Betinho

Sociologo brasileiro

Biografia de Betinho

Herbert José de Souza (1935-1997), conhecido como Betinho, foi um sociólogo brasileiro e ativista dos direitos humanos no Brasil. Seu trabalho mais importante foi o projeto "Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida".

Mobilizou várias campanhas para arrecadar mantimentos em favor dos pobres e excluídos. Betinho e seus irmãos o cartunista Henfil e o músico Chico Mário eram hemofílicos, doença herdada da mãe.

Herbert José de Souza nasceu em Bocaiuva, Minas Gerais, no dia 3 de novembro de 1935. Nos anos 60 ajudou a fundar a "Ação Popular (AP)", movimento que lutava pela implantação do socialismo no Brasil.

Formou-se em Sociologia pela Universidade de Minas Gerais, em 1962. Após o golpe militar de 1964, Betinho passou sete anos na clandestinidade e oito no exílio. Voltou ao país em 1979 e criou o "Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (IBASE)".

Em 1991, Betinho ganhou o Prêmio Global 500, do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP), por sua luta em defesa da reforma agrária e dos direitos dos indígenas.

Em 1993, fundou a “Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida”, que mesmo sem a ajuda do governo arrecadava e distribuía alimentos para a população carente.

Durante o governo do presidente Fernando Henrique, Betinho tornou-se membro do "Conselho da Comunidade Solidária", que substituiu a Fundação Legião Brasileira de Assistência (LBA).

Hemofílico e portador do vírus da AIDS, junto com seu irmão o cartunista Henfil, escreveu o texto “A Cura da AIDS”, no qual afirmava que a cura da doença era questão de tempo.

Em 1995, a Ação da Cidadania passou a priorizar a luta pela democratização da terra como forma de combater a fome e o desemprego.

Betinho faleceu no Rio de Janeiro, no dia 9 de agosto de 1997, em consequência de hepatite C, contraída em uma transfusão de sangue.

Frases de Betinho

  • O que somos é um presente que a vida nos dá. O que nós seremos é um presente que daremos à vida.
  • Faça o que é certo, sempre, o futuro é um espelho do presente.
  • Hoje, enquanto curava as cicatrizes deixadas pelos espinhos, lembrei-me que foi colhendo rosas que me feri.
  • O desenvolvimento humano só existirá se a sociedade civil afirmar cinco pontos fundamentais: igualdade, diversidade, participação, solidariedade e liberdade.

Última atualização: 08/01/2020

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.
Veja também as biografias de:
  • Gilberto Freyre (1900-1987) foi um sociólogo, historiador e ensaísta brasilei...
  • Florestan Fernandes (1920-1995) foi um político, sociólogo e ensaísta brasile...
  • Miguel Reale (1910-2006) foi um jurista, sociólogo e filósofo brasileiro. Ide...
  • Antonio Candido (1918-2017) foi um sociólogo, crítico literário, ensaísta e p...
  • Émile Durkheim (1858-1917) foi um sociólogo francês. É considerado o pai da S...
  • Zygmunt Bauman (1927-2017) foi um sociólogo, pensador, professor e escritor p...
  • Pierre Bourdieu , (1930-2002) foi um importante sociólogo e pensador francês,...
  • Anthony Giddens (1938) é um sociólogo, conferencista e professor britânico, r...
  • Erving Goffman Erving Gojjman (1922-1982) foi um sociólogo, antropólogo e escritor canadense...
  • Herbert Marcuse (1898-1979) foi um sociólogo e filósofo alemão, um dos mais i...