Robert Boyle

Físico e químico irlandês

Biografia de Robert Boyle

Robert Boyle (1627-1691) foi um físico e químico irlandês, considerado um dos fundadores da Química. Celebrizou-se como autor da Lei de Boyle, fórmula matemática que exprime como os gass se comportam sob pressão.

Robert Boyle (1627-1691) nasceu em Munster, na Irlanda, no dia 26 de janeiro de 1627. Era o décimo quarto filho do riquíssimo duque de Cork. Aos oito anos entrou para o Eton College, a maior e mais famosa das escolas preparatórias da Inglaterra.

Dedicou-se ao estudo do latim, grego, hebraico e siríaco, o que lhe permitiu, mais tarde, fazer extensos estudos da Bíblia nas línguas originais.

Com apenas 11 anos iniciou uma viagem pela Europa, um toque final para um aristocrata inglês. Com 14 anos visitou a Itália, onde recebeu influência de Galileu, decidindo dedicar sua vida à Ciência.

Formação

De volta à Inglaterra, entrou para Oxford, na época, o principal centro científico daquele país e o local onde se reunia um grupo de brilhantes sábios que se atribuíam coletivamente o nome de “Colégio Invisível”.

Em 1660 o rei Carlos II concedeu a esses cientistas uma Carta, transformando o Colégio Invisível na Sociedade Real de Ciências da Inglaterra (Royal Society), àqueles alunos que se dedicavam à Ciência Experimental. "Só pela experiência e pela experimentação se poderia chegar à verdade".

Descobertas

Robert Boyle, cientista experimental, celebrizou-se como autor da “Lei de Boyle”, fórmula matemática que exprime como os gases se comportam sob pressão:

“O volume de um gás é inversamente proporcional à pressão”.

A Lei de Boyle foi mais tarde complementada por outros cientistas, especialmente pelo abade francês Edme Marriotte, que deu maior precisão a essa lei complementando: “desde que a temperatura se mantenha constante”.

A descoberta foi feita experimentalmente e só mais tarde expressa por fórmula matemática.

Muitas das experiências e descobertas de Boyle acham-se descritas em cartas remetidas ao seu sobrinho, que se tornou duque de Cork. Essas cartas reúnem mais de cem páginas.

Como outros grandes cientistas, Boyle interessava-se por muitos ramos da ciência. Investigou a velocidade do som, a estrutura dos cristais, as razões da cor e a eletricidade estática.

Robert Boyle esteve a um passo de descobrir o oxigênio. Criara a bomba de vácuo, manual, e a usara para mostrar que um animal não pode viver em espaço privado de ar.

Mostrou que o enxofre não queima se aquecido no vácuo. Deu uma definição muito próxima da teoria atual. Definiu o elemento como substância “incapaz de decomposição por qualquer meio conhecido”.

O Químico Cético

Robert Boyle nasceu numa época de superstições, de crenças e feitiçarias. Além de criticar as concepções dos “alquimistas”, negava qualquer explicação mágica para os fenômenos da natureza.

Fez notável progresso na ciência e no método científico. Em 1661 publicou sua obra mais famosa “O Químico Cético”, um dos primeiros textos científicos em que a química se diferencia da alquimia e da medicina.

Nela Boyle atacou a teoria aristotélica dos quatro elementos (terra, ar, fogo e água) e também os três princípios (sal, enxofre e mercúrio) propostos por Paracelso.

Difusão da fé cristã

Os múltiplos interesses intelectuais de Boyle levaram-no a instalar uma gráfica em que imprimiu diversas publicações da Bíblia. Durante alguns anos dirigiu a Companhia das Índias Ocidentais. Dedicou seus últimos anos a difundir a religião.

Robert Boyle e Isaac Newton

Robert Boyle era uma pessoa generosa e passou para a história por ter descoberto a Lei de Boyle, mas também realizou outro feito: foi o mecenas que pagou os custos da publicação do “Principia” (1687) de Newton.

Robert Boyle faleceu em Londres, Inglaterra, no dia 31 de dezembro de 1691.

Veja também as biografias de:
  • Michael Faraday (1791-1867) foi um físico e químico inglês. Em 29 de agosto d...
  • Ernest Rutherford (1871-1937) foi um físico e químico neozelandês, que pesqui...
  • Dmitri Mendeleev (1834-1907) foi um químico russo. Organizou sua Tabela Perió...
  • Linus Pauling (1901-1994) foi um químico norte americano. Recebeu o Prêmio No...
  • Leo Hendrik Baekeland (1863-1944) foi um químico industrial belgo-americano...
  • Oscar Wilde (1854-1900) foi um escritor irlandês, autor da obra “O Retrato de...
  • Jonathan Swift (1667-1745) foi um escritor, poeta, crítico literário e prosad...
  • James Joyce (1882-1941) foi um escritor irlandês. Autor de Ulisses, obra que...
  • Bram Stoker (1847-1912) foi um escritor irlandês, autor da obra mais famosa d...
  • George Bernard Shaw (1856-1950) foi dramaturgo e romancista irlandês. Pigmali...

Última atualização: 25/07/2019

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.