em Caruaru, Pernambuco, no dia 20 de janeiro de 1963.

Dilva Frazão
É bacharel em Biblioteconomia pela UFPE e professora do ensino fundamental.
Veja também as biografias de:
  • Patativa do Assaré (1909-2002) foi um poeta e repentista brasileiro, um dos p...
  • Elisa Lucinda é uma multiartista brasileira. Atriz, cantora, escritora e poet...
  • Prince (1958-2016) foi um importante artista da música norte-americana. Atuou...
  • Antonio Nóbrega (1952) é um artista brasileiro. Músico, cantor, ator e divulg...
  • Tom Zé (1936) é um cantor, compositor, performer, arranjador e escritor brasi...
  • Vik Muniz (1961) é artista plástico brasileiro, fotógrafo e pintor, é conheci...
  • Gustavo Rosa (1946-2013) foi um artista plástico brasileiro, conhecido por su...
  • Hélio Oiticica (1937-1980) ) foi um artista plástico brasileiro. Pintor, escu...
  • Aldemir Martins (1922-2006) foi um artista plástico brasileiro, pintor ilustr...
  • Roberto Burle Marx (1909-1994) foi um artista plástico brasileiro. Autor de m...