Rivaldo

Ex-jogador de futebol
Por Dilva Frazão

Biografia de Rivaldo

Rivaldo (1972) é um ex-jogador profissional de futebol que se destacou em diversos clubes, entre eles, Santa Cruz, Corinthians, Palmeiras, Barcelona e a Seleção Brasileira. Foi premiado como o Melhor Jogador do Mundo pela FIFA em 1999.

Rivaldo Vitor Borba Ferreira nasceu no bairro de Beberibe, Recife, Pernambuco, no dia 19 de abril de 1972. Estava com seis anos quando sua família mudou-se para o município de Paulista, na Região Metropolitana do Recife.

Jogava em um campinho de terra batida, já se destacava e sonhava em ser jogador profissional. Vendia coxinha na praia para ajudar nas despesas de sua família.

Santa Cruz

Com 12 anos Rivaldo iniciou sua carreira no time amador do Santa Cruz, no Recife. Participou de vários campeonatos de juniores sempre se destacando com boas jogadas.

No Campeonato Pernambucano de 1990, jogando no estádio do Arruda com o time reserva, o Santa Cruz perdeu por 1 a 0 para o América, mas esse jogo marcou a estreia do meia atacante Rivaldo na equipe profissional do time.

rivaldo

Em 1992, participou da Copa São Paulo de Futebol Juniores e logo despertou o interesse do Mogi Mirim, time do interior de São Paulo. Com Rivaldo, o time conquistou o "Campeonato Paulista da série A-2".

Corinthians

Em 1993, Rivaldo foi emprestado ao Corinthians. Teve excelente atuação no Campeonato Brasileiro marcando onze gols. Nesse mesmo ano conquistou a Bola de Prata da Revista Placar.

O Corinthians não comprou o jogador, que acabou sendo vendido ao Palmeiras, em 1994.

Palmeiras

Comprado pelo Palmeiras por 2,4 milhões de reais, ao Mogi, Rivaldo disputou o Campeonato Brasileiro. Na final contra o Corinthians, no primeiro jogo, Rivaldo marcou 2 gols na vitória de 3 a 1 e, no jogo da volta, fez o gol de empate de 1 a 1, conquistando o "Campeonato Brasileiro de 1994".

Rivaldo foi o vice-artilheiro do campeonato com 14 gols. Recebeu a "Bola de Prata" como um dos melhores meias. Ainda no Palmeiras, conquistou o Campeonato Paulista de 1996.

Desportivo La Coruña

Em 1997, Rivaldo foi comprado pelo La Coruña da Espanha. Na Espanha, Rivaldo marcou 21 gols, levando o time a conquistar o terceiro lugar no Campeonato Espanhol.

Rivaldo virou ídolo da torcida e foi eleito o "Melhor Jogador Estrangeiro da La Liga de 1997".

Barcelona

Em 1998, Rivaldo foi comprado pelo Barcelona. Logo que chegou, ajudou o Barcelona a conquistar o "Campeonato Espanhol" e a "Copa do Rei". Recebeu, mais uma vez, a "Bola de Prata".

rivaldo

Em 1999, ano do centenário do Barcelona, Rivaldo levou o time a conquistar o título de "Campeão Espanhol". Foi eleito o "Melhor Jogador do Mundo pela FIFA". Recebeu a "Bola de Ouro da Revista France Football".

Milan

Em 2002, Rivaldo foi vendido ao Milan, assinando um contrato de três anos. Chegando ao time italiano, conquistou a "Liga dos Campeões da UEFA" no mesmo ano. Em 2003 foi campeão da "Copa Itália" e da "Supercopa da Europa".

Mesmo tendo participado da conquista dos títulos, Rivaldo parecia não contar com a simpatia do técnico Carlo Ancelotti, pois estava sempre no banco.

Cruzeiro

Em 2004, Rivaldo resolveu voltar para o Brasil e foi negociado com o Cruzeiro e conquistou o "Campeonato Mineiro" no mesmo ano. Teve uma curta passagem no time, fez apenas dois gols em onze jogos.

Olympiakos

Em 2005, Rivaldo foi negociado com o Olympiakos. No time grego ele permaneceu por três anos e marcou gols memoráveis. Conquistou o "Campeonato Grego" por três anos consecutivos, 2005, 2006 e 2007, e a "Copa da Grécia" em 2005 e 2006.

Em 2007, Rivaldo foi para o AEK Atenas, onde jogou somente uma temporada sem conquistar nenhum título.

