Ayrton Senna

Piloto brasileiro de Fórmula 1

Biografia de Ayrton Senna

Ayrton Senna (1960-1994) foi um  piloto brasileiro de Fórmula 1. Ídolo do automobilismo conquistou três vezes o campeonato mundial, em 1988, 1990 e 1991. Morreu no auge da carreira, pilotando no circuito de Ímola, na Itália.

Ayrton Senna da Silva nasceu em São Paulo, no dia 21 de março de 1960. Filho de empresário do ramo metalúrgico, com quatro anos de idade ganhou seu primeiro kart. Com sete anos começou a treinar no kartódromo de Interlagos, em São Paulo.

Início da carreira

Ayrton Senna iniciou sua carreira automobilística com o patrocínio de seu pai. Conquistou diversos títulos correndo no Kart: foi campeão paulista na categoria júnior, campeão brasileiro e campeão sul-americano, além do vice-campeonato mundial em 1979 e 1980.

Em 1981 Senna ingressou na Fórmula Ford. Logo no primeiro ano foram 20 provas em três competições, conquistando 12 vitórias. Em 1982, já na Ford 2000 disputou os campeonatos britânicos e europeus, quando quebrou todos os recordes.

Nas seis primeiras corridas do ano conquistou a pole position, com vitórias de ponta a ponta e realizou a volta mais rápida dos circuitos. Os números finais impressionaram, foram 22 vitórias, 18 poles, as 22 voltas mais rápidas e 516 pontos conquistados em 28 provas.

Em 1983 Senna assinou com a F-3 inglesa tendo conquistado nove vitórias consecutivas, um recorde mundial.

Fórmula 1

Em 1984 Ayrton Senna ingressou na Fórmula 1, pela equipe Toleman e na segunda competição já conquistou seu primeiro ponto. No final da temporada, além de 13 pontos conquistados subiu três vezes no pódio.

O primeiro pódio de Ayrton Senna na F-1 foi conquistado no autódromo de Mônaco, quando conquistou o 2.º lugar, após largar na 14.ª colocação, em um dia de muita chuva.

O segundo pódio de Senna na F-1, foi no circuito de Brands Hatch, na Inglaterra quando conquistou o 3.º lugar.

O terceiro e último pódio de Senna na Toleman veio em Portugal, quando conquistou o terceiro lugar. A vitória ficou com Niki Lauda e a segunda foi conquistada por Prost.

Em 1985 Senna assinou com a equipe Lotus. Entre os anos de 1985 e 1987 participou de 48 grandes prêmios e venceu seis.

Tricampeão mundial

Em 1987 Ayrton Senna assinou com a McLaren-Honda. Em 1988 subiu ao pódio pela primeira vez, como campeão mundial de Fórmula 1, no GP de Suzuka no Japão, depois de uma disputa acirrada contra o companheiro Alain Prost.

Naquele ano, Senna conquistou 13 pole positions e venceu 8 das 16 provas do campeonato.

O bicampeonato mundial veio em 1990, também em Suzuka, no penúltimo GP da temporada, quando deu o troco no seu rival Alain Prost, que no ano anterior havia vencido o campeonato de forma pouco ética, quando nas voltas finais, Senna tentou ultrapassá-lo, mas houve o choque e os dois saírem da pista.

Em 1991, novamente em Suzuka, Ayrton Senna conquistou o tricampeonato mundial disputando o título da temporada com o inglês Nigel Mansell, da Williams, que abandonou o circuito na 10.ª volta com problema nos freios.

senna
Ayrton Senna - Tricampeão Mundial - GP do Japão - 1991

Equipe Williams

Em 1994, Ayrton Senna foi contratado pela equipe Williams. No dia 20 de janeiro fazia seu primeiro teste com o carro da equipe inglesa. A primeira corrida da temporada de 1994 foi em Interlagos, no Brasil, onde conquistou a pole position, mas rodou ao tentar perseguir Schumacher e abandonou a corrida.

A segunda prova foi no GP do Pacífico, no Japão e durou apenas poucos segundos para Senna, quando seu carro foi tocado por Mika Hakkinen, da McLaren, rodou e ainda foi atingido por Nicola Larini da Ferrari.

Morte de Ayrton Senna

No dia 1 de maio de 1994, na sétima volta do circuito de Ímola, na Itália, durante o Grande Prêmio de San Marino, o carro de Senna, voando a 300 km/h, chocou-se contra o muro de proteção na curva Tamburello, provocando a morte do piloto.

A morte de Ayrton Senna sensibilizou o país inteiro. No dia 4 de maio o caixão com seu corpo foi retirado de dentro do avião e coberto com uma bandeira do Brasil. Transportado em um carro do Corpo de Bombeiros foi levado do aeroporto para a Assembleia Legislativa, escoltado por quinze batedores, e acompanhado por milhares de pessoas, que prestaram a sua última homenagem ao ídolo.

Ayrton Senna foi enterrado no Cemitério do Morumby, em São Paulo, no dia 5 de maio de 1994.

Em 10 anos de Fórmula 1, Senna disputou 116 corridas, conquistou 65 pole positions e venceu 41 competições. Conquistou seis vezes o GP de Mônaco, sendo chamado "O Rei de Mônaco".

Veja também as biografias de:

Última atualização: 11/06/2019

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.