Tomie Ohtake

Pintora japonesa

Biografia de Tomie Ohtake

Tomie Ohtake (1913-2015) foi uma pintora, gravadora e escultora japonesa naturalizada brasileira. Foi uma das mais importantes representantes do abstracionismo informal.

Tomie Nakakubo (1913-1915) nasceu em Kioto, Japão, no dia 21 de novembro de 1913. Desde cedo se interessou pela pintura. Em 1936 veio para o Brasil, visitar um irmão que morava em São Paulo. Pouco depois de chegar ao Brasil, casou-se com um engenheiro agrônomo também japonês, teve dois filhos e passou a usar o nome de casada.

Por volta de 40 anos, incentivada pelo artista contemporâneo Keiya Sugano, tomou coragem para ser pintora. Ao iniciar-se em 1952 criava figurações prosaicas. A seguir abraçou o abstracionismo. Mas logo se diferenciou dos modismos ao seu redor, tomando um rumo pessoal que costuma ser definido como abstração informal. A partir dos anos 70, passou a trabalhar com serigrafia, litogravura e gravura em metal.

Nos anos 80, Tomie Ohtake passou a utilizar uma gama cromática mais intensa e contrastante. O rigor de suas composições e a maestria no uso das cores lhe rendeu o respeito dos estudiosos. Sempre foi uma pintora e escultora popular e suas obras se tornaram familiares na paisagem brasileira.

A obra de Tomie Ohtake se destaca tanto pela pintura, como pela gravura e também a escultura. Entre diversas obras, criou painéis para o metrô de São Paulo e plantou numa avenida da cidade uma escultura em forma de ondas. Entre 2009 e 2010, suas esculturas chegaram aos jardins do Museu de Arte Contemporânea de Tóquio. Em 2012 produziu uma obra para o Muri Museum de Tóquio.

Tomie Ohtake participou de diversas mostras nacionais e internacionais, participou de mais de 20 bienais e recebeu diversos prêmios, entre eles, o Prêmio Nacional de Artes Plásticas do Ministério da Cultura – Minc, em 1995 e o Prêmio Panorama da Pintura Brasileira do Museu de Arte Moderna de São Paulo.

Em 2000 foi fundado em São Paulo, o Instituto Tomie Ohtake, criado por Ruy e gerido por Ricardo, seus dois filhos arquitetos. O Instituto é um centro artístico localizados na capital paulista. Durante a comemoração de seus 97 anos, o Instituto realizou uma exposição com 25 pinturas de grandes dimensões produzidas pela pintora em 2010.

Em 2013 na comemoração de 100 anos, foram realizadas 17 exposições pelo Brasil. Em 2014, a cineasta Tizuka Yamasaki lançou um documentário sobre o universo da artista. A pintora foi uma ponte entre o Japão de ontem a arte nacional de hoje.

Tomie Ohtake faleceu em São Paulo, no dia 12 de fevereiro de 2015.

Veja também as biografias de:
  • Tarsila do Amaral (1886-1973) foi pintora e desenhista brasileira. O quadro "...
  • Anita Malfatti Anita Mafaltti (1889-1964) foi uma artista plástica brasileira. A mostra exp...
  • Frida Kahlo (1907-1954) foi uma pintora mexicana conhecida por seus autorretr...
  • Djanira da Motta e Silva (1914-1979) foi uma pintora brasileira. Sua tela San...
  • Beatriz Milhazes (1960) é uma pintora, gravadora, ilustradora e professora br...

Última atualização: 21/05/2016