Olavo de Carvalho

Escritor brasileiro
Por Dilva Frazão
Biblioteconomista e professora

Biografia de Olavo de Carvalho

Olavo de Carvalho (1947-2022) foi um escritor e jornalista brasileiro. Era considerado um polemista e um dos poucos representantes do pensamento conservador no Brasil. Foi influenciador dos apoiadores de Jair Bolsonaro.

Olavo de Carvalho escreveu e editou o jornal online Mídia sem Máscara. Sua crítica focaliza-se no combate ao comunismo, ao meio intelectual brasileiro, aos grupos de esquerda e à chamada Nova Ordem Mundial.

Olavo Luiz Pimentel de Carvalho nasceu em Campinas, São Paulo, no dia 29 de abril de 1947. Começou a sua carreira como jornalista na Folha da Manhã e posteriormente trabalhou na revista Planeta. Foi articulista dos jornais Folha de São Paulo, O Globo e da revista Bravo.

Formação e ideias

Olavo de Carvalho chegou a estudar filosofia na PUC do Rio de Janeiro, mas não terminou o curso, que foi extinto, por conta da morte do professor e diretor do curso Pe. Stanislavs Ladusans.

Ainda assim, escreveu e apresentou dois trabalhos acadêmicos: "Estrutura e Sentido da Enciclopédia das Ciências Filosóficas de Mário Ferreira dos Santos" e "Leitura Analítica da Crise da Filosofia Ocidental' de Vladimir Soloviev".

Olavo de Carvalho optou, em contraponto às atividades jornalísticas, pelo estudo da filosofia de forma autodidata. Estudou bastante religiões comparadas, astrologia tradicional (atuou como astrólogo e criou uma leitura astrológica própria, a astrocaracterologia).

Em 1979, Olavo de Carvalho alugou um sobrado e fundou a “Escola de Astrologia Júpiter”, em parceria com Marylou Simonsen, filha de Mario Wallace Simonsen (um dos sócios da Panair). A escola durou até 1980, quando foram despejados por falta de pagamento do aluguel.

Católico na infância, frequentador das missas de domingo no Brás, converteu-se ao Islamismo em 1980.

Estudou as artes liberais, modelo de iniciação aos estudos superiores medievais. Assim que estava preparado, passou a elaborar apostilas e a atuar como professor em aulas particulares.

Uma das principais ideias de Olavo de Carvalho é a de que a consciência do indivíduo deve ser preservada do coletivismo representado pelo estado, pelas instituições e meios de comunicação ou quaisquer grupos de opinião. É declaradamente um pensador de ordem conservadora que combate a tirania das ditaduras e do comunismo.

Olavo de Carvalho vivia nos EUA, desde 2005, de onde escrevia para o Jornal impresso, Diário do Comércio e para o jornal online Mídia sem Máscara.

Desde 2009, Olavo escrevia ensaios e ministrava aulas de filosofia online, nas quais discorria sobre obras de filósofos como Aristóteles, Kant e Heidegger.

A obra filosófica ensaística de Carvalho foi elogiada por personalidades como Paulo Francis, José Sarney, Jorge Amado e João Ubaldo Ribeiro. Publicou cerca de 21 livros.

O guru

Olavo de Carvalho era considerado o ideólogo da nova direita e formou uma geração de conservadores no Brasil.

O pensamento de Olavo influenciou e criou uma massa de eleitores que acabou criando o núcleo da militância de Bolsonaro. Ficou conhecido como o “guru dos bolsonaristas” - movimento formado por alguns eleitores que davam sustentação popular ao governo de Jair Bolsonaro.

Sua influência no governo foi indireta, alunos e discípulos do guru foram nomeados para postos do primeiro escalão do Executivo e passaram a formar a “ala olavista” do governo. Entre eles os ex-ministros da Educação, Ricardo Vélez Rodrigues e Abraham Weintraub.

Intimação

Em agosto de 2021, Olavo foi intimado pela Polícia Federal para prestar depoimento no âmbito do inquérito das “Fake News”, que foi aberto em maio de 2019, por decisão do então presidente do STF, ministro Dias Toffoli, para apurar a existência de uma milícia digital dedicada a atacar a democracia e as instituições.

Porém, a defesa de Olavo informou à PF que Olavo estava internado para tratamento de saúde. Em novembro de 2021, Olavo recebeu nova intimação para depor no inquérito das “milícias digitais”, mas às vésperas do depoimento, Olavo deixou o hospital e viajou rapidamente para os EUA.

Doença e morte

Olavo estava no Brasil desde julho de 2021, período em que foi internado três vezes em razão de problemas de saúde. Logo que chegou a São Paulo, deu entrada no Instituto do coração do Hospital das Clínicas da USP para se tratar de dores no peito consequência de uma angina, além de fazer uma revisão de uma cirurgia na bexiga, realizada em maio nos EUA.

No dia 14 de agosto de 2021, retornou ao INCOR com insuficiência cardíaca, renal e infecção urinária. Devido ao quadro, passou por um cateterismo. Nesse mesmo mês, foi transferido para a clínica Saint Marie, instituição privada localizada na zona Sul de São Paulo. Estava em companhia de sua mulher e de um segurança 24h na porta de seu quarto.

Às vésperas de depor no inquérito das “Fake News”, Olavo deixou o Brasil e retornou aos EUA, onde mora com a mulher. Uma semana depois, gravou um vídeo em que contou: “Eu estava no hospital e me ofereceram um voo repentino para que pudesse voltar aos Estados Unidos”.

Olavo de Carvalho faleceu em um hospital na Virgínia, Estados Unidos, no dia 24 de janeiro de 2022, em consequência das complicações da saúde.

Obras de Olavo de Carvalho

  • Aristóteles em Nova Perspectiva: introdução à Teoria dos Quatro Discursos (1996)
  • O Imbecil Coletivo: Verdades Inculturais Brasileiras (1996) (best-seller que tinha como teor, a crítica aos intelectuais e formadores de opinião brasileiros) 
  • O Jardim das Aflições: De Epicuro à Ressurreição de César - Ensaio Sobre o Materialismo e a Religião Civil (2000) 
  • O Mínimo que Você Precisa Saber Para Não Ser um Idiota (2018).
Dilva Frazão
É bacharel em Biblioteconomia pela UFPE e professora do ensino fundamental.
Veja também as biografias de:
  • Monteiro Lobato (1882-1948) foi escritor e editor brasileiro. "O Sítio do Pic...
  • Ariano Suassuna (1927 - 2014) foi um escritor brasileiro. O Auto da Compadeci...
  • Graciliano Ramos (1892-1953) foi um escritor brasileiro. O romance "Vidas Sec...
  • Euclides da Cunha (1866-1909) foi um escritor brasileiro, autor da obra "Os S...
  • Jorge Amado (1912-2001) foi um escritor brasileiro. O romance "Gabriela Cravo...
  • Mário de Andrade (1893-1945) foi um escritor brasileiro. Publicou "Pauliceia...
  • Aluísio Azevedo (1875-1913) foi um escritor brasileiro. "O Mulato" foi o roma...
  • Oswald de Andrade (1890-1954) foi um escritor brasileiro. Fundou junto com Ta...
  • Luis Fernando Verissimo Luis Fernando Veríssimo (1936) é um escritor brasileiro. Famoso por suas crôn...
  • Érico Veríssimo (1905-1975) foi um escritor brasileiro. "Olhai os Lírio do Ca...