Ralph Waldo Emerson

Filósofo norte-americano

Biografia de Ralph Waldo Emerson

Ralph Waldo Emerson (1803-1882) foi um escritor, ensaísta, poeta e filósofo norte-americano. É um dos fundadores do movimento cultural denominado Transcendentalismo.

Ralph Waldo Emerson (1803-1882) nasceu em Boston, nos Estados Unidos, no dia 23 de maio de 1803. Filho do Reverendo Willian Emerson, figura ilustre nas artes e na literatura que impulsionou o ambiente cultural de Boston e de Ruth Haskins com quem teve cinco filhos. Ficou órfão com oito anos de idade. Nos três anos seguintes, a mãe e as crianças continuaram morando na casa paroquial da Igreja. Apesar de a família ter passado por muitas necessidades, a preocupação da mãe com a educação dos filhos e a influência intelectual da tia Mary Mood Emerson estiveram sempre presentes. Ralph foi estudar em Harvard, aos 14 anos de idade, obtendo a graduação quatro anos mais tarde, em 1821.

Após a conclusão da graduação, trabalhou algum tempo como professor. Devido ao forte componente religioso da família, alguns anos mais tarde, ele ingressou na Harvard Divinity School. Emerson tinha problemas de saúde que se agravavam nos meses mais frios, fazendo com que tivesse que partir para regiões mais quentes. Nestas ocasiões, mantinha correspondência regular com a sua tia Mary, que lhe proporcionava uma educação teológica evidenciando a tradição familiar.

O seu percurso eclesiástico teve início ao aceitar uma oferta para pastor júnior na Segunda Igreja de Boston. Era reconhecido como uma pessoa de mente aberta, envolvida com a comunidade, tendo dado voz aos defensores da abolição da escravatura na sua igreja. Em 1829 se casou com a jovem Ellen Tucker e pouco tempo depois se tornou pastor sênior. Ellen tinha graves problemas de saúde e veio a falecer após um ano e meio de casados.

Inconformado com a perda da esposa, não encontrou conforto espiritual na Igreja e começou a discordar de alguns dos rituais religiosos, como a oração em público ou a administração da comunhão. Renunciou ao serviço religioso por não considerá-lo compatível com o seu desejo de evolução intelectual, passando assim a gozar da liberdade necessária para refletir sobre novas ideias. Viajou para a Europa onde esteve em contato com ilustres pensadores da época. Com Thomas Carlyle manteve uma relação de amizade especial tendo sido profundamente influenciado pelas suas teorias.

No regresso aos Estados Unidos iniciou uma nova carreira como conferencista, onde demonstrava as suas qualidades como comunicador em palestras direcionadas a um público diversificado. Em 1834 se casou com Lydia Jackson (nome alterado para Lidian por preferência do marido) com quem teve quatro filhos.

"Nature" foi o seu primeiro livro, publicado anonimamente em 1836. Neste ensaio, revelou as suas ideias sobre um sentido ideal de vida alcançado pelo ser humano através da introspecção, onde podia abdicar de convenções pré-estabelecidas. Foi um forte crítico da sociedade industrializada e massificada pouco respeitadora da cultura e da individualidade.

Participava ativamente do Transcendental Club, constituído por um grupo de intelectuais que defendiam a mesma linha de pensamento, no qual teve origem o movimento denominado Transcendentalismo da Nova Inglaterra. Nas suas frequentes palestras discursava sobre essa nova doutrina e abordava outro tema sensível: a sua oposição à escravatura. Tornou-se um conferencista reconhecido nos Estados Unidos e em outros países onde divulgou o seu trabalho. Não obstante, após um discurso na Harvard Divinity School, no qual criticava o cristianismo por transformar Jesus em um "semideus", foi acusado de ser ateu e de corromper os jovens com suas ideias.

Nos últimos anos de vida, apesar de um acentuado declínio da sua saúde agravado com a perda de memória, não abandonou a sua atividade de conferencista, tendo realizado viagens pela Europa e Egito. Faleceu em Concord, Massachusetts, Estados Unidos, no dia 27 de abril de 1882.

Dedicou grande parte da sua vida a palestras, das quais resultou parte significativa da sua obra. Teve atividade relevante em diversos jornais e obteve também reconhecimento através da escrita e tradução de diversos poemas.

Obras de Ralph Waldo Emerson

The American Scholar (1837),
The Divinity School Adress (1838),
Essays: First Series (1841),
Essays: Second Series (1844),
Representative Men (1850),
English Traits (1856),
The Conduct of Life (1860),
Society and Solitude (1870).

Veja também as biografias de:
  • William James (1842-1910) foi um filósofo e importante psicólogo norte-americ...
  • Martin Luther King (1929-1968) foi um ativista norte americano. Lutou contra...
  • Thomas Edison (1847-1931) foi um dos maiores inventores da humanidade. Sua ma...
  • Abraham Lincoln (1809-1865) foi presidente dos Estados Unidos. Decretou a ema...
  • Edgar Allan Poe (1809-1849) foi um poeta, escritor, romancista, crítico liter...
  • Barack Obama (1961) é um político norte-americano. O 44º presidente dos Estad...
  • Walt Disney (1901-1966) foi empresário norte-americano. Fundou a...
  • Bill Gates (1955) é um empresário norte-americano, um dos fundadores da Micro...
  • Thomas Kuhn (1922-1996) foi um físico norte-americano. Especializou-se no ram...
  • Elvis Presley (1935-1977) foi um cantor note-americano, considerado o maior í...

Última atualização: 16/03/2015