Alfred Nobel

Criador do Prêmio Nobel

Biografia de Alfred Nobel

Alfred Nobel (1833-1896) foi o criador do Prêmio Nobel. Foi um químico e industrial sueco que dedicou toda sua vida à técnica dos explosivos. Inventou a dinamite, a gelatina explosiva e outros detonantes.

Alfred Bernhard Nobel nasceu em Estocolmo, Suécia, no dia 21 de outubro de 1833. Filho de um modesto agricultor fez seus primeiros estudos em Estocolmo e na cidade russa de São Petersburgo, onde o pai, um engenheiro militar, instalou uma fábrica de nitroglicerina.

Formação

Com 16 anos, Nobel já era um químico competente e falava inglês, francês, alemão, russo, além de sueco. Foi para a França onde completou sua especialização em química.

Foi mandado para os Estados Unidos, onde passou um ano trabalhando com Johan Ericsson, um engenheiro sueco.

Aperfeiçoamento da nitroglicerina

De volta a São Petersburgo trabalhou na empresa do pai, onde tentou aperfeiçoar a nitroglicerina líquida, inventada em 1846 pelo italiano Ascanio Sobrero.

Em 1859, depois da falência da fábrica do seu pai, Alfred Nobel e sua família voltam para a Suécia e junto com seu pai instala um laboratório de pesquisas na cidade de Helenborg, próximo a Estocolmo.

Trabalhando mais uma vez na fabricação de explosivos à base de nitroglicerina líquida, em pouco tempo, Alfred descobre a forma de fazer detonar essa substância, porém, uma explosão destruiu todo o laboratório e várias pessoas morreram, entre elas, seu irmão mais novo.

A dinamite

Proibido pelo governo de reconstruir a fábrica e estigmatizado como "cientista louco", em 1866, Nobel continuou a pesquisar a maneira de minimizar o risco de manusear a nitroglicerina, o que conseguiu ao misturá-la com um material inerte e absorvente que só explodia com um detonador especial.

Nobel inventou e aperfeiçoou a dinamite e o detonador, desenvolvendo um explosivo mais poderoso, a nitroglicerina gelatinizada.

O invento permitiu-lhe instalar novas fábricas. Em 1875 já era dono de centros produtores de dinamite em vários países da Europa e nos Estados Unidos. Continuando suas pesquisas inventou a balistite, uma pólvora, que logo foi usada em vários países para fins militares.

Prêmio Nobel

Nobel acumulou grande fortuna com suas fábricas. Solitário, sem filhos e abalado ao ver a utilização de seus inventos para fins bélicos, usou parte de sua fortuna para ajudar as organizações pacifistas.

Determinou que após sua morte, uma fundação patrocinasse anualmente, a entrega de cinco prêmios para quem se destacasse em física, química, medicina, literatura e outro para quem contribuísse de maneira notável para a paz mundial. Todos deveriam receber o Prêmio Nobel da Paz.

Alfred Bernhard Nobel morreu em San Remo, Itália, em 10 de dezembro de 1896. A Fundação Nobel foi criada no dia 29 de junho de 1900. Desde 1902 quatro prêmios são entregues pelo Rei da Suécia e o Nobel da Paz é entregue em Oslo, na Noruega.

Veja também as biografias de:
  • Viktor Frankl (1905) foi um renomado neuropsiquiatra austríaco que inventou a...

Última atualização: 23/09/2019

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.