Bunyodkor

Em 2008, Rivaldo foi para o Bunyodkor do Uzbequistão, dando grande mobilidade ao time asiático, conquistando a "Copa do Uzbequistão" no mesmo ano, e os "Campeonatos Nacionais de 2008 e 2009".

São Paulo

Em 2008, Rivaldo foi eleito presidente do Mogi Mirim e anunciou que voltaria a jogar no clube paulista, mas recebeu uma excelente proposta do São Paulo.

Em janeiro de 2011, Rivaldo foi contratado pelo São Paulo para um período de um ano e logo na estreia fez o primeiro gol na vitória sobre o Linense. Ao terminar o contrato, insatisfeito com a diretoria, Rivaldo deixou o clube.

Kabuscorp

Em 2011, Rivaldo recebeu uma proposta do Kabuscorp, da Angola. Permaneceu no time por um ano e em janeiro de 2013 retornou para São Paulo e assinou com o São Caetano.

Em 2013, enfrentou o primeiro rebaixamento de sua carreira, quando o São Caetano caiu para a Série A-B do Campeonato Paulista. Após uma série de lesões, Rivaldo deixou o clube.

Mogi Mirim

Em 2014, apesar de ter anunciado o fim da carreira, aos 41 anos de idade, Rivaldo voltou atrás e resolveu ajudar o time do Mogi Mirim que estava na Série B do Brasileirão de 2015.

No dia 14 de julho de 2015, em sua segunda partida, o presidente e jogador Rivaldo, atuou ao lado do filho Rivaldo Jr, marcou um gol e viu seu filho marcar os outros dois na vitória de 3x1 sobre o time do Macaé.

Seleção Brasileira

Em 1993, Rivaldo foi convocado para um amistoso da Seleção Brasileira contra o México. Foi o autor do gol da vitória, porém não foi convocado para o campeonato mundial de 1994.

Em 1996 atuou no grupo que conquistou a medalha de bronze. Em 1997 foi convocado para disputar a Copa das Confederações e em 1998 foi convocado para a Copa do Mundo na França.

Rivaldo marcou três gols no campeonato, porém o Brasil não conseguiu evitar a derrota contra a França no final da competição.

Em 1999, Rivaldo conquistou a "Copa América", recebendo o prêmio de "Melhor Jogador da Competição".

Já em 1999, ganhou a "Copa América". Foi o artilheiro, ao lado de Ronaldo, com 5 gols. Foi premiado como "Melhor jogador da competição".

rivaldo

Convocado para a Copa do Mundo de 2002, realizada na Coreia do Sul e no Japão, Rivaldo fez uma atuação impecável, ao lado de Ronaldo, o que levou a conquistar o "pentacampeonato". Recebeu o prêmio de "Quinto Melhor Jogador do Mundo, pela FIFA".

Instituto Rivaldo

O ex-jogador Rivaldo criou o "Instituto Rivaldo", que atua em ações sociais no Brasil e na Angola, voltado para crianças em condições sociais vulneráveis e oferece educação e práticas esportivas.

Homenagem no Espaço Pernambuco

Em 2018, Rivaldo foi homenageado no Espaço Pernambuco Imortal, localizado na Arena de Pernambuco, onde destacados esportistas pernambucanos marcam suas mãos e pés em uma placa de cimento.

Última atualização: 27/08/2020

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.
Veja também as biografias de:
  • Zico (1953-) foi jogador de futebol. Faz parte do rol dos melhores jogadores...
  • Zinedine Zidane (1972) é um ex-jogador de futebol, o maior ídolo do futebol f...
  • Sócrates (jogador) Sócrates (1954-2011) foi um dos grandes craques do futebol brasileiro. Foi at...
  • Roberto Carlos (jogador) Roberto Carlos (1973) é um ex-jogador de futebol, um dos maiores laterais da...
  • Pelé (1940) é um ex-jogador brasileiro de futebol. Conhecido como o "Rei...
  • Neymar (1992) é um futebolista brasileiro, considerado um dos maiores da hist...
  • Cristiano Ronaldo (1985) é um do maiores jogadores portugueses de todos os te...
  • Lionel Messi (1987) é um jogador de futebol argentino, atacante do time catal...
  • Ronaldinho Gaúcho (1980) é jogador de futebol brasileiro, considerado um dos...
  • Garrincha (1933-1983) foi um futebolista brasileiro que marcou seu nome na hi...