Renato Canini

Ilustrador brasileiro
Por Dilva Frazão
Biblioteconomista e professora

Biografia de Renato Canini

Renato Canini (1936-2013) foi um ilustrador brasileiro que deu ao Zé Carioca, personagem da Disney, o jeito brasileiro.

Renato Vinícius Canini (1936-2013) nasceu em Paraí, Rio Grande do Sul, no dia 22 de fevereiro de 1936. Passou parte de sua infância no município de Frederico Westphalen. Com dez anos de idade, após a morte de seu pai, mudou-se para a casa da avó no município de Garibaldi.

Na década de 50, Canini foi contratado como desenhista da Secretaria de Educação e Cultura do Estado, onde passou a produzir material para a revista infantil e educativa intitulada Cacique. Nessa mesma época, produzia charges e tiras para o jornal Correio do Povo, para a TV Piratini e para diversas publicações alternativas.

Em 1967, Canini foi convidado pelo pastor Willian Schisler Filho para trabalhar na revista infantil Bem-te-vi, produzida pela Igreja Metodista de São Paulo. Em 1971, foi contratado pela Editora Abril, onde iniciou desenhando para a revista Recreio, mas logo começou a atividade que mais marcou sua carreira, passou a trabalhar na redação que produzia conteúdos usando os personagens da Walt Disney Company, dentro do plano de expansão internacional da empresa.

Renato Canini iniciou um verdadeiro processo para abrasileirar o personagem “Zé Carioca”, criado pelo próprio Walt Disney, em meados dos anos 40, para ser um símbolo da Disney para os brasileiros. Canini mudou o visual do Zé Carioca, trocou a gravata borboleta e o paletó por uma camiseta e uma bermuda, tirou o chapéu panamá e o charuto. Tirou o bicho das ruas sem vida para levá-lo aos morros, campinhos de futebol de terra batida e favelas. O curioso foi que quando começou a ilustrar o Zé Carioca, Canini ainda não tinha conhecido o Rio de Janeiro.

De ilustrador, rapidamente passou a escrever também as histórias. Ao lado do roteirista Ivan Saidenberg, Canini criou diversos personagens e locais novos para o malandro. Criou a Vila Xurupita, os primos distantes, as versões de detetive e super-herói do Zé Carioca. Canini desenhou o personagem até o ano de 1977.

Renato Canini criou diversos outros personagens, entre eles o Dr. Fraud, que circulou na revista Patota e também na revista Historieta. Em 1978, o indiozinho Tibica, criado nas décadas de 50 e 60, retornou para o projeto tiras, da Editora Abril. O indiozinho Tibica foi publicado em diversos jornais. De uma proposta da Editora de fazer uma revista totalmente nacional, surgiu a Revista Crás!, que virou Kaktus Kid, uma paródia inspirada nos velhos caubóis do faroeste norte-americano.

Em 2005, foi homenageado pela Editora Abril, com a publicação do Especial Grandes Mestres Disney. Em 2009, foi o grande homenageado no Festival Internacional de Quadrinhos, em Belo Horizonte.

Renato Canini faleceu em Pelotas, no Rio Grande do Sul, no dia 30 de outubro de 2013.

Dilva Frazão
Biblioteconomista e professora
É bacharel em Biblioteconomia pela UFPE e professora do ensino fundamental.
Veja também as biografias de:
  • Angelo Agostini (1843-1910) foi um ilustrador, caricaturista, desenhista e pi...
  • Paulo Gustavo Amaral Monteiro de Barros (1978-2021) foi um ator, humorista e...
  • Monteiro Lobato (1882-1948) foi escritor e editor brasileiro. "O Sítio do Pic...
  • Romero Britto (1963) é um pintor e escultor brasileiro. Radicado em Miami, no...
  • Vinicius de Moraes (1913-1980) foi um poeta e um dos maiores compositores da...
  • Mauricio de Sousa (1935) é um cartunista e empresário brasileiro. Criou a "Tu...
  • Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) foi um poeta brasileiro. "No meio do C...
  • Luiz Gonzaga (1912-1989) foi um músico brasileiro. Sanfoneiro, cantor e compo...
  • Castro Alves (1847-1871) foi um poeta brasileiro. O último grande poeta da Te...
  • Álvares de Azevedo (1831-1852) foi um poeta, escritor e contista, da Segunda...