Bento Teixeira

Escritor português

Biografia de Bento Teixeira

Bento Teixeira (1561-1600) foi um escritor português, o autor do poema épico “Prosopopeia”, considerado um marco inicial do Barroco na literatura brasileira.

Bento Teixeira (1561-1600) nasceu em Porto, Portugal, no ano de 1561. Filho de Manoel Álvares de Barros e Leonor Rodrigues, cristãos-novos, veio para o Brasil em 1567, instalando-se na capitania do Espírito Santo. Estudou em colégios jesuítas, tentou seguir a carreira eclesiástica, mas desistiu.

Depois da morte dos pais mudou-se para Ilhéus, na Bahia. Em 1584 casou-se com a cristã Filipa Raposa. Formou-se em colégio na Bahia e em seguida mudou-se para Pernambuco onde, em 1590 abriu uma escola em Olinda e se dedica ao magistério e também ao comércio.

Acusado pela mulher de ser um mau cristão, passou a ser perseguido pela santa inquisição. Em 1594 foi julgado e absolvido pelo ouvidor da vara eclesiástica. Nesse mesmo ano, para defender sua honra, matou a mulher e refugiou-se no Mosteiro de São Bento, em Olinda. Em 1595, durante uma tentativa de fuga, Bento Teixeira foi preso e enviado para Lisboa, quando admitiu sua crença judaica.

Na prisão, em Lisboa, Bento Teixeira dedicou-se a escrever “Prosopopeia”, poema épico, em oitava rima, com 94 estrofes, que exalta os feitos de Jorge de Albuquerque Coelho, terceiro donatário da capitania de Pernambuco. A obra que seguiu o estilo de "Os Lusiadas" de Camões foi considerada pelos críticos como cansativa e laudatória, mas de valor puramente histórico, por representar os primeiros tempos da colonização brasileira. Posteriormente, foi considerada a obra de vanguarda do Barroco brasileiro.

Bento Teixeira faleceu em Lisboa, Portugal, no ano 1600.

Veja também as biografias de:

Última atualização: 17/02/2016

Possui bacharel em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.