George Soros

Investidor e filantropo húngaro
Por Laura Aidar
Formada em Comunicação

Biografia de George Soros

George Soros é um dos homens mais ricos e influentes no mundo atualmente. Grande investidor e filantropo, é fundador da Open Society Foundation, agência de filantropia presente em vários países.

Soros é conhecido por estar à frente de iniciativas que apoiam causas progressistas e liberais que ele considera importantes, como justiça social, liberdade de expressão e movimentos a favor de minorias. 

Assim, ganhou a inimizade de personalidades com ideologias de direita (como Donald Trump e Jair Bolsonaro), se tornando uma figura polêmica e centro de teorias de conspiração.

Trajetória pessoal e como investidor

George Soros nasceu em 12 de agosto de 1930 em Budapeste, na Hungria. Sobrevivente do nazismo alemão, sua família precisou adulterar documentos para que conseguissem fugir.

1944, ano da ocupação alemã, foi minha experiência formativa. Em vez de nos submetermos ao nosso destino, resistimos a uma força maligna que era muito mais forte do que nós, mas prevalecemos.

Em 1947 se muda para a Inglaterra e ingressa no curso de filosofia na Lodon School of Economics. Nessa época, seu país de origem, a Hungria, estava sob comando soviético. Para pagar os estudos, George realizou trabalhos simples como garçon e porteiro.

Já formado em filosofia, Soros começa sua carreira no mercado financeiro em 1954 no Reino Unido, investindo posteriormente em ações nos EUA.

Em 1969 faz seu primeiro fundo de investimento livre (fundo de hedge) chamado Double Eagle, renomeado para Quantum Fund.

A fama do investidor se consolidou de fato em 1992. Na época, realizou transações arriscadas em meio à crise financeira inglesa, apostando contra a libra esterlina e obtendo um lucro de 1 bilhão de dólares no que ficou conhecido como “Quarta-feira negra”. O episódio lhe rendeu a fama de “o homem que quebrou o Banco da Inglaterra”.

George Soros teve três casamentos, suas cônjuges: Annaliese Witschak , de 1960 a 1983, com quem teve três filhos; Susan Weber Soros, de 1983 a 2005, mãe de dois de seus filhos; e a atual Tamiko Bolton, com quem é casado desde 2013.

Filantropia e influência de George Soros

Foi em 1979 que Soros passou a realizar mais fortemente o trabalho de filantropia. Nesse ano, o húngaro começa a destinar bolsas de estudo para jovens da África do Sul e da Europa Oriental no contexto da Guerra Fria.

No final da década de 80, o bilionário teve influência na derrubada do regime soviético que dominava o Leste Europeu e na transição para um sistema capitalista.

Em 1993 é fundada nos EUA a Open Society Foundation, instituição que coordena ações a favor dos direitos humanos em 120 países. Dentre as causas que apoia estão o combate à guerra às drogas, a legalização da canabis medicinal, movimentos LGBTQIA e auxílio educacional à populações negligenciadas.

Em 2018, o filantropo foi eleito pelo jornal The Financial Times a personalidade do ano.

Soros e as conspirações globais

Por conta de seu trabalho como apoiador - e doador - de causas políticas e sociais, o magnata se tornou alvo de acusações da extrema-direita, que o aponta como “financiador da esquerda” e um “mestre de marionetes” cujo objetivo é implantar o que chamam de “globalismo” ou “comunismo”.

Isso ocorreu desde 2013, quando Soros se opôs à Guerra do Iraque no EUA, apoiando e financiando os democratas estadunidenses.

Algumas teorias apontam ainda que o investidor - de origem judia e que sobreviveu ao holocausto - teria se beneficiado da Segunda Guerra e colaborado com nazistas.

Sobre as acusações, declarou:

Quando vejo quem está me atacando, vejo que estou fazendo algo certo. Estou orgulhoso dos inimigos que estou fazendo.

Laura Aidar
Formada em Comunicação pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) e em Fotografia pela Escola Panamericana de Arte e Design.
Veja também as biografias de:
  • Warren Buffett (1930) é um investidor e empresário norte-americano, um dos ma...
  • Franz Liszt (1811-1886) foi músico húngaro, considerado o maior pianista de s...
  • Nikola Tesla (1858-1943) foi um inventor austro-húngaro que deixou contribuiç...