Roberto Gómez Bolaños

Ator mexicano

Biografia de Roberto Gómez Bolaños

Roberto Gómez Bolaños (1929-2014) foi um humorista mexicano, escritor, ator e produtor de cinema, televisão e teatro. Ficou famoso mundialmente por interpretar os personagens "Chaves" e "Chapolin".

Roberto Gómez Bolaños nasceu na Cidade do México, México, no dia 21 de fevereiro de 1929.

Origem

Filho de um ilustrador de jornais e pintor, Roberto esteve sempre envolvido com o mundo das artes. Apesar de ter estudado engenharia elétrica, nunca exerceu a profissão.

Carreira

Com 22 anos trabalhou como redator em uma agência publicitária. Entre o final da década de 1950 e início de 1960, foi roteirista dos programas Cómicos y Canciones e El Estudio de Pedro Vargas, que alcançaram o primeiro lugar em audiência.

O programa Chespirito

Em 1968, foi contratado por um canal de televisão mexicano, onde participou de uma série semanal atuando durante de 30 minutos.

Com o sucesso do quadro, o programa ganhou mais meia hora e passou a se chamar Chespirito apelido que Roberto recebeu de um diretor de cinema que comparava seus textos aos de Shakespeare.

Aos poucos foram introduzidos novos personagens que levantavam cada vez mais a audiência.

O nascimento de Chapolin Colorado

No dia 1 de setembro de 1972, foi ao ar o personagem “Chapolin Colorado”, onde interpretava um anti-herói que, com os seus superpoderes, parodiava os heróis norte-americanos.

O personagem repetia frases que viraram bordões, entre elas, “Não contavam com minha astúcia”, “Sigam-me os bons” e “Se aproveitam da minha nobreza”. A série teve seu último episódio gravado em 14 de outubro de 1979.

Chapolin

A criação de Chaves

O personagem “Chaves” surgiu logo em seguida. No dia 20 de junho de 1971 foi ao ar o primeiro episódio onde Roberto fazia o papel de um garoto travesso de oito anos, que morava em uma vila.

Seus bordões que ficaram famosos foram: “Foi sem querer querendo”, “Isso, isso, isso” e “Era exatamente o que eu ia dizer”.

A série teve seu último episódio gravado no dia 6 de janeiro de 1980. Os programas fizeram sucesso em diversos países. No Brasil, eles estão no ar desde 1984 exibidos no SBT (Sistema Brasileiro de Televisão).

Relembre um dos episódios desse clássico que atravessou gerações: 

A vida profissional além de Chaves e Chapolin

Além de atuar nas séries televisivas, Roberto Gómez Bolaños escreveu novelas e peças teatrais. Também escreveu, produziu, dirigiu e atuou em diversos filmes e compôs as músicas cantadas nos episódios de Chaves e Chapolin.

Reconhecimento

Em 2000, Roberto Bolaños foi homenageado, junto com todo o elenco de Chaves e Chapolin, pela Televisa, com um programa para comemorar os 30 anos dos seriados. O especial foi intitulado Não contavam com minha astúcia.

Em 2012, em comemoração aos 40 anos de carreira do artista, foi organizado um evento chamado América celebra a Chespirito que ocorreu em 17 países, entre eles, México, Brasil, Argentina, Peru, Colômbia, Equador, Guatemala, Estados Unidos e Nicarágua.

Em 2013, Bolaños foi condecorado com o prêmio Ondas Ibero-americanas pela trajetória destacada na televisão mundial.

Vida pessoal

O artista foi casado durante vinte anos com Graciela Fernández Pierre, com quem teve seis filhos. Em 2004 casou-se com Florinda Meza, a atriz que interpretou a Dona Florinda no seriado Chaves.

Morte

Roberto Goméz Bolaños faleceu em Cancún, no México, no dia 28 de novembro de 2014, em consequência de problemas respiratórios e da diabetes.

Última atualização: 21/02/2020

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.
Veja também as biografias de:
  • Diego Rivera (1886-1957) foi um artista plástico mexicano, um dos mais import...
  • Carlos Fuentes (1928-2012) foi um escritor mexicano, considerado um dos maior...
  • Octávio Paz (1914-1998) foi poeta e pensador mexicano. Ganhou o Prêmio Nobel...
  • Pancho Villa (1878-1923) foi um revolucionário mexicano, um dos mais destacad...
  • Arthur Aguiar (1989) é ator, cantor, compositor e músico brasileiro. Interpre...
  • Pedro Cardoso (1961) é ator, autor e diretor brasileiro. É um dos talentos do...
  • Antônio Fagundes (1949) é um ator brasileiro de televisão, teatro e cinema. É...
  • Antonio Banderas (1960) é um ator espanhol, descoberto por Pedro Almodóver, a...
  • Jardel Filho (1927-1983) foi ator brasileiro. Atuou em filmes, minisséries e...
  • Grande Otelo (1915-1993) foi um dos mais destacados atores brasileiros do séc...