George S. Patton

Militar norte-americano

Biografia de George S. Patton

George S. Patton (1885-1945) foi um militar norte-americano, o mais polêmico general do 3.º Exército dos Estados Unidos. Ganhou fama por ser considerado um gênio em táticas de guerra durante a Segunda Guerra Mundial.

George S. Patton nasceu em São Gabriel, Califórnia, Estados Unidos, no dia 11 de novembro de 1885. Descendia de uma família de longa tradição militar. Cursou o Instituto Militar de Virgínia, em 1903, onde permaneceu até 1904. Nesse mesmo ano, ingressou no West Point onde, em razão de uma dislexia, foi um aluno mediano. Em 1909 formou-se como segundo tenente de cavalaria. Em 1910 casou-se com Beatrice Ayer.

Em 1915, Patton comandou patrulhas na fronteira com o México, contra o líder mexicano, Francisco Pancho Villa. Em 1917, com a entrada dos Estados Unidos na Primeira Guerra Mundial (1914-1918), Patton foi enviado para a França no comando do recém-criado “Tank Corps”, quando se tornou um dos principais especialistas no uso dos tanques de guerra. Em um dos combates, foi ferido por uma metralhadora e teve que se retirar da zona de combate. Por sua bravura e heroísmo, recebeu a Distinguished Service Cross.

Durante alguns anos, George S. Patton serviu em Washington, época em que fez grande amizade com o general Eisenhower, que posteriormente teria grande influencia em sua carreira militar. Depois da entrada dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial, em dezembro de 1941, Patton foi designado para o norte da África. Em novembro de 1942, sob sua liderança, o Marrocos e boa parte da Tunísia foram libertados.

No sul da Itália, Patton deixou claro a sua rivalidade com o general britânico Bernard Montgomery, com quem disputava fama e méritos. Decidido a impedir seu rival de receber todas as glórias, Patton avançou rapidamente sobre o oeste siciliano, liberando Palermo para em seguida tomar o leste até Messina. No entanto, seu sucesso foi ofuscado pelo ato de esbofetear e chamar de covarde um soldado que estava no hospital se recuperando de uma fadiga.

Na Sicília, Patton foi chamado para auxiliar Montgomery que encontrava resistência ao tentar encurralar o inimigo. Seguiu então sua estratégia e conseguiu resgatar o restante da ilha, chegando à frente de Montgomery. A “Operação Husky”, como foi chamada, tomou a Sicília das forças do Eixo e levou à prisão o ditador Mussolini. Com o fim da guerra, Patton foi designado para um posto administrativo na Baviera. Em dezembro, três meses depois, um tanque sem freios esmagou o carro de Patton, em um acidente considerado por muitos como obra dos nazistas, deixando o militar gravemente ferido.

George S. Patton faleceu em Heidelberg, Alemanha, no dia 21 de dezembro de 1945.

Filme:

O filme “Patton: Rebelde ou Herói?”, protagonizado por George C. Scott, lançado em 1970, sob a direção de Franklin J. Schaffner foi vencedor de oito Oscars, incluindo o de Melhor Filme.

Livro:

Em 1979 foi lançado o livro “A Guerra que Eu Vi”, um diário de guerra de George S. Patton, que reúne impressões, táticas e estratégias de guerra.

Veja também as biografias de:
  • Desmond Doss (1919-2006) foi um militar norte-americano. Foi socorrista de gu...
  • George Washington (1732-1799) foi o primeiro presidente norte-americano, após...
  • Martin Luther King (1929-1968) foi um ativista norte americano, lutou contra...
  • Thomas Edison (1847-1931) foi um dos maiores inventores da humanidade. Sua ma...
  • Edgar Allan Poe (1809-1849) foi um poeta, escritor, romancista, crítico liter...
  • Abraham Lincoln (1809-1865) foi presidente dos Estados Unidos. Decretou a ema...
  • Walt Disney (1901-1966) foi empresário norte-americano. Fundou a...
  • Bill Gates (1955) é um empresário norte-americano, um dos fundadores da Micro...
  • Barack Obama (1961) é um político norte-americano. O 44º presidente dos Estad...
  • Thomas Kuhn (1922-1996) foi um físico norte-americano. Especializou-se no ram...

Última atualização: 19/12/2017

Possui bacharel em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.