Morihei Ueshiba

Mestre de artes marciais
Por Dilva Frazão

Biografia de Morihei Ueshiba

Morihei Ueshiba (1883-1969) foi um mestre de artes marciais do Japão, fundador do Aikido (arte da paz). Foi considerado um dos melhores mestres da história das artes marciais.

Morihei Ueshiba nasceu em Tanabe, Wakayama, Japão, no dia 14 de dezembro de 1883. Filho de um próspero fazendeiro e integrante do conselho municipal desde pequeno praticava exercícios físicos.

Formação

Com 17 anos, teve seu primeiro contato com a escola de artes maciais de Tenjin Shinyo-Ryu Jujutsu. Em 1901, terminado seus estudos secundários, abriu uma papelaria em Almacén, em Tóquio, mas adoeceu e o negócio não prosperou.

Em 1903, Ueshiba casou-se e logo depois se alistou no Exército Imperial do Japão para lutar na Guerra Russo-japonesa.

De volta a Tanabe ele conheceu Sokaku Takeda, mestre de aikijujutsu, do estilo Daito-ryu, tornando-se um de seus melhores alunos.

Também estudou com Nakai Masakatsu com quem aprendeu os princípios do Yagyu-Ryu, e recebeu o título de instrutor de artes marciais em 1908, o que lhe permitiu abrir sua primeira academia.

Em 1912, reuniu várias pessoas, entre camponeses e militares e seguiu para a ilha de Hokkaido, onde fundou o povoado de Shirataki, onde a prefeitura da região acolhia a todos que desejassem trabalhar na terra.

Durante sete anos exerceu a chefia da nova colônia, cultivava a terra, servia no conselho municipal e contribuiu para o desenvolvimento da região.

Em 1915, se encontrou com o mestre Sokaku Takeda que o admitiu como seu discípulo e lhe instruiu na arte da espada. Em 1920, com a morte de seu pai, regressou para Tanabe.

Logo depois foi para Ayabe, onde conheceu Onisaburo Deguchi, líder da seita religiosa “Omoto-kyo”, derivada do Shinto, onde encontrou consolo nos ensinamentos da meditação. Decidiu fixar residência e instalar uma escola em sua casa onde ensinou Daito-ryu Aikijujutsu.

Em 1924, Onisaburo Deguchi convidou Ueshiba para irem à Mongólia estabelecerem um novo ponto de difusão da religião. Seguram para a Mongólia, mas encontraram uma região violenta e acabaram presos.

Após cinco meses de negociações, foram libertados pelo consulado japonês. Retornou para Ayabe e dedicou-se à meditação e ao estudo do Budo.

Oito anos passados nas montanhas de Ayabe foram decisivos para seu amadurecimento espiritual. Estudou filosofia Xintoísta e dominava o conceito de Koto-Tama (similar aos mantras).

Arte marcial Aikido

Em 1925 foi desafiado por um oficial armado com um sabre. Ele desarmado, se esquivava tão rapidamente que deixou o oficial exausto e assim desistiu do ataque.

Ao retornar para sua cabana, experimentou o que os japoneses chamam de “sumi-kiri” (a claridade da mente e do corpo). Logo sua técnica de caráter defensivo chegou ao conhecimento das altas autoridades militares e policiais de Tóquio.

Em 1927 mudou-se para Tóquio e começou a prestar serviços para a Casa Imperial, ensinando “Aikidudo”.

O êxito foi tão grade que Ueshiba instalou um dojo (local do caminho) em Tóquio, e outros foram surgindo no Japão, abertos por seus alunos.

Com o início da Segunda Guerra, vários alunos foram convocados para servir, foi então que Ueshiba e decidiu se retirar para suas terras nos arredores de Iwama, no norte de Tóquio.

Nessa época, nomeou sua arte de “Aikido” – arte marcial de natureza defensiva com técnicas que buscam a neutralização dos ataques adversários por meio de movimentos de rotação e esquivas.

Com o fim da Guerra, as autoridades de ocupação americanas proíbem a prática do Aikido e das outras artes marciais.

Em 1948, o governo japonês permitiu o ensino do Aikido como uma arte marcial dedicada à promoção da justiça e da paz. O Aikido já estava consolidado como uma arte diferente das outras artes marciais e, a fama de Ueshiba se estendia por todo país.

Em setembro de 1956 o Aikido foi reconhecido oficialmente e em 1960 Ueshida fez a primeira apresentação pública de sua arte. A partir de 1961 sua arte começou a se espalhar por outros países.

Após sua morte, foi sucedido por seu filho, que posteriormente reuniu os ensinamentos no livro “O Espírito do Aikido”

Morihei Ueshiba faleceu em Iwama, Japão, no dia 26 de abril de 1969.

Frases de Morihei Ueshiba

Uma vez que você domine as técnicas de Aiki nenhum inimigo sequer pensará em atacar.

O segredo do Aikido não está no modo como você move os pés, está no modo como você move sua mente.

Eu não estou ensinando técnicas marciais, estou ensinando a não violência.

O verdadeiro pacifista é aquele capaz de causar danos imensuráveis, mas escolhe não fazê-lo quando provocado.

Quem vence alguém é o um vencedor, mas quem vence a si mesmo é invencível.

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.
Veja também as biografias de:
  • Bruce Lee (1940-1973) foi um lutador de artes marciais, ator e roteirista sin...
  • Mestre Yoda é um personagem fictício da série de filmes Star Wars (Guerra nas...