Pedro Abelardo

Filósofo francês

Biografia de Pedro Abelardo

Pedro Abelardo ou Pierre Abélard (1079-1142) foi um filósofo, teólogo e lógico francês, considerado uma das grandes figuras da filosofia escolástica e um dos maiores pensadores do século XII.

Pedro Abelardo (1097-1142) nasceu na aldeia de La Pallet, próximo de Nantes, na Bretanha, França, no ano de 1079. De família nobre, seu pai, cavaleiro e amante das letras era o senhor da aldeia. Sua vida estava destinada aos exercícios militares, mas antes teria que ser instruído nas letras. Com 11 anos ingressou na École de Chartes onde aprendeu o Trivium – conjunto das disciplinas: lógica, gramática e retórica.

Ainda muito jovem, desistiu da profissão das armas e deixou o castelo de seu pai visando aprofundar sua formação e viajou por várias cidades, como estudante, a procura dos mestres mais renomados da época. Com seu espírito inquieto, curioso e investigador, enfrentou vários problemas e disputas com seus colegas e mestres. Um dos primeiros mestres que enfrentou foi Roscelino, o nominalista, que ensinava em Compiègne, Loches, quando passou um tempo em sua escola.

Com 20 anos seguiu para Paris, onde havia grande efervescência cultural e intelectual. Na Escola da Catedral, estudou dialética com Guilherme de Champeaux, defensor do realismo, mas não se intimidava e questionava seus ensinamentos. Tentou se estabelecer como mestre em Paris, mas por discordar das ideias de Guilherme, foi perseguido. Conseguiu abrir uma escola em Melun e depois em Corbeil, mas ambas fecharam, o que fez retornar para sua cidade natal.

De volta à Paris, é novamente aluno de Guilherme de Champeaux. Em 1108 estabeleceu-se na escola de Monte de Santa Genoveva e tornou-se respeitado. Em 1113 ocupou a cátedra de dialética na Escola da Catedral, adquirindo grande renome de mestre de dialética e retórica. Foi estudar Teologia com o mestre Anselmo, na cidade de Leon, para tornar-se mestre em Teologia.

Com 36 anos, Pedro Abelardo era um brilhante mestre de Teologia na Catedral de Notre Dame de Paris. O cônego Fulbert lhe confiou a educação de sua sobrinha Heloísa de 17 anos. Entre 1117 e 1119, o casal manteve uma relação secreta. Ao descobrir a gravidez da sobrinha e exigir o casamento, Abelardo sequestra Heloísa e casam secretamente. Como vingança, Fulbert suborna os empregados e ordena a castração de Abelardo. Humilhado, se retira para a Abadia de Saint Denis, onde se torna monge e se dedica aos estudos filosóficos. Heloísa se ordena freira no mosteiro de Paraclet. Trocaram cartas para o resto da vida. Em seu livro “História de Minhas Calamidades”, onde narra suas desventuras amorosas com Heloísa.

Uma das contribuições filosóficas de Abelardo foi o seu método escolástico que consistia em colocar o estudante em situações nas quais se apresentavam seus prós e contras sobre questões teológicas o que causou grande polêmica entre os membros da Igreja. Viu seu livro “Introdução à Teologia” ser condenado pelo Concílio de Soissons. Em 1140, viu suas ideias novamente condenadas no Concílio de Sens.

Pedro Abelardo faleceu no Priorado de Saint-Marcel, próximo Chalons-sur-Saône, França, no dia 21 de abril de 1142.

Veja também as biografias de:
  • Auguste Comte (1798-1857) foi filósofo francês. Considerado o fundador do pos...
  • Voltaire (1694-1778) foi um filósofo e escritor francês, um dos grandes repre...
  • Michel Foucault (1926-1984) foi um filósofo que exerceu grande influência sob...
  • Blaise Pascal (1623-1662) foi um filósofo e físico francês, criador da Teoria...
  • John Stuart Mill (1806-1873) foi um filósofo inglês, um dos mais influentes p...
  • Pierre Bayle (1647-1706) foi um filósofo cético e escritor francês, pai da to...
  • René Descartes (1596-1650) foi um filósofo, físico e matemático francês. Auto...
  • Jean-Paul Sartre , (1905-1980) foi filósofo e escritor francês, um dos maiores...
  • Montesquieu (1689-1755) foi um filósofo social e escritor francês. Foi o auto...
  • Denis Diderot (1713-1784) foi um filósofo, escritor e tradutor francês, um do...

Última atualização: 23/08/2016

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.