Jesse James

Fora-da-lei norte-americano

Biografia de Jesse James

Jesse James (1847-1882) foi um fora-da-lei, norte-americano, que durante o século XIX aterrorizou o Sul dos Estados Unidos com assaltos, roubos e mortes.

Jesse Woodson James nasceu no condado de Clay, Missouri, Estados Unidos, no dia 5 de setembro de 1847. Filho de um agricultor e pastor da Igreja Batista de Kentucky, e de Zerelda Jeames. Seus pais eram proprietários de terras e de diversos escravos. James tinha dois irmãos, o mais velho Frank e a irmã Susan. Após a morte de seu pai, Zerelda voltou a casar e teve mais quatro filhos. 

Contexto Histórico – Guerra de Secessão (1861-1865)

Entre os anos de 1861 e 1865, os Estados Unidos da América enfrentaram um conflito armado travado entre os Estados do Norte, industrializados, e os Estados do Sul, agrários. Com a dominação econômica do Norte, o Sul se mantinha em profunda dependência, pagando elevados preços pelos produtos nortistas.

Quando no Norte iniciou-se uma campanha abolicionista, os fazendeiros do Sul, grandes proprietários de escravos, chegaram ao auge do descontentamento. Em 1860, com a eleição do abolicionista Abraão Lincoln para a presidência do país, as autoridades do Estado de Carolina do Sul se rebelaram contra o governo da “União” e declararam sua independência. No começo de 1861, 11 estados separatistas formaram os “Estados Confederados da América”, e elegeram um governo provisório chefiado por Jefferson Davis. O norte não aceitou a separação porque o sul fornecia matérias-primas importantes para a indústria. Em 12 de abril de 1861, teve início a “Guerra Civil” ou “Guerra de Secessão” (separação), que terminou em abril de 1865 com a vitória do Norte.

Jesse James e os conflitos da Guerra de Secessão

Durante a Guerra de Secessão, Jesse James morava no Estado de Missouri, que ficava na divisa dos conflitos, do lado da União, mesmo assim, 75% da população eram do Sul, e no condado de Clay havia grande predominância de fazendeiros. Jesse James passou a fazer parte de um grupo liderado por Willian Quantrill, que agia em defesa dos confederados, na região do Missouri.

O bando que Jesse James fazia parte, realizava diversas emboscadas contra os militares legalistas, interceptava as correspondências oficiais do governo e atacava os barcos que cruzavam o Rio Missouri. Mesmo agindo em favor dos interesses dos confederados, esse bando não tinha nenhum vínculo formal com as instituições militares do Missouri. Com a derrota dos confederados e o dos capitalistas do norte, o sul, arruinado, tornou-se uma “colônia” a serviço dos interesses da classe mercantil e industrial.

Jesse James e a vida de crime

Uma vez finalizada a Guerra de Secessão, Jesse James, com apenas 18 anos, formou junto com seu irmão Frank um bando de assaltantes de bancos e trens postais. Depois de vários roubos e de serem considerados fora-da-lei pelas autoridades dos Estados Unidos, Jesse e seu irmão Frank foram intimados a comparecer a um julgamento. Quando a polícia foi buscar os irmãos, Frank se entregou, mas Jesse resolveu fugir e nesse momento foi ferido pelas autoridades policiais.

Refugiado no Estado de Kentucky na casa de familiares, Jesse se recuperou dos ferimentos e formou um novo bando e voltou a roubar bancos e realizar roubos de cargas e de propriedades.

Entre os anos de 1866 e 1869, o bando de Jesse James já havia realizado um grande número de assaltos que lhe renderam uma grande quantidade de dinheiro. Nessa época, alguns banqueiros resolveram contratar os sérvios de uma Agência de Detetives Pinkerton. Sem o sucesso esperado e depois da morte de três investigadores os agentes resolveram montar um cerco na casa da família dos irmãos. Supondo que eles estivessem na casa, lançaram uma bomba que matou um irmão de oito anos e decepou o braço de sua mãe.

Assassinato de Jesse James

Com os irmãos soltos, os assaltos continuaram, mas em 1876, todo o bando de Jesse foi morto em uma tentativa de assalto. Os irmãos foram os únicos sobreviventes. Fugiram com nomes falsos e formaram novo bando. Uma recompensa foi oferecida para que capturasse os irmãos, mas Robert e Charles Ford, dois integrantes do bando arquitetaram um plano para matar os irmãos, com a garantia de perdão do governador do Missouri.

Os irmãos Ford foram ao encontro da família James que estava instalada na cidade de St. Joseph e aguardaram um momento em que Jesse estivesse desarmado para entrar em ação. No momento oportuno, Frank disparou um tiro na cabeça de Jesse que morreu no local. Frank‌ recebeu parte da recompensa e foi inocentado pelas autoridades, mas em 1892 foi assassinado por um pistoleiro.

Jesse James faleceu em St. Joseph, Missouri, Estados Unidos, no dia 3 de abril de 1882.

Veja também as biografias de:
  • Martin Luther King (1929-1968) foi um ativista norte americano, lutou contra...
  • Thomas Edison (1847-1931) foi um dos maiores inventores da humanidade. Sua ma...
  • Edgar Allan Poe (1809-1849) foi um poeta, escritor, romancista, crítico liter...
  • Abraham Lincoln (1809-1865) foi presidente dos Estados Unidos. Decretou a ema...
  • Walt Disney (1901-1966) foi empresário norte-americano. Fundou a...
  • Bill Gates (1955) é um empresário norte-americano, um dos fundadores da Micro...
  • Barack Obama (1961) é um político norte-americano. O 44º presidente dos Estad...
  • Thomas Kuhn (1922-1996) foi um físico norte-americano. Especializou-se no ram...
  • Elvis Presley (1935-1977) foi um cantor note-americano, considerado o maior í...
  • Michael Jackson (1958-2009) foi um cantor, compositor e dançarino norte-ameri...

Última atualização: 12/07/2018

Por Dilva Frazão
Possui bacharel em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.