Ivan Lins

Compositor, cantor e músico brasileiro
Doutora em Estudos da Cultura

Biografia de Ivan Lins

Ivan Guimarães Lins atua há décadas como músico, compositor e cantor sendo um dos maiores nomes da música popular brasileira. 

Ivan Lins nasceu no Rio de Janeiro (RJ) no dia 16 de junho de 1945.

Origem

Ivan Lins é filho de um militar (Geraldo Lins) com uma dona de casa (Leia Guimarães Lins). Aos 12 anos começou a tocar trompete na banda do colégio onde estudava (o Colégio Millitar). 

Ivan foi criado na Tijuca, bairro tradicional do Rio de Janeiro, e se desenvolveu na música como autodidata. 

O rapaz fez graduação em Engenharia Química na UFRJ.

Ivan Lins jovem
Ivan Lins durante a juventude

Festival da Canção

A fama de Ivan Lins ganhou repercussão nacional a partir de 1968, quando compôs para o Primeiro Festival da Canção da TV Tupi. A música Até o Amanhecer (feita em parceria com Waldemar Correia) foi um sucesso durante aquele ano.

No ano a seguir, outra composição sua (Madalena) também fez sucesso na voz de Elis Regina.

Dois anos mais tarde, outra canção, classificada em segundo lugar, fez sucesso no festival: O amor é o meu país (criada em parceria com Ronaldo Monteiro de Souza).

 

Carreira musical

Agora (1971) foi o primeiro disco lançado por Ivan Lins que deu início a uma longa carreira. Logo a seguir, veio o LP Deixa o trem seguir

Em 1972 lançou o disco Quem sou eu?. Depois de uma trégua divulgou em 1974 o álbum Modo livre. Em 1975 foi a vez de Chama acesa. E assim Ivan seguiu compulsivamente produzindo, lançando uma série de discos e realizando turnês nacionais e internacionais.

Apesar de ser filho de militar, o artista compôs sobretudo contra a ditadura (canções que ficaram consagradas como Abre Alas, Desesperar Jamais, Aos Nossos Filhos e Somos Todos Iguais Nesta Noite e Começar de Novo). 

Ivan Lins
Ivan Lins

Carreira internacional

A convite do produtor americano Quincy Jones, em 1979 começa a ter a sua música levada para o exterior. Além de gravar nos Estados Unidos, Ivan faz uma série de turnês fora do país e vê as suas canções serem gravadas por grandes nomes como Barbra Streisand e Ella Fitzgerald. 

Em 1997 é indicado ao Grammy na categoria jazz latino com o disco The Heart Speaks. Em 2005 venceu o Grammy Latino em duas categorias (melhor álbum do ano e melhor álbum de música popular brasileira). 

Em 2009 recebe outro Grammy Latino na categoria melhor álbum de música popular brasileira com o disco Ivan Lins & The Metropole Orchestra.

Vida Pessoal

Ivan Lins foi casado com a atriz Lucinha Lins entre 1971 e 1982. O casal teve três filhos: Luciana Lins, Cláudio Lins e João Lins. 

Em 2002 contraiu o matrimônio com Valéria, com quem permanece casado até os dias de hoje. O casal vive em Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro. 

É um amante da música? Então não perca também os textos

Veja também as biografias de:
  • Arnaldo Antunes (1960) é um celebrado músico, cantor e artista plástico brasi...
  • José Barbosa da Silva (1888-1930) foi um músico e compositor brasileiro. Sinh...
  • Roberto Carlos (1941) é um cantor e compositor brasileiro. O Rei da música ro...
  • Dorival Caymmi (1914-2008) foi um cantor e compositor brasileiro, cantava os...
  • Cazuza (1958-1990) foi um cantor e compositor brasileiro, considerado um dos...
  • Gusttavo Lima (1989) é um cantor, compositor e multi-instrumentista brasileir...
  • Adoniran Barbosa (1910-1982) foi cantor e compositor brasileiro. Saudosa Malo...
  • Seu Jorge (1970) é um cantor, compositor, instrumentista e ator brasileiro...
  • Cartola (1908-1980) foi cantor e compositor brasileiro. "As Rosas Não Falam",...
  • Heitor dos Prazeres (1898-1966) foi um compositor, cantor e artista plástico...

Última atualização: 29/10/2019

Rebeca Fuks
Doutora em Estudos da Cultura
Formada em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2010), mestre em Literatura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2013) e doutora em Estudos de Cultura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e pela Universidade Católica Portuguesa de Lisboa (2018).