Georges Méliès

Cineasta francês
Por Dilva Frazão

Biografia de Georges Méliès

Georges Méliès (1861-1938) foi um cineasta e ilusionista francês, um dos precursores do cinema. Foi considerado um dos artistas mais inventivos do cinema mundial. Sua técnica fazia uso de fotografias para criar efeitos especiais. Seu filme mais conhecido é “Viagem à Lua”, de 1902.

Georges Méliès nasceu em Paris, França, no dia 8 de dezembro de 1861. Começou a sua vida profissional trabalhando como mágico, caricaturista e gerente de teatro.

Carreira de cineasta

Georges Méliès iniciou sua vida no ramo cinematográfico quando comprou uma câmera e não parou mais de usar.

Méliès construiu um estúdio, escreveu roteiros e passou a usar atores em seus filmes

Através dela, criou efeitos como o Stop-action, que consistia em parar a câmera com as pessoas em movimento. Usou outras técnicas como a filmagem em alta velocidade e as múltiplas exposições.

George Méliès criou mais de 400 produções que mostravam incríveis truques, como pessoas seccionadas ao meio, ou que desapareciam, ou ainda se transformavam em animais diante dos olhos dos espectadores.

Grande parte dos filmes se perdeu. Entre os mais conhecidos estão: Um Jogo de Cartas (1896), O Diabo no Convento (1889), O Sumiço de Uma mulher (1896), cujas filmagens com interrupção da a impressão de que o personagem desaparece no ar.

As inovações do ilusionista, porém, não traduziam esforços conscientes de enriquecer a linguagem cinematográfica, pois Méliès só via o cinema como espetáculo, ou uma extensão do palco.

Os filmes que se seguiram comprovaram sua tese: O Encouraçado Maine (1898), mostra um naufrágio através de um aquário, A Caverna Maldita (1898), Cleópatra (1899), Cristo Caminhando Sobre as Águas (1899), Joana D’Arc (1900) e Viagem à Lua (1902).

georges méliès
Fotograma do filme Viagem à Lua (1902)

Produziu também: As viagens de Gulliver, (1902) e Fausto (1904). A sua grande fase de produção foi entre 1902 e 1913. Depois desse último ano o cineasta foi à falência, não produzindo mais nada.

Méliès morreu pobre, sem ter seu trabalho reconhecido como pioneiro da arte cinematográfica.

Georges Méliès é personagem do livro "A Invenção de Hugo Cabret", escrito por Brian Selznick, que se tornou filme e ganhou 5 estatuetas do Oscar em 2012. Na história, ele é homenageado pelo professor da Academia Francesa, Renné Tabard e seu aluno Etienne Prunchon.

Georges Méliès faleceu em Paris, França, no dia 21 de janeiro de 1938.

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.
Veja também as biografias de:
  • Jean-Luc Godard (1930) é um cineasta francês, um dos principais nomes da Nouv...
  • Guy Debord (1931-1994) foi um escritor francês, teórico marxista, filósofo, c...
  • Glauber Rocha (1939-1981) foi cineasta brasileiro. Um dos responsáveis pelo m...
  • Walter Salles (1956) é cineasta brasileiro. Seus filmes mais famosos são "Cen...
  • Fernando Meirelles (1955) é um cineasta, produtor e roteirista brasileiro. O...
  • Alfred Hitchcock (1899-1980) foi um cineasta inglês, uma das mais importantes...
  • Federico Fellini (1920-1993) foi um cineasta italiano, considerado um mestre...
  • Jorge Furtado (1959) é um cineasta brasileiro. Com extenso trabalho na televi...
  • James Cameron (1954) é um cineasta, produtor e roteirista canadense. Seus fil...
  • Ridley Scott (1937) é um cineasta inglês que se tornou conhecido por realizar...