Miguel Falabella

Ator, diretor e escritor brasileiro
Doutora em Estudos da Cultura

Biografia de Miguel Falabella

Miguel Falabella de Souza Aguiar, que adotou como nome artístico apenas Miguel Falabella, é um dos grandes nomes das artes cênicas brasileira. Reconhecido, ele atua há algumas décadas no teatro e na televisão como ator, diretor e dramaturgo.

Miguel Falabella nasceu no Rio de Janeiro no dia 10 de outubro de 1956.

Infância

O pequeno Miguel Falabella nasceu em São Cristóvão (zona norte do Rio de Janeiro). O pai é arquiteto e a mãe é professora universitária de francês e literatura francesa. 

Apesar de ter nascido em São Cristóvão, Miguel Falabella foi criado na Ilha do Governador, foi lá que morou até completar 17 anos.

Início da carreira

Miguel Falabella fez suas primeiras aulas de teatro durante a adolescência no colégio. Depois passou a cursar aulas regulares no Teatro Tablado.

Estreou aos 18 anos com a peça O Dragão, de Eugène Schwarz. Em paralelo com o teatro, cursou Letras na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). 

Aos 20 anos, organizou um grupo de teatro com Maria Padilha, Daniel Dantas, Rosane Gofman, Fábio Junqueira, Zezé Polessa e Paulo Reis. Foi ao lado dessa turma que desempenhou o seu primeiro papel profissional na peça O Despertar da Primavera, de Frank Wedekind, em 1979.

Logo a seguir, Miguel decidiu passar uma temporada na França, onde fez uma série de cursos livres.

Regresso ao Brasil

Quando voltou ao país, atuou no filme O Sonho Não Acabou (1982), de Sérgio Rezende, essa foi a sua estreia no cinema.

Atuou também na peça A Tempestade, de Shakespeare.

Se tornou professor de teatro (1978 a 1985) da escola onde estudou (Colégio Andrews, situado na zona sul do Rio de Janeiro) e lecionou para Luciana Braga, Eduardo Galvão e Tereza Seiblitz.

A consolidação da carreira

Na televisão seu pontapé inicial foi interpretando o galã romântico do Caso Verdade (1982).

Na sua primeira novela, Sol de Verão, viveu o personagem Romeu.

Falabella encarnou também o personagem Renato em Amor com Amor se Paga (1984)

A estreia na função de diretor da novela Sassaricando, de Silvio de Abreu, aconteceu em 1987.

Cada vez mais requisitado, Falabella segue atuando e dirigindo trabalhos na televisão e no teatro até os dias de hoje.

Vídeo Show

Miguel Falabella foi apresentador durante 15 anos do Vídeo Show, programa da tarde da Globo (1987-2001). Sobre essa fase da vida comentou:

O Vídeo Show foi muito determinante na minha carreira, porque me deu intimidade com o público. Eu não era personagem, eu era o Falabella, conversava com as pessoas, me deu uma marca muito pessoal com o público. 

Miguel Falabella no Video Show
Miguel Falabella no Vídeo Show

Sai de Baixo

O programa de humor que ficou no ar até 2001 foi um sucesso de público e crítica e misturava teatro e televisão.

O primeiro episódio foi ao ar em 1996. Na série, Falabella deu corpo ao personagem Caco Antibes, o "louro nórdico, alto, de olhos azuis”. Sua frase "cala a boca, Magda" (vivida por Marisa Orth) ficou conhecida nacionalmente. 

Em 2013, Sai de Baixo ganhou uma temporada especial produzida pelo canal Viva.

Relembre uma cena da série:

Autor

Miguel Falabella começou a carreira na escrita ao redigir alguns esquetes pontuais para o programa de humor TV Pirata (1988).

A sua primeira novela foi Salsa e Merengue (1996), escrita em coautoria com Maria Carmem Barbosa. Depois veio A Lua Me Disse (2005) e novela Aquele Beijo (2011).

Em outros dois trabalhos, Falabella também redigiu e atuou: Toma Lá Dá Cá (2006) e Pé Na Cova (2013).

Durante a década de 90, Miguel Falabella assinou no jornal O Globo a coluna semanal Um Coração Urbano. Ele também teve uma coluna regular no jornal O Dia.

Em relação aos livros literários, lançou a coletânea de crônicas Pequenas Alegrias (1993), a coletânea de peças Querido Mundo e Outras Peças (2004) e, em 2011, publicou Vivendo em Voz Alta.

Capa do livro Vivendo em Voz Alta
Capa do livro Vivendo em Voz Alta

Vida pessoal

Miguel Falabella foi casado com Zaira Zambelli de 1985 a 1988.

Última atualização: 03/01/2020

Rebeca Fuks
Doutora em Estudos da Cultura
Formada em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2010), mestre em Literatura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2013) e doutora em Estudos de Cultura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e pela Universidade Católica Portuguesa de Lisboa (2018).
Veja também as biografias de:
  • José Wilker (1947-2014) foi um ator, crítico de cinema e diretor brasileiro...
  • Wolf Maya (1953) é um ator e também diretor de televisão brasileiro. Foi o cr...
  • Luiz Carlos Miele (1938-2015) foi um produtor de shows, ator e diretor brasil...
  • Clint Eastwood (1930) é um ator, produtor e premiado diretor norte-americano,...
  • Sylvester Stallone (1946) é um famoso ator, roteirista e diretor norte-americ...
  • Carlos Saldanha (1965) é um diretor cinematográfico brasileiro, um dos maiore...
  • Flávio Rangel (1934-1988) foi diretor teatral. Um dos maiores nomes do teatro...
  • Gerald Thomas (1954) é um dramaturgo e diretor teatral brasileiro. Ficou conh...
  • Steven Spielberg (1946) é um diretor, produtor e roteirista cinematográfico n...
  • Arthur Aguiar (1989) é ator, cantor, compositor e músico brasileiro. Interpre...