Jules Henri Fayol

Engenheiro e gestor francês
Por Dilva Frazão

Biografia de Jules Henri Fayol

Jules Henri Fayol (1841-1925) foi um engenheiro, grande gestor e pesquisador francês, criador da Teoria Clássica da Administração.

Jules Henri Fayol (1841-1925) nasceu em Istambul, Turquia, no dia 29 de julho de 1841. Filho de franceses voltou para a França em 1847, onde Estudou engenharia de Minas na École Nationale Supérieure des Mines, em Saint-Étienne, concluindo o curso em 1860.

Com 19 anos começou a trabalhar na Compagnie de Commentry-Fourchambeau-Decazeville, em Commentry, uma mineradora de carvão que se encontrava à beira da falência. Seu trabalho como gestor levou a empresa a um novo patamar de resultados. Em 1888 foi promovido a diretor onde permaneceu até 1918.

Em 1916, Henri Fayol publicou “Administration Industrielle et Générale” um dos marcos da história do pensamento administrativo. Na obra, o autor diz que a administração é uma atividade comum a todos os empreendimentos humanos e que, para o gestor atingir seus objetivos deve seguir cinco funções: previsão, organização, comando, coordenação e controle.

Jules Henri Fayol foi um dos principais contribuintes para o desenvolvimento do conhecimento administrativo moderno. Uma de suas contribuições diz respeito à gestão administrativa – ou processo administrativo, onde pela primeira vez se falou em administração como disciplina e profissão, que podia ser ensinada através de uma Teoria Geral da Administração.

Em seus últimos anos de vida dedicou-se a divulgar os Princípios de Administração, que reuniu suas pesquisas e experiências na gestão de empresa. Fayol definiu 14 princípios gerais que devem ser aplicados à gestão de qualquer tipo de empresa, seja comercial, industrial, religiosa ou governamental, são eles: Unidade de Direção, Unidade de Comando, Disciplina, Autoridade e Responsabilidade, Divisão de Trabalho, Subordinação dos Interesses Individuais aos da organização, Remuneração do Pessoa (justa e garantida), Centralização (da autoridade no nível superior), Ordem, Cadeia, Equidade, Estabilidade do Pessoal, Iniciativa e Espírito de Equipe.

Jules Henri Fayol fundou o Centro de Estudos Administrativos, onde reunia pessoas interessadas em administração, com o propósito de deixar sua contribuição para a criação e divulgação das teorias administrativas. Escreveu "Taches Actuelles et Futures des Dirigents".

Jules Henri Fayol faleceu em Paris, França, no dia 19 de novembro de 1925.

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.
Veja também as biografias de:
  • Frederick Taylor (1856-1915) foi um engenheiro mecânico norte-americano, cons...
  • André Rebouças (1838-1898) foi um engenheiro, professor, abolicionista e mona...
  • James Watt (1736-1819) foi um engenheiro mecânico e matemático escocês. Aperf...
  • Joaquim Cardoso (1897-1978) foi engenheiro e poeta brasileiro. Trabalhou com...
  • Santiago Calatrava (1951) é um arquiteto e engenheiro espanhol, um expoente d...
  • Émile Durkheim (1858-1917) foi um sociólogo francês. É considerado o pai da S...
  • Auguste Comte (1798-1857) foi filósofo francês. Considerado o fundador do pos...
  • Napoleão Bonaparte (1769-1821) foi imperador da França entre 1804 e 1814 com...
  • Voltaire (1694-1778) foi um filósofo e escritor francês, um dos grandes repre...
  • Claude Monet (1840-1926) foi um pintor francês, considerado um dos mais impor...