Arnaldo Antunes

Compositor, músico, cantor, poeta e artista plástico
Doutora em Estudos da Cultura

Biografia de Arnaldo Antunes

Arnaldo Augusto Nora Antunes Filho, conhecido pelo grande público apenas como Arnaldo Antunes, atua há décadas como músico, compositor, poeta e artista plástico.

Seu reconhecimento nacional veio através da participação no trio Tribalistas, formado com Carlinhos Brown e Marisa Monte. 

Arnaldo Antunes nasceu em São Paulo (SP) no dia 2 de setembro de 1960.

Origem

Arnaldo Antunes é filho de Arnaldo Augusto Nora Antunes e Dora Leme Ferreira Antunes. O artista é o quarto filho dos sete que o casal teve. Os irmãos de Arnaldo são: Álvaro, Maria Augusta, José Leopoldo, Cira, Sandra e Maria Renata.

Criados na capital paulista, Arnaldo começou a explorar a sua veia artística no colégio Equipe, ao lado do amigo Paulo Miklos escrevendo poesia. Em 1973 principiou a rascunhar os seus primeiros poemas e desenhos.

Entusiasta de literatura, ingressou na Faculdade de Letras da USP. Em 1979 a família Antunes se mudou para o Rio de Janeiro e Arnaldo transferiu a sua graduação em Letras para a PUC-Rio.

Carreira musical

Junto com os amigos Paulo Miklos, José Roberto Aguilar e Go fundaram o grupo músico-teatral Aguilar e Banda Performática, que lançou um disco em 1982. 

Durante esse mesmo período, ao lado de amigos da escola, fundou a banda Titãs do Iê-Iê, onde atuou como compositor e vocalista. O grupo acabou ficando só com o primeiro nome e lançou o seu primeiro disco em 1984.

Titãs

A banda que divulgou seu primeiro trabalho em 1984 fez enorme sucesso e catapultou a imagem de Arnaldo Antunes para todo o país. As letras compostas por Arnaldo foram cantadas pela sua banda e também reinterpretadas por uma série de parceiros amigos. 

A primeira montagem do grupo tinha a seguinte formação: Arnaldo (vocal), Paulo Miklos (vocal e sax), Sérgio Britto (vocal e teclado), Branco Mello (vocal), Nando Reis (baixo e vocal), Ciro Pessoa (vocal), Marcelo Fromer e Tony Bellotto (guitarras) e André Jung (bateria).

Titas
Arnaldo Antunes fez parte da banda Titãs

O grupo continuou durante anos se apresentando em shows e lançando discos novos.

Em 1992 Arnaldo Antunes resolveu deixar os Titãs. A saída se deu de maneira amistosa e ele continuou compondo para o grupo. 

Tribalistas

Ao lado de Marisa Monte e Carlinhos Brown, Arnaldo inaugurou em 2002 o projeto Tribalistas.

Um sucesso de público e crítica, o trio lançou CDs e DVDs que alcançaram mais de um milhão e meio de cópias vendidas. Entre os sucessos do grupo estão Já sei namorar, Beija eu e Velha infância.

Com os Tribalistas, Arnaldo recebeu o Grammy Latino de Melhor Álbum Pop Contemporâneo Brasileiro em 2003.

Trilhas sonoras

Em paralelo com as gravações solo e com parceiros, Arnaldo também desenvolveu uma série de trilhas sonoras, a mais importante delas foi concebida especialmente para o Grupo Corpo. 

Em 2000 ele assinou a direção musical do espetáculo O Corpo, do conjunto de bailarinos contemporâneos.

Discos solo de Arnaldo Antunes

  • Nome (1993)
  • Ninguém (1995)
  • O Silêncio (1996)
  • Um Som (1998) 
  • Paradeiro (2001)
  • Saiba (2004)
  • Qualquer (2006)
  • Ao Vivo no Estúdio (2007) 
  • IêIêIê (2009)

Literatura

Sua primeira publicação foi ainda nos tempos da escola, quando escreveu a novela Camaleão, impressa na gráfica do colégio e distribuída entre os amigos.

Ao longo de todas essas décadas, em paralelo com a carreira musical, Arnaldo Antunes investiu no universo da literatura tendo nos anos 80 começado a editar revistas literárias e a publicar livros de poesia. 

No princípio, as suas publicações eram amadoras e artesanais, sendo divulgadas somente entre os amigos. Em 1983 começou a ser publicado por uma editora comercial, seu primeiro título foi Ou e.

Com a sua primeira mulher, Go, publicou uma série de livros artesanalmente (A flecha só tem uma chance, Deu na cabeça de alguém uma árvore, Um piano e muitas galinhas). 

Seu livro As coisas, lançado em 1993, recebeu o Prêmio Jabuti de Poesia.

Arnaldo Antunes se tornou um nome importante da poesia visual brasileira.

Vida pessoal

Foi casado com Go, sua primeira mulher, durante sete anos (1980-1987). Um ano após a separação, foi viver com Zaba Moreau, com quem tem quatro filhos (Rosa, Celeste, Brás e Tomé).

É um amante da música? Então não perca também os textos

Veja também as biografias de:
  • Ivan Lins (1945) é um conhecido cantor, compositor e músico brasileiro...
  • Aloísio Magalhães (1927-1982) foi um importante artista plástico, designer a...
  • Vik Muniz (1961) é artista plástico brasileiro, fotógrafo e pintor, é conheci...
  • Gustavo Rosa (1946-2013) foi um artista plástico brasileiro, conhecido por su...
  • Aldemir Martins (1922-2006) foi um artista plástico brasileiro, pintor ilustr...
  • Roberto Burle Marx (1909-1994) foi um artista plástico brasileiro. Autor de m...
  • Cildo Meireles (1948) é um artista plástico brasileiro, reconhecido como um d...
  • Hélio Oiticica (1937-1980) ) foi um artista plástico brasileiro, pintor, escu...
  • Ernesto Neto (1964) é um artista plástico brasileiro. Escultor e cenógrafo, r...
  • Rubem Valentim (1922-1991) foi um artista plástico e professor brasileiro, co...

Última atualização: 29/10/2019

Rebeca Fuks
Doutora em Estudos da Cultura
Formada em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2010), mestre em Literatura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2013) e doutora em Estudos de Cultura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e pela Universidade Católica Portuguesa de Lisboa (2018).