John Dewey

Pedagogo e filósofo norte-americano

Biografia de John Dewey

John Dewey (1859-1952) foi um pedagogo e filósofo norte-americano que exerceu grande influência no movimento de renovação da educação em várias partes do mundo. No Brasil inspirou o movimento da Escola Nova, baseado na experimentação e na verificação.

John nasceu em Burlington, Vermont, Estados Unidos, no dia 20 de outubro de 1859. Estudou na Universidade de Vermont e a Johns Hopkins, de Baltimore, onde se doutorou em filosofia em 1884.

Durante dez anos ensinou na Universidade de Michigan. Enquanto se aprofundava no pensamento de Hegel, despertou o interesse pelos problemas do ensino.

Em 1894 foi nomeado diretor dos departamentos de filosofia, psicologia e pedagogia, que por sugestão sua, essas três disciplinas se agruparam em um só departamento.

Teoria de John Dewey

Na Universidade de Chicago, Dewey fundou uma escola laboratório para experimentar suas mais importantes ideias:

  • a da relação da vida com a sociedades
  • dos meios com os fins
  • da teoria com a prática

Inspirado no pragmatismo do filósofo William James e de sua permanente preocupação com a pedagogia chegou à conclusão de que não é possível manter um dualismo entre o homem e o mundo, o espírito e a natureza, a ciência e a moral.

Buscou, então, uma lógica e um instrumento de pesquisa que pudessem ser aplicados igualmente a ambos os domínios. Desenvolveu a doutrina a que deu o nome de instrumentalismo.

Considerava a natureza como a realidade última e postulava uma teoria do conhecimento baseada na experimentação e na verificação, ideias que foram a origem da “Escola de Chicago”.

Essa filosofia foi também a base de suas concepções sobre educação, que deveria concentrar-se nos interesses da criança e no desenvolvimento de todos os aspectos de sua personalidade. Reuniu sua doutrina no livro “A Escola e a Sociedade’ (1899).

Educação progressiva

Para John Dewey, o sentido da vida é a própria continuidade e essa continuidade só pode ser conseguida pela renovação constante.

A sociedade se perpetua por um processo de transmissão, onde os mais jovens recebem dos mais velhos “hábitos de agir, pensar e sentir” e, também pela renovação da experiência, que tem por fim, recriar toda a experiência recebida.

No mais amplo sentido, educação é o meio de continuidade e renovação da vida social e o próprio processo da vida em comum, porque amplia e enriquece a experiência.

No campo específico da pedagogia, as ideias de Dewey se concretizam através da chamada educação progressiva, cujo objetivo é educar a criança como um todo, buscando o crescimento físico, emocional e intelectual.

Base para a Escola Nova

Para Dewey, compete a um “ambiente especial” – a escola – suprimir tanto quanto possível as características negativas do meio. Assim a escola torna-se o principal agente de uma melhor sociedade futura.

Ao mesmo tempo, a escola deve criar condições para que cada indivíduo não seja cercado pelas limitações de seu grupo social. Para John Dewey, a educação é uma permanente organização ou reconstrução da experiência.

A expressão “escola ativa” reflete, em síntese, essa concepção. Dewey contrapõe aos “estudos puramente intelectuais” a experiência que produz conhecimentos, o qual é produto da ação, ao contrário das concepções tradicionais que o separavam da atividade.

Reflexão e ação devem estar ligadas, são parte de um todo indivisível. Segundo ele, só a inteligência dá ao homem a capacidade de modificar o ambiente ao seu redor. Educar, portanto, é mais do que reproduzir conhecimentos é incentivar o desejo de desenvolvimento contínuo.

As ideias de John Dewey tiveram grande influência no movimento de renovação da educação no Brasil, na década de 1930. Essa influência se fez sentir sobretudo por intermédio de Anísio Teixeira, que foi seu discípulo na Universidade de Colúmbia em 1929.

Últimos trabalhos e morte

Em 1904, Dewey ingressou na Universidade de Colúmbia, em Nova Iorque, onde assumiu a direção do departamento de filosofia., na qual permaneceu até seus últimos dias.

A partir da Primeira Guerra Mundial interessou-se pelos problemas políticos e sociais. Deu curso de filosofia e educação na Universidade de Pequim em 1919 e em 1931. Elaborou um projeto de reforma para a Turquia em 1924, visitou o México, o Japão e a U.R.S.S., estudando os problemas da educação nesses países.

John Dewey faleceu em Nova Iorque, Estados Unidos, no dia 1 de junho de 1952.

Frases de John Dewey

“Educação não é uma questão de falar e ouvir, mas um processo ativo e construtivo”.

“Afinal, as crianças não estão, num dado momento, sendo preparadas para a vida e, em outro momento, vivendo”.

“O aprendizado se dá quando compartilhamos experiências, e isso só é possível em um ambiente democrático, onde não haja barreiras ao intercâmbio de pensamento”.

“Uma constante reconstrução da experiência é a forma de dar-lhe cada vez mais sentido e a habilitar as novas gerações a responder aos desafios da sociedade”.

Obras de John Dewey

  • Psicologia (1887)
  • Meu Credo Pedagógico (1897)
  • Psicologia e Métado Pedagógico (1899)
  • A Escola e a Sociedade (1899)
  • Democracia e Educação (1916)
  • Natureza Humana e Conduta (1922)
  • Experiência e Natureza (1925)
  • Filosofia e Civilização (1931)
  • Experiência e Educação (1938)
  • Lógica, a Teoria da Inquietação (1938)
  • Liberdade e Cultura (1939)
  • Prolemas dos Homens (1946)
Veja também as biografias de:
  • Ralph Waldo Emerson (1803-1882) foi um escritor, ensaísta, poeta, filósofo am...
  • William James (1842-1910) foi um filósofo e importante psicólogo norte-americ...
  • Comenius (1592-1670) foi um relevante pedagogo e líder religioso...
  • Barão de Coubertin (1863-1937) era um título de nobreza do historiador e peda...
  • Martin Luther King (1929-1968) foi um ativista norte americano, lutou contra...
  • Thomas Edison (1847-1931) foi um dos maiores inventores da humanidade. Sua ma...
  • Edgar Allan Poe (1809-1849) foi um poeta, escritor, romancista, crítico liter...
  • Abraham Lincoln (1809-1865) foi presidente dos Estados Unidos da América. Dec...
  • Walt Disney (1901-1966) foi empresário norte-americano. Fundou a...
  • Bill Gates (1955) é um empresário norte-americano, um dos fundadores da Micro...