Paul Verlaine

Poeta francês
Por Dilva Frazão

Biografia de Paul Verlaine

Paul Verlaine (1844-1896) foi um importante poeta francês da segunda metade do século XIX. Seu lirismo musical exerceu influência decisiva no desenvolvimento do simbolismo e abriu novos caminhos para a poesia francesa. Não raro, os temas de seus poemas têm uma conotação mórbida e uma nota de melancolia.

Paul Verlaine nasceu em Metz, França, no dia 30 de março de 1844. Filho de um militar com boa situação financeira estudou no Liceu Bonaparte (hoje Liceu Condorcet) de Paris

Posteriormente, conciliou o trabalho em uma companhia de seguros com a vida boêmia nos círculos literários parisienses.

Início da carreira literária

Em seus primeiros livros publicados “Poemas Saturninos” (1866) e “Festas Galantes” (1869), Verlaine mostrou a influência do romantismo e do Parnasianismo.

Escândalo

Em 1872, dois anos após casar-se, Verlaine abandonou a mulher e o filho e viajou para a Bélgica em companhia do jovem poeta francês Arthur Rimbaud.

A turbulenta relação sentimental teve um final trágico em Bruxelas, em 10 de julho de 1873, quando Verlaine feriu o companheiro com um tiro de revólver, sendo condenado pela justiça belga a dois anos de prisão.

Depois de libertado, Paul Verlaine tentou, em vão, se reconciliar com Rimbaud. Viveu no Reino Unido até 1877, quando regressou para a França.

Simbolismo

O Simbolismo francês da segunda metade do Século XIX seguiu por várias correntes. A poesia de Verlaine tinha características intimistas, marcada pelo misticismo e o pessimismo.

Sua poesia é fundamentalmente sensorial, subjetiva e alheia aos grandes temas universais, pessoalíssima, de musicalidade fácil e intensa.

A poesia de Verlaine está comprometida, de um lado, por um temperamento romântico, de outro, por um método de compor nitidamente simbolista.

Nos dois melhores livros de poesia, “Romances Sem Palavras” (1874) e “Sabedoria” (1880), Verlaine expressa sua volta aos ideais do cristianismo simples e humilde.

Verlaine obteve um sucesso que talvez nenhum outro poeta francês da segunda metade do século XIX tenha alcançado.

Apesar de sua crescente fama de ser considerado um mestre pelos jovens simbolistas, o fracasso ao tentar recuperar a esposa, o levou a uma recaída para o mundo da boemia e do alcoolismo, que o obrigou a frequentes hospitalizações.

Últimos anos

Os vários livros de poemas que se seguiram alguns recuperaram a antiga magia, como Os Poetas Malditos (1884) e Amor (1888). Escreveu também atormentadas obras autobiográficas Meus Hospitais (1892) e Minhas Prisões (1893).

Paul Verlaine faleceu em Paris, França, no dia 8 de janeiro de 1896.

Poesias de Paul Verlaine:

Meu sonho familiar

Sonho às vezes o sonho estranho e persistente
De não sei que mulher que eu quero e que me quer,
E que nunca é, de fato, uma única mulher
E nem outra, de fato, e me compreende e sente.

Compreende-me, e este meu coração, transparente
Para ela, não é mais um problema qualquer,
Só para ela, o meu suor de angústia, se quiser,
Chorando, ela transforma em frescura envolvente.

Se é morena, ou se loura, ou se ruiva – eu ignoro.
Seu nome? É como o nome ideal, doce e sonoro,
Dos amados que a vida exilou para além.

Seu olhar lembra o olhar de alguma estátua antiga,
E sua voz longínqua, e calma, e grave, tem
Certa inflexão de emudecida voz amiga.

Canção de outono

Os soluços graves
Dos violinos suaves
Do outono
Ferem a minh'alma
Num langor de calma
E sono.

Sufocado, em ânsia,
Ai! quando à distância
Soa a hora,
Meu peito magoado
Relembra o passado
E chora.

Daqui, dali, pelo
Vento em atropelo
Seguido,
Vou de porta em porta,
Como a folha morta
Batido...

Última atualização: 04/09/2020

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.
Veja também as biografias de:
  • Arthur Rimbaud (1854-1891) foi um poeta francês que exerceu grande influência...
  • Charles Baudelaire (1821-1867) foi um dos mais influentes poetas franceses do...
  • Victor Hugo (1802-1885) foi um poeta e escritor francês. Autor dos romances,...
  • Jean de La Fontaine (1621-1695) foi poeta e fabulista francês. Autor das fábu...
  • Jean-Baptiste Racine (1639-1699) foi um dramaturgo e poeta do período áureo d...
  • Émile Durkheim (1858-1917) foi um sociólogo francês. É considerado o pai da S...
  • Auguste Comte (1798-1857) foi filósofo francês. Considerado o fundador do pos...
  • Napoleão Bonaparte (1769-1821) foi imperador da França entre 1804 e 1814 com...
  • Voltaire (1694-1778) foi um filósofo e escritor francês, um dos grandes repre...
  • Michel Foucault (1926-1984) foi um filósofo que exerceu grande influência sob...