Robert Boyle

Físico e químico irlandês

Biografia de Robert Boyle

Robert Boyle (1627-1691) foi um físico e químico irlandês, considerado um dos fundadores da Química.

Robert Boyle (1627-1691) nasceu em Munster, na Irlanda, no dia 26 de janeiro de 1627. Era o décimo quarto filho do riquíssimo duque de Cork. Estudou latim, grego, hebraico e siríaco, o que lhe permitiu fazer extensos estudos da Bíblia nas línguas originais. Aos oito anos entrou para o Eton College, a maior e mais famosa das escolas preparatórias da Inglaterra. Com apenas 11 anos iniciou uma viagem pela Europa, um toque final para um aristocrata inglês. Com 14 anos visitou a Itália, onde recebeu influência de Galileu, decidindo dedicar sua vida à Ciência.

De volta à Inglaterra, entrou para Oxford, na época, o principal centro científico daquele país e o local onde se reunia um grupo de brilhantes sábios que se atribuíam coletivamente o nome de “Colégio Invisível”. Em 1660 o rei Carlos II concedeu a esses cientistas uma Carta, transformando o Colégio Invisível na Sociedade Real de Ciências da Inglaterra (Royal Society), àqueles alunos que se dedicavam à Ciência Experimental. "Só pela experiência e pela experimentação se poderia chegar à verdade".

Robert Boyle, cientista experimental, celebrizou-se como autor da “Lei de Boyle”, fórmula matemática que exprime como os gases se comportam sob pressão. A Lei de Boyle: “O volume de um gás é inversamente proporcional à pressão”, foi mais tarde complementada por outros cientistas, especialmente por Jacques Charles,que dizia: “desde que a temperatura se mantenha constante”. A descoberta foi feita experimentalmente e só mais tarde expressa por fórmula matemática.

Muitas das experiências e descobertas de Boyle acham-se descritas em cartas remetidas ao seu sobrinho, que se tornou duque de Cork. Essas cartas reúnem mais de cem páginas. Como outros grandes cientistas, Boyle interessava-se por muitos ramos da ciência. Investigou a velocidade do som, a estrutura dos cristais, as razões da cor, a eletricidade estática, entre outros.

Robert Boyle esteve a um passo de descobrir o oxigênio. Criara a bomba de vácuo, manual, e a usara para mostrar que um animal não pode viver em espaço privado de ar. Mostrou que o enxofre não queima se aquecido no vácuo. Deu uma definição muito próxima da teoria atual. Definiu o elemento como substância “incapaz de decomposição por qualquer meio conhecido”.

Robert Boyle nasceu numa época de superstições, de crenças e feitiçarias. Além de criticar as concepções dos “alquimistas”, negava qualquer explicação mágica para os fenômenos da natureza. Fez notável progresso na ciência e no método científico. Em 1661 publicou sua obra mais famosa “O Químico Cético”, que mudou a concepção desse campo de estudo.

Robert Boyle faleceu em Londres, Inglaterra, no dia 31 de dezembro de 1691.

Veja também as biografias de:
  • Michael Faraday (1791-1867) foi um físico e químico inglês. Foi o criador do...
  • Ernest Rutherford (1871-1937) foi um físico e químico neozelandês, que pesqui...
  • Dmitri Mendeleiev (1834-1907) foi um químico russo. Organizou sua Tabela Peri...
  • Linus Pauling (1901-1994) foi um químico norte americano. Recebeu o Prêmio No...
  • Leo Hendrik Baekeland (1863-1944) foi um químico industrial belgo-americano...
  • Oscar Wilde (1854-1900) foi um escritor irlandês, autor da obra “O Retrato de...
  • Jonathan Swift (1667-1745) foi um escritor, poeta, crítico literário e prosad...
  • James Joyce (1882-1941) foi um escritor irlandês. Autor de Ulisses, obra que...
  • Bram Stoker (1847-1912) foi um escritor irlandês, autor da obra mais famosa d...
  • George Bernard Shaw (1856-1950) foi dramaturgo e romancista irlandês. Pigmali...

Última atualização: 15/01/2018