James Watt

Engenheiro e matemático escocês

Biografia de James Watt

James Watt (1736-1819) foi um engenheiro mecânico e matemático escocês. Aperfeiçoou a máquina a vapor inaugurando “a era do vapor na Revolução Industrial na Inglaterra”. Seu nome foi dado à unidade de potencia de energia – “o watt”.

James Watt (1736-1819) nasceu em Greenock, na Escócia, no dia 19 de janeiro de 1736. Filho de um próspero construtor naval e fabricante de instrumentos náuticos aprendeu a maior parte de seus conhecimentos na oficina do pai, onde iniciou trabalhando e fazendo instrumentos matemáticos, mas seu maior interesse era a máquina a vapor.

Com 18 anos, ao decidir seguir a carreira de fabricante de instrumentos científicos, foi para Londres como aprendiz de mecânica especializado na construção de instrumentos, mas em menos de um ano retornou à Escócia. Em 1757 mudou-se para Glasgow, na época um grande centro industrial, quando foi contratado como reparador e fabricante de instrumentos matemáticos no laboratório da Universidade de Glasgow, onde começou a desenvolver diversos trabalhos técnicos e científicos.

Em 1763, James Watt abriu seu escritório e começou a observar as falhas da máquina a vapor criada por Thomas Newcomen. Associou-se a John Roebuck, construiu um protótipo e Introduziu então alguns aperfeiçoamentos fundamentais para a fabricação dessa máquina: inventou o condensador e empregou o vapor para mover os pistões, o que contribuiria para elevar o aumento da produtividade.

Depois de registrar a patente de sua invenção associou-se a Matehew Boulton, um industrial de Birmingham e deu início à construção das máquinas projetadas por Watt. A descoberta de James Watt inaugurou o que os historiadores chamaram de “a era do vapor na Revolução Industrial da Inglaterra”. Entre 1776 e 1781, James Watt viajou pelo Reino Unido instalando suas máquinas em diversas fábricas. Em pouco tempo a máquina a vapor aperfeiçoada por Watt é adotada em minas, fábricas de fiação, de tecelagem e de papel, moinhos e alguns meios de transporte.

James Watt escreveu um artigo para a Royal Society de Londres, sugerindo que a água seria a combinação de dois gases, estudo que viria a ser confirmado pelo cientista francês Antoine Lavoisier. Em 1785 tornou-se membro da Royal Society de Edimburgo e de Londres. Foi mundialmente reconhecido e em sua homenagem seu nome foi dado à unidade de potência de energia – o Watt.

James Watt faleceu em Heathfield Hall, próximo a Birmingham, Inglaterra, no dia 25 de agosto de 1819.

Veja também as biografias de:
  • James Clerk Maxwell (1831-1879) foi um físico e matemático escocês. Estabelec...
  • Frederick Taylor (1856-1915) foi um engenheiro mecânico norte-americano, cons...
  • Jules Henri Fayol (1841-1925) foi um engenheiro, grande gestor e pesquisador...
  • André Rebouças (1838-1898) foi um engenheiro, professor, abolicionista e mona...
  • Joaquim Cardoso (1897-1978) foi engenheiro e poeta brasileiro. Trabalhou com...
  • Santiago Calatrava (1951) é um arquiteto e engenheiro espanhol, um expoente d...
  • Adam Smith , (1723-1790) foi um economista e filósofo escocês. Considerado o p...
  • David Hume (1711-1776) foi um filósofo, historiador e ensaísta e diplomata es...
  • William Wallace (1272-1305) foi um guerreiro escocês. Liderou a resistência à...
  • Alexander Graham Bell (1847-1922) foi um cientista escocês, inventor do telef...

Última atualização: 02/05/2016

Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.