Dmitri Mendeleiev

Químico russo

Biografia de Dmitri Mendeleiev

Dmitri Mendeleiev (1834-1907) foi um químico russo. Organizou sua Tabela Periódica de Elementos Químicos, segundo a ordem de seus pesos atômicos. Escreveu um Manual de Química Orgânica.

Dmitri Mendeleiev nasceu em Tobolsk, na região leste da Sibéria, no dia 8 de fevereiro de 1834. Seu pai era diretor da escola local. Em 1787, seu avô inaugurou na cidade a primeira máquina impressora e fundou o primeiro jornal.

A família de sua mãe instalou a primeira fábrica de vidro da Sibéria. Dmitri era o filho caçula, seu pai ficou cego pouco depois de seu nascimento, tendo que abandonar o emprego. A mãe reabriu a abandonada fábrica de vidros da família.

Formação

Dmitri estava com dezessete anos quando um incêndio destruiu a fábrica. A mãe resolve mudar-se para Moscou, onde o filho muito estudioso poderia entrar para a universidade, mas sabendo apenas o dialeto da Sibéria não atendia os requisitos da matricula.

Seguiram para São Petersburgo onde Dmitri aprendeu russo, especializou-se em Matemática, Física, Literatura e Línguas estrangeiras. Em 1855, forma-se professor e ganha medalha de ouro por seu desempenho acadêmico. Em 1857, gradua-se em Química.

Em 1859, ganhou do governo russo, uma bolsa para estudar na França com Henri Reynault, químico experimental. Em 1860, na Universidade de Heidelberg, na Alemanha, Dimitri monta seu próprio laboratório.

Estudou com Robert Bunsen autor do bico de Bunsen, conhecido em todos os laboratórios e com Gustav Kirchhof, que juntos estavam criando o espectroscópio.

Tabela Periódica

Em 1861, Mendeleive voltou para São Petersburgo, onde escreveu um Manuel de Química Orgânica em sessenta dias. Obteve o doutorado de Química com um tratado sobre “A União do Álcool a Água”.

Em 1865, quando tinha apenas 31 anos, tornou-se professor pleno da Universidade de São Petersburgo. Suas aulas estavam sempre repletas de alunos.

Em 1869, após estudar os diversos dados químicos. Mendeleiev passou a delinear a "tabela dos elementos".

Conheciam-se naquela época sessenta e três elementos químicos que apresentavam propriedades físicas diferentes: alguns eram leves, alguns pesados, alguns eram líquidos em condições normais e sólidos em outras situações.

Outros elementos eram normalmente líquidos e excepcionalmente sólidos. Alguns eram gases leves, outros gases pesados. Alguns eram tão ativos que se tornavam perigosos manuseá-los sem proteção, outros permaneciam inalterados durante anos.

Dmitri Mendeleiev estava em busca de um sistema que relacionasse harmoniosamente os elementos entre si. Dispôs todos eles segundo a ordem crescente dos pesos atômicos, começando pelo hidrogênio e terminando no urânio.

Descobriu Mendeleiev que, dispondo os elementos em sete grupos segundo suas propriedades físicas e químicas surgia uma notável ordem. As mesmas propriedades repetiam-se de sete em sete elementos.

A "tabela periódica" podia então ser usada para fazer previsões a respeito do comportamento químico dos elementos pela simples observação do lugar ocupado pelos elementos no esquema.

Podia ele usar a tabela periódica para prever como seriam os elementos que faltava descobrir. Previu os pesos atômicos e outras propriedades químicas de diversos dos elementos que faltavam.

Os elementos, silício, gálio, germânio e escandido, foram encontrados depois, e com propriedades que Mendeleiev previra. Desde então, a tabela tem sido revista.

Os elementos passaram a ser dispostos segundo a ordem dos números atômicos, ou seja, segundo o número de prótons existentes no átomo de elemento. Com algumas exceções, os números atômicos seguem a mesma ordem dos pesos atômicos.

Dmitri Mendeleiev faleceu em decorrência de uma pneumonia, em São Petersburgo​​​​​​​, na Rússia, no dia 2 de fevereiro de 1907.

Última atualização: 13/01/2020

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.
Veja também as biografias de:
  • Michael Faraday (1791-1867) foi um físico e químico inglês. Em 29 de agosto d...
  • Robert Boyle (1627-1691) foi um físico e químico irlandês, considerado um dos...
  • Linus Pauling (1901-1994) foi um químico norte americano. Recebeu o Prêmio No...
  • Leo Hendrik Baekeland (1863-1944) foi um químico industrial belgo-americano...
  • Ernest Rutherford (1871-1937) foi um físico e químico neozelandês, que pesqui...
  • Wassily Kandinsky (1866-1944) foi um pintor russo, um dos maiores do século X...
  • Lenin (1870-1924), foi um político revolucionário russo, principal líder da R...
  • Nicolau II (1868-1918) foi o último czar russo, da longa dinastia dos Romanov...
  • Tchaikovsky (1840-1893) foi um músico russo. O Lago dos Cisnes, seu primeiro...
  • Leon Tolstói (1828-1910) foi um escritor russo, autor de “Guerra e Paz", obra...