Jonathan Swift

Escritor irlandês

Biografia de Jonathan Swift

Jonathan Swift (1667-1745) foi um escritor, poeta, crítico literário e prosador satírico irlandês. É o autor de As Viagens de Gulliver – obra prima da literatura do século XVII, que mistura viagem aventura e ficção científica.

Jonathan Swift (1667-1745) nasceu em Dublin, Irlanda, no dia 30 de novembro de 1667. Filho de pais protestantes anglo-irlandeses ficou órfão de pai poucos meses antes de nascer. Sua mãe foi para a Inglaterra deixando o filho aos cuidados de seu tio Godwin. Com seis anos começou seus estudos no Kilkenny Grammar School.

Entre 1682 e 1686 foi aluno do Trinity College. Em 1688, com a morte de seu tio, transferiu-se para Leicester, passando a morar com sua mãe. Em 1689 tornou-se secretário do escritor e diplomata Sir William Temple, em Moor Park, Surrey. Nessa época conheceu Ester, uma menina de oito anos a quem ele chamava carinhosamente de Stella e lhe dedica belos poemas, e que segundo diziam era filha de Temple com uma ama da casa. Foi também nessa época que começou a sofrer da doença de Mémière, um distúrbio no ouvido interno que provoca tonturas e náuseas.

Em 1691, Jonathan Swift foi para Oxford e em 1693 concluiu o doutorado em Teologia pela Universidade de Oxford. Em 1695 foi ordenado sacerdote na Igreja da Irlanda, o ramo irlandês da Igreja Anglicana. Nesse mesmo ano voltou para Moor Park e retomou o cargo de secretário de Sir Temple. Em 1696 iniciou o que seria sua grande obra “O Conto do Tonel”, uma sátira em prosa onde critica os extremos religiosos do catolicismo e do Calvinismo. Em 1697 escreveu “A Batalha dos Livros”, uma sátira em prosa para defender uma obra de Temple que foi muito criticada. Com a defesa ironiza os conservadores e os liberais.

Em 1699, com a morte de Temple, passou por dificuldades financeiras. Voltou para a Irlanda como capelão e secretário do Conde de Berkeley. Em 1700 foi nomeado vigário de Laracor. Em 1701 publicou seu primeiro panfleto político onde toma partido pelos whigs (liberais), sente-se atraído pelo mundo da política.

Em 1704 Jonathan Swift consegue apoio de editores e publica “A Batalha dos Livros” e o “Conto de Tonel”. Em 1710 Swift se desentende com os liberais e alia-se aos conservadores. Trabalhou como editor do jornal The Examiner Tory. Entre 1710 e 1713 escreveu uma série de cartas para Ester, que foram publicadas como “O Diário de Stela”. Em 1713 foi nomeado decano da Catedral de St. Patrick, em Dublin. Estela vai juntar-se a ele.

Em 1720 começou a trabalhar em sua obra-prima “As Viagens de Gulliver”, uma sátira que mistura literatura de viagem, aventuras e ficção científica, que foi publicada em 1726 e tornou-se um dos clássicos da literatura infantil. Em 1728 Estela morre. Em 1729 publica anonimamente “Uma Modesta Proposta” uma sátira que critica a situação social da Irlanda, com a ideia de que os pobres daquele país vendessem seus filhos pequenos para as classes abastadas comerem. Em 1738 com o agravamento de sua doença, e com um quadro de demência foi considerado mentalmente incapaz.

Jonathan Swift faleceu em Dublin, Irlanda, no dia 19 de outubro de 1745. Foi sepultado na Catedral de St. Patrick.

Biografias Relacionadas

Última atualização: 08/12/2015