Robert Musil

Escritor austríaco
Por Dilva Frazão

Biografia de Robert Musil

Robert Musil (1880-1942) foi um escritor austríaco, autor da obra-prima, “Um Homem Sem Qualidades”, que constitui um amplo painel da existência burguesa no início do século XX.

Robert Edler von Musil nasceu em Klagenfurt, no império austro-húngaro, no dia 6 de novembro de 1880. Era filho único de Alfred Edlen von Musil e de Hermine Berganer, descendente de burgueses.

Seu pai era engenheiro mecânico e professor de mecânica da Escola Politécnica de Klagenfurt, foi influenciado a seguir a carreira militar na Academia de Mährisch-Weisskirchen.

Após revelar forte vocação científica, abandonou a Academia e matriculou-se na Escola Técnica Superior, onde estudou Engenharia Mecânica. Durante alguns anos foi ajudante de mecânica da Escola Politécnica de Stuttgart.

Indeciso sobre o fascínio da matemática e os aforismos do filósofo Friedrich Nietzsche, em 1903 mudou-se para Berlim para estudar filosofia e literatura.

Primeiro romance – "O Jovem Törless"

A estreia de Musil como romancista ocorreu em 1906 com a publicação do romance “O Jovem Törless”, baseado nas experiências de sua mocidade em uma escola militar.

Na obra, o adolescente Törless vive, com seus amigos, as primeiras experiências do mundo adulto, onde reconhece os próprios sentimentos, paixões e aversões à vida.

O enredo parece antecipar, com quase trinta anos de antecedência, o sadismo nazista. Sessenta anos depois, o livro foi transformado em filme de grande êxito na Alemanha.

Após o êxito da obra nos países de língua alemã, Musil encontrou emprego como bibliotecário na Universidade Técnica de Viena.

Em 1911 casa-se com Martha Marcovaldi, uma judia, que se converteu ao protestantismo. Nesse mesmo ano publicou o livro de contos, “Die Vereingungem” (As Reuniões).

Com o início da Primeira Guerra Mundial, Musil recebeu o grau de Coronel e passou a servir no exército imperial. Depois, foi funcionário do Ministério de Assuntos Externos da nova República da Áustria, de 1919 a 1922.

"Um Homem sem Qualidades"

Em 1920, Robert Musil iniciou a obra-prima a qual se dedicou até os últimos dias de sua vida, “Um Homem Sem Qualidades”.

Desde o lançamento do primeiro volume, em 1930, a crítica reconheceu Musil como um dos grandes escritores do seu tempo.

O segundo volume, incompleto, foi publicado em 1933. Em 1943, após a morte de Musil, saíram juntos o segundo e o terceiro, finalmente, em 1952, foi publicado o que seria a obra completa, acrescida de fragmentos inéditos.

O romance “Um Homem Sem Qualidades”, com quase duas mil páginas, foi considerado um romance filosófico e constitui uma minuciosa descrição das condições internas e externas, das angústias e tensões do desmoronamento do Império Austro-Húngaro.

Últimos anos

A ascensão do nazismo obrigou Musil a se mudar em 1933 para Viena e, mais tarde, para Genebra, onde passou seus últimos dias em um quarto miserável tentando completar o último volume daquela que se tornou sua obra-prima.

Foram necessárias algumas décadas para que o escritor fosse aceito como um dos maiores autores da língua alemã do século XX.

Um Homem Sem Qualidades foi incluído na lista dos 100 livros do século, do jornal Le Monde, e na lista dos 100 Melhores Livros de Todos os Tempos, segundo The Guardian.

Robert Musil faleceu em Genebra, Suíça, no dia 15 de abril de 1942.

Outras Obras

  • Os Entusiastas (peça teatral, 1921)
  • Vicente ou A Amiga dos Homens Importantes (peça teatral, 1923)
  • Três Mulheres (1924)

Frases de Robert Musil

“Não é que o génio se adiante um século ao seu tempo, é a Humanidade que se encontra cem anos atrás dele.”

“Aquele a quem se permite atuar à sua vontade em breve baterá com a cabeça contra um muro de tijolos de pura frustração.”

“Quão mais inteligentes são as mulheres apaixonadas do que os homens de carácter!”

“O desejo é a vontade que não levamos demasiado a sério.”

“A Nobreza de espírito, com respeito àquela tradicional, oferece-nos a vantagem de podermos atribuí-la a nós mesmo.”

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.
Veja também as biografias de:
  • Peter Handke (1942) é um escritor austríaco que venceu o Prêmio Nobel de Lite...
  • Gregor Mendel (1822-1884) foi biólogo austríaco, descobridor das leis da gené...
  • Karl Popper (1902-1994) foi um filósofo austríaco que elaborou teorias que re...
  • Gustav Klimt (1862-1918) foi um pintor simbolista austríaco, líder do Movimen...
  • Ludwig Wittgenstein (1889-1951) foi um filósofo austríaco que contribuiu com...
  • Franz Schubert (1797-1828) foi um compositor erudito austríaco, conhecido pel...
  • Wilhelm Reich (1897-1957) foi um importante psiquiatra e psicanalista austría...
  • Johann Strauss (filho) (1825-1899) foi um importante músico, compositor e reg...
  • Joseph Haydn (1732-1809) foi um compositor austríaco, o primeiro nome do clas...
  • Sigmund Freud (1856-1939) foi um médico neurologista e importante psicanalist...