Johann Strauss (filho)

Músico austríaco

Biografia de Johann Strauss (filho)

Johann Strauss (filho) (1825-1899) foi um importante músico, compositor e regente austríaco. É o autor da famosa obra clássica, a valsa “Danúbio Azul”. Recebeu a glorificação popular com o título de “O Rei da Valsa”.

Johann Strauss (filho) (1825-1899) nasceu em Viena, na Áustria, no dia 25 de outubro de 1825. Filho de Johann Strauss, compositor e regente, um dos maiores divulgadores da valsa na Europa, Johann Strauss Jr. teve que lutar contra as determinações do pai de que nenhum filho deveria seguir a carreira de músico. Com a separação dos pais e o apoio da mãe, ele iniciou os estudos e com 16 anos já tinha composto algumas valsas. Em 1843, na capela da corte de Viena, executou durante uma missa, sua primeira composição sacra.

A necessidade de trabalhar, para ajudar na manutenção da casa, levou Johann a formar uma orquestra com quinze elementos, e no dia 15 de outubro de 1844, fez sua estreia como regente e compositor, no Cassino Dommayer. A apresentação foi um sucesso, todas as peças foram repetidas, entre elas, a valsa “Os Postulantes” e a “Valsa da Alegoria”. No fim tocou a “Valsa do Canto de Lorelei sobre o Reno”, um sucesso de seu pai, que levou o público ao delírio.

No dia 25 de setembro de 1849, o “velho Strauss”, que voltara de uma apresentação na Itália, falece repentinamente. Na cerimônia que se realizou em memória do pai, Johann Strauss regeu a orquestra paterna na execução do Requiem, de Mozart. Na direção da orquestra do pai, passou a dominar o campo da música dançante em Viena.

Johann Strauss aproveitou o clima de progresso de Viena e dividiu sua grande orquestra em vários pequenos conjuntos que passaram a tocar nas melhores casas de dança da capital austríaca. Depois de reger um ou dois números numa casa, segue para outra, onde repete o ritual. Logo estava viajando pela Europa e com a ajuda dos irmãos, a música monopolizava a atividade da família.

Em 1860, em contato com Franz Liszt e sem dedicar-se à composição, resolveu ampliar os padrões da valsa, numa forma mais elaborada e complexa. Compõe “Acelerações”, um longo prelúdio de harmonia ousada. Durante esse período surgiram as melhores “valsas de concerto” da obra do compositor, entre elas, “Folhas da Manhã” (1863), “Bombons Vienenses” (1866), “Danúbio Azul” (1867) e ”Vinho, Mulher e Canção” (1869).

Nessa época, surgia em Viena, a opereta, gênero musical trazido de Paris pelo alemão Jacques Offebach. Sentindo-se ameaçado, Strauss resolveu compor opereta. Em 1871, estreou com sucesso a “Índigo e os Quarenta Ladrões”. Compôs também: “O Morcego” (1874), “Uma Guerra Alegre” (1881), “Uma Noite em Veneza” (1883), entre outras.

Em 1876, com 51 anos, já famoso no mundo inteiro, é convidado para dirigir obras suas em Boston, nos Estados Unidos, por ocasião das comemorações do centenário da independência dos Estados Unidos. Para um auditório de 100 mil pessoas, a orquestra e o coro reuniam milhares de intérpretes. No final, a plateia ovacionou a monstruosa orquestra.

Johann Strauss Jr. deixou mais de 479 obras, entre valsas, polacas, operetas etc., com destaque para “Danúbio Azul” (1867), “Tritsch Tratsch” (1858), “Valsa do Imperador” (1860) e “Vozes da Primavera” (1883). De sua terra natal recebeu o título de “Cidadão de Viena”. A França lhe conferiu a comenda de “Cavaleiro da Legião de Honra”.

Johann Strauss (filho) faleceu em Viena, na Áustria, no dia 3 de junho de 1899.

Veja também as biografias de:
  • Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) foi um músico e compositor austríaco, con...
  • Franz Schubert (1797-1828) foi um compositor erudito austríaco, conhecido pel...
  • Gregor Mendel (1822-1884) foi biólogo austríaco, descobridor das leis da gené...
  • Karl Popper (1902-1994) foi um filósofo austríaco que elaborou teorias que re...
  • Nikola Tesla (1858-1943) foi um inventor austríaco que deixou importantes con...
  • Gustav Klimt (1862-1918) foi um pintor simbolista austríaco, líder do Movimen...
  • Ludwig Wittgenstein (1889-1951) foi um filósofo austríaco que contribuiu com...
  • Wilhelm Reich (1897-1957) foi um importante psiquiatra e psicanalista austría...
  • Robert Musil (1880-1942) foi um escritor austríaco, autor da obra prima, “Um...
  • Sigmund Freud (1856-1939) foi um médico e importante psicólogo austríaco. Foi...

Última atualização: 24/04/2015