Regina Casé

Atriz brasileira

Biografia de Regina Casé

Regina Casé (1954) é uma atriz, comediante e apresentadora brasileira. Recebeu o Prêmio de Melhor Atriz 2001 no Festival de Cartagena e o Prêmio de Melhor Atriz 2015 no Festival Sandance de Cinema. Comanda o programa "Esquenta", da Rede Globo.

Regina Casé nasceu no Rio de Janeiro, no dia 25 de fevereiro de 1954. Filha de Geraldo César Casé e Heleida Barreto Casé. É neta de Ademar Casé, um dos pioneiros do rádio no Brasil.

Em 1970, Regina Casé começou a estudar teatro no curso do ator Sérgio Brito. Em 1974, junto com alguns amigos de estudo, criou o grupo "Asdrúbal Trouxe o Trombone", que se destacou no cenário cultural do país.

regina casé

Com o grupo ganhou o prêmio Governador do Estado como Atriz Revelação. Em 1977, ganhou o prêmio Molière de melhor atriz pela peça "Trate-me Leão".

Carreira na Televisão

Em 1983, Regina Casé estreou na televisão atuando na novela “Guerra dos Sexos”. No mesmo ano, fez uma participação no seriado “Sítio do Pica Pau Amarelo”, dirigido por seu pai Geraldo Casé. Em 1984, atuou em “Vereda Tropical” e participou do infantil Plunct, Plact, Zuuum.

Em 1986 se destacou na novela “Cambalacho”, com o personagem “Tina Pepper”. Em 1988, fez parte do elenco do humorístico "Tv Pirata", juntamente com Luís Fernando Guimarães, Débora Bloch, Ney Latorraca, Diogo Vilela, Marco Nanini, Cláudia Raia, Louise Cardoso, Cláudia Raia e Cristina Pereira.

Em 1991, estreou o “Programa Legal”, que reunia documentário, ficção e humor. Ganhou o prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte, na categoria humor.

Ainda em 1991 participou dos especiais “Os Trapalhões, 25 Anos” e, no show anual de Roberto Carlos, em 1993.

Em 1992 ganhou o prêmio "Troféu Imprensa", do SBT, como comediante do ano e, seu “Programa Legal” recebeu o “Troféu Imprensa de Melhor Humorístico da Televisão”.

A partir de 1995 passou a comandar o programa "Brasil Legal", no qual atuava como jornalista em reportagens pelo Brasil, explorando as diversas culturas e costumes do país.

Em 1998, estreou o programa de entrevistas “Muvuca”, um Talk-show e reportagens especiais. A partir de 2001, passou a apresentar o programa “Um pé de que?”, no canal Futura, contando a origem e história de diversas árvores.

Ainda em 2001, depois de 15 anos, voltou às novelas atuando em “As Filhas da Mãe”. Nesse mesmo ano, apresentou o especial de fim de ano, “Que História é Essa?”.

Autora e diretora

Em 2002, Regina Casé estreou como autora e diretora de televisão, ao lado do cineasta Fernando Meirelles, com o episódio “Uólace e João Victor”, que deu origem ao seriado “Cidade dos Homens”, que mostrava o cotidiano dos meninos em uma favela carioca.

Regina assinou também os episódios “Tem Que Ser Agora” (2003), “Pais e Filhos” (2004) e “As Aparências Enganam” (2005).

Em 2006, Regina Casé passou a apresentar o programa de auditório "Central da Periferia", que tinha como proposta criar matérias e reportagens sobre as pessoas da periferia das grandes cidades.

Em 2007 atuou pela primeira vez em uma minissérie, “Amazônia”. No ano seguinte, fez uma participação especial no remake da novela “Ciranda de Pedra”. Em 2009, teve sua biografia contada na escola de samba de São Paulo, “Leandro de Itaquera”

Em 2011 começou a apresentar o programa dominical “Esquenta” com diversas atrações musicais e entrevistas. Em 2014 atuou na novela “Made in China”.

Em 2019, depois de longo período longe dos palcos, apresentou o monólogo “Recital da Onça”. Retornou também para as novelas, atuando em “Amor de Mãe” (2019-2020).

regina casé

Atuação no cinema

Regina Casé fez sua estreia no cinema no filme “Chuvas de Verão”, em 1978.

A atriz atuou em diversos filmes, entre eles: Os Sete Gatinhos (1980), O Segredo da Múmia (1982), A Marvada Carne (1985), Cinema Falado (1986), Luar Sobre Parador (1988), O Grande Mentecapto (1989) e Eu, Tu e Eles (2001).

Em 2014, atuou no filme “Que Horas Ela Volta”? O drama participou do Festival Internacional de cinema, na Suíça. Em 2015 foi lançado no Brasil. Foi indicado ao festival Internacional de Berlim, recebendo o “Prêmio de Melhor Filme” na mostra paralela. Regina recebeu o Prêmio de “Melhor Atriz” no Festival de Sundance, nos Estados Unidos.

Em 2019 atuou em “Três Verões”, lançado no Festival Internacional de Cinema de Toronto. Por sua interpretação, a atriz recebeu o Prêmio de Melhor Atriz na 56.ª edição do “Antalya Golgen Orange Film Festival”.

Vida Pessoal

Entre 1973 e 1977, Regina Casé teve um relacionamento com o diretor de teatro Mamilton Vaz Pereira. Entre 1977e 1980, se relacionou com o ator Carlão Teixeira.

Entre 1982 e 1996 se relacionou com  Luiz Zerbini, com quem teve uma filha, Benedita Casé Zerbini. Em 1998, começou a namorar o diretor artístico Estevão Ciavalta, com quem se casou em 1999.

Última atualização: 21/03/2020

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.
Veja também as biografias de:
  • Leila Diniz (1945-1972) foi uma atriz brasileira. Estrela do cinema, artista...
  • Regina Duarte (1947) é atriz brasileira, considerada uma das mais bem sucedid...
  • Ísis Valverde (1987) é uma atriz brasileira, atuante em várias novelas, entre...
  • Juliana Paes (1979) é uma atriz e modelo brasileira. É considerada um símbolo...
  • Cacilda Becker (1921-1969) foi atriz brasileira. Teve grande destaque no teat...
  • Isabelle Drummond (1994) é uma atriz brasileira. Interpretou a Emília no seri...
  • Susana Vieira (1939) é uma atriz brasileira conhecida por papéis de destaque...
  • Sophia Abrahão (1991) é uma atriz e cantora brasileira, cujo maior destaque f...
  • Adriana Esteves (1969) é uma atriz brasileira, conhecida por sua atuação em d...
  • Leandra Leal (1982) é atriz brasileira, reconhecida pelo seu trabalho em vári